back to top

10 coisas bem modernas que você pode fazer para economizar uma grana

Como guardar dinheiro em tempos de e-commerce.

publicado

1. Que tal começar pelo básico? Existem vários apps para controle de finanças que vão te ajudar a ficar de olho e entender melhor o seu dinheiro.

O jeito mais fácil de entender para onde vai seu dinheiro é contantemente checar sua conta e anotar todos os gastos. Existem aplicativos que fazem isso automaticamente para você e ainda organizam suas finanças de um jeito muito mais visual e prático.
Ikonstudio / Getty Images / Via gettyimages.com

O jeito mais fácil de entender para onde vai seu dinheiro é contantemente checar sua conta e anotar todos os gastos. Existem aplicativos que fazem isso automaticamente para você e ainda organizam suas finanças de um jeito muito mais visual e prático.

2. Depois de entender como seus gastos funcionam, crie metas para eles.

Não é uma atitude tão moderna, mas sem dúvidas é algo que te ajuda a pensar no futuro. Você pode categorizar seus gastos como achar melhor e decidir qual a porcentagem cada um deve tirar da sua renda. Por exemplo, se gastos essenciais — apartamento, conta de luz, internet, etc. — são responsáveis por 60% da sua renda, os gastos de lazer devem ocupar 40% da sua renda ou menos.
Mushakesa / Getty Images / Via gettyimages.com

Não é uma atitude tão moderna, mas sem dúvidas é algo que te ajuda a pensar no futuro. Você pode categorizar seus gastos como achar melhor e decidir qual a porcentagem cada um deve tirar da sua renda. Por exemplo, se gastos essenciais — apartamento, conta de luz, internet, etc. — são responsáveis por 60% da sua renda, os gastos de lazer devem ocupar 40% da sua renda ou menos.

3. E, por mais difícil que seja, pague as suas contas no mesmo dia.

Dessa forma você sabe quanto exatamente quanto tem até o fim do mês. Para isso dar certo, você precisa mudar a data de vencimento de todas as suas contas fixas para o dia seguinte ao que cai o salário.
Topp_yimgrimm / Getty Images / Via gettyimages.com

Dessa forma você sabe quanto exatamente quanto tem até o fim do mês. Para isso dar certo, você precisa mudar a data de vencimento de todas as suas contas fixas para o dia seguinte ao que cai o salário.

4. Procure saber do programa de fidelidade do seu cartão de crédito (e se inscreva o quanto antes!).

O problema do cartão de crédito é que ele dá a falsa impressão de que temos uma renda maior do que ela realmente é. Mas verdade seja dita: Abrir mão do uso dele é BEM mais fácil falando do que fazendo. Através dos programas de benefícios você ganha algo ao mesmo tempo que 'perde' aquele dinheiro. Se ao usar o cartão 10 vezes você acumula um total de 10 pontos que, por sua vez, valem um jantar no restaurante x no programa de benefícios, você tem um lucro aí também.
Cat_chat / Getty Images / Via gettyimages.com

O problema do cartão de crédito é que ele dá a falsa impressão de que temos uma renda maior do que ela realmente é. Mas verdade seja dita: Abrir mão do uso dele é BEM mais fácil falando do que fazendo. Através dos programas de benefícios você ganha algo ao mesmo tempo que 'perde' aquele dinheiro. Se ao usar o cartão 10 vezes você acumula um total de 10 pontos que, por sua vez, valem um jantar no restaurante x no programa de benefícios, você tem um lucro aí também.

5. Já que o assunto é cartão de crédito, a dica aqui é mandar 10% do valor de uma compra não planejada para a poupança.

Gastou R$100 naquela brusinha? R$10 vão para a poupança. Com esta atitude, você vai pensar duas vezes antes daquele comprinha vaidosa e impulsiva.
Studiogstock / Getty Images / Via gettyimages.com

Gastou R$100 naquela brusinha? R$10 vão para a poupança. Com esta atitude, você vai pensar duas vezes antes daquele comprinha vaidosa e impulsiva.

6. Entrou novidade em casa? Aproveite para tirar o que você não quer mais e fazer um dinheirinho.

Um desapego mensal de coisinhas pode significar uma rendinha extra para você. Além de vários sites especializados em compra/venda de usuários, existem também grupos no FB na pegada "brechó" que oferecem não só a opção de venda mas de troca também.
Toltemara / Getty Images / Via gettyimages.com

Um desapego mensal de coisinhas pode significar uma rendinha extra para você. Além de vários sites especializados em compra/venda de usuários, existem também grupos no FB na pegada "brechó" que oferecem não só a opção de venda mas de troca também.

7. Aposte em cupons e aproveite que com a tecnologia ficou bem mais fácil acompanhar o que tá mais barato. Xô, papelada.

Procure em sua loja de apps aplicativos relacionados à cupons! Existem vários desse tipo e todos eles te ajudam a ficar de olho naquelas ofertas que estão com precinho super camarada.
Johavel / Getty Images / Via gettyimages.com

Procure em sua loja de apps aplicativos relacionados à cupons! Existem vários desse tipo e todos eles te ajudam a ficar de olho naquelas ofertas que estão com precinho super camarada.

8. Aquele mercadão de mês não precisa sair tão caro toda vez.

Duas dicas muito importantes aqui, a primeira é: faça uma listinha de compras em casa antes de ir para o supermercado. Você pode usar o próprio bloco de notas do seu celular ou aproveitar alguns aplicativos gratuitos que possuem essa funcionalidade. A segunda dica é: nunca faça compras com fome. Sério.
S-s-s / Getty Images / Via gettyimages.com

Duas dicas muito importantes aqui, a primeira é: faça uma listinha de compras em casa antes de ir para o supermercado. Você pode usar o próprio bloco de notas do seu celular ou aproveitar alguns aplicativos gratuitos que possuem essa funcionalidade. A segunda dica é: nunca faça compras com fome. Sério.

9. Nem as caronas que você pega por aí.

O conceito de aplicativos de transportes já barateou a vida de muita gente. Mas pensa que pode ser ainda melhor. Existem aplicativos que funcionam como plataformas que comparam os preços entre diferentes aplicativos de transporte e falam quanto a sua viagem daria em cada opção (além do tempo que cada veículo levaria para chegar até você).
Lesia_g / Getty Images / Via gettyimages.com

O conceito de aplicativos de transportes já barateou a vida de muita gente. Mas pensa que pode ser ainda melhor. Existem aplicativos que funcionam como plataformas que comparam os preços entre diferentes aplicativos de transporte e falam quanto a sua viagem daria em cada opção (além do tempo que cada veículo levaria para chegar até você).

10. Descolar uma graninha extra? Nunca foi tão fácil.

Se você já não sai do celular, que tal aproveitar esse amor para descolar uma renda extra. Existem apps para que você ganhe $$ por suas fotos, responda pesquisas, visite lojas, opine sobre atendimentos, alugue um espaço na mala quando vai viajar e até ensine algo que você sabe muito bem.
Guzaliia Filimonova / Getty Images / Via gettyimages.com

Se você já não sai do celular, que tal aproveitar esse amor para descolar uma renda extra. Existem apps para que você ganhe $$ por suas fotos, responda pesquisas, visite lojas, opine sobre atendimentos, alugue um espaço na mala quando vai viajar e até ensine algo que você sabe muito bem.