go to content

Resumo da entrevista de Temer no Roda Viva: 7 frases e 1 gafe

Presidente diz que Marcelo Odebrecht mentiu sobre ter lhe dado R$ 10 milhões e que Lula preso pode dar uma abalada no país.

publicado

O BuzzFeed Brasil passou um pente-fino na entrevista de uma hora e vinte minutos para mostrar os principais pontos do presidente Michel Temer ao programa Roda Vida, da TV Cultura.


#1 - Sobre Romero Jucá (PMDB-RR), escolhido líder do governo no Senado após ser abatido do ministério após a revelação de gravação em que defendia que Temer assumisse para "estancar a sangria" da Lava Jato.

"Não é incoerência nenhuma. Ele não teve a morte política ainda decretada. Nem civil."

Ao responder se não era incoerente escolher como líder do governo o senador Romero Jucá (PMDB-RR), seu ex-ministro que deixou o governo ao cair em um grampo da Lava-Jato. E completou: "Ele deixou o governo, eu não o demiti".

#2 - Sobre legitimidade no cargo:

"Vocês sabem em que condições eu cheguei à Presidência. Cheguei pela via não só eleitoral mas também, especialmente, constitucional."

E Temer disse também que o país estava "quase à beira de um precipício econômico". "Eu assumi em condições dificílimas".

#3 - Sobre possível citação na delação de Marcelo Odebrecht:

"A absoluta falsidade desta afirmação. Não tenho nenhuma preocupação com isso."

"Já conversei comigo mesmo, há muito tempo. Marcelo Odebrecht indo ao Jaburu, Dizendo que queria colaborar com as campanhas do PMDB", disse Temer ao ser questionado sobre uma declaração do dono da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, de que teria dado ao então vice-presidente R$ 10 milhões de propina.

Segundo o peemedebista, o dinheiro foi dado não a ele, mas ao partido, para campanhas eleitorais nos estados. O dinheiro constaria como doação oficial.

Outras duas empreiteiras envolvidas no propinoduto da Petrobras, e com dirigentes que se tornaram delatores também fizeram doações à campanha do vice-presidente:

1.) OAS, onde paira a suspeita de R$ 5 milhões doados à campanha de Temer saíram de propina na concessão do aeroporto de Guarulhos (SP),

2.) Andrade Gutierrez, que doou R$ 1 milhão e o ex-presidente da empreiteira terá de prestar novo depoimento no âmbito da ação de cassação da chapa que corre no Tribunal Superior Eleitoral.

#4 - "A intenção é apresentar uma reforma que impeça essa sua pergunta daqui a 20 anos."

Temer afirmou aos jornalistas que ainda este ano quer enviar ao Congresso Nacional a reforma da Previdência. Ele está só esperando a votação da PEC do Teto. Disse no Roda Viva que está conversando com centrais sindicais e tem mesmo feito reuniões no Palácio com algumas delas.

#5 - Ocupação nas escolas contra a reforma do ensino médio:

"Lamento por eles [os estudantes]. No meu tempo de estudante era assim: você examinava, você discutia, você chamava pessoas para dialogar e às vezes até protestava fisicamente"

Depois de dizer que os estudantes não sabem nem o que é uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional), Temer voltou a criticar os estudantes que têm ocupado as escolas públicas. Ele prometeu manter o Fies, mas não falou do futuro do Prouni (programa de bolsas em faculdades privadas).

#6 – Sobre o futuro do governo:

"A chamada legitimidade popular é uma coisa política eu não me incomodo com isso porque eu sei que, quando a economia começar a prosperar, a legitimidade será tranquila."

#7 – Sobre possibilidade de Lula ser preso pela Lava Jato:

"Se você me perguntar: se o Lula for preso, isso causa um problema para o governo? Eu acho que causa. Não é para o governo. É para o país. Porque haverá, evidentemente, movimentos sociais."

A gafe: "Obrigado por mais essa propaganda". Veja o vídeo.

"Obrigado por mais essa PROPAGANDA." – @MichelTemer, em momento de sinceridade absoluta ao jornalista da @TVCultura

O presidente Temer ficou bem à vontade para dar longas respostas sem nenhuma interrupção e enfrentou poucas perguntas difíceis. Tanto que, para o diretor de jornalismo da TV Cultura, que perguntou se os repórteres era muito "virulentos", cometeu a gafe de agradecer "mais essa propaganda".

Assista a íntegra da entrevista aqui.

Veja também

Doação citada como suposta propina ao PT foi para PMDB e campanha de Temer, diz defesa de Dilma

Relator da MP do Ensino Médio é milionário da educação privada

Juíza condena hacker que clonou iPhone de Marcela Temer a 6 anos de prisão

Lava Jato diz que Cunha mantém influência no governo Temer


Tatiana Farah é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ela pelo email tatiana.farah@buzzfeed.com.

Contact Tatiana Farah at Tatiana.Farah@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.