back to top

Assim são os orgasmos ao redor do mundo

Aparentemente, os brasileiros são os mais barulhentos na cama.

publicado

Ok, vamos direto ao ponto...

Columbia Pictures

Preparados?

Agora sabemos quais países têm os melhores, mais escandalosos e mais frequentes orgasmos do mundo, graças a uma pesquisa da Lelo, varejista sueca de brinquedos e acessórios ~adultos~.

reactiongifs.com

A empresa entrevistou 2.200 pessoas de 21 países diferentes perguntando sobre seus orgasmos.

🚨 E AQUI ESTÃO OS RESULTADOS. 🚨

1. Os noruegueses são os que têm mais orgasmos.

ufc.com

35% dos entrevistados noruegueses disseram ter orgasmos pelo menos uma vez por dia, o que é muito, considerando que a média global seja de apenas dois a três orgasmos por semana. Uau!

2. Brasileiros gostam de fazer barulho!

Comedy Central

Os brasileiros são de longe os mais barulhentos na cama — com 65% dos entrevistados dizendo que gritam durante o orgasmo. Em segundo lugar vem a Noruega, com 39,9%.

3. Os americanos não estão muito satisfeitos na cama.

NBC

"Mas aqui é os EUA! Eu quero agora!"

Os Estados Unidos podem ser uma superpotência global, mas, na cama, a maioria dos entrevistados dos EUA (28%) avaliou a intensidade de seus orgasmos com um 7/10 – não tão potente assim.

4. Nem os canadenses.

TNT

Infelizmente, 15% dos canadenses nunca experimentaram um orgasmo, e outros 15% avaliaram a intensidade de seus orgasmos com uma nota 1/10. :-(

5. Os britânicos transam bastante.

CBS

11% dos entrevistados do Reino Unido declararam que têm orgasmos pelo menos uma vez ao dia, e 53% disseram que seus orgasmos às vezes são barulhentos.

6. Os australianos gozam quietinhos.

ABC

A Austrália pode ser absolutamente maluca, mas mais de um terço dos australianos entrevistados (34,78%) disseram ser geralmente silenciosos na cama.

7. Os franceses também são bem silenciosos.

oscar.go.com

Apenas 10% dos entrevistados disseram que são barulhentos na cama.

Moral da história: Não acredite em todos os estereótipos sexuais que ouvir.

CW

🍆 🍑

Este post foi traduzido do inglês.

Contact Tom Vellner at tom.vellner@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.