back to top

Um YouTuber foi detido após jogar Pokémon Go em uma igreja da Rússia

O estudante universitário pode ser condenado a até cinco anos de prisão.

publicado

O estudante Ruslan Sokolovsky é um YouTuber de Ecaterimburgo, na Rússia, que tem mais de 290 mil seguidores.

Em agosto, Sokolovsky compartilhou um vídeo dele próprio jogando Pokémon Go dentro de uma igreja ortodoxa local. O vídeo foi assistido mais de 900 mil vezes.

Veja este vídeo no YouTube

youtube.com
Publicidade

No vídeo, Sokolovsky fala sobre o caso de jogadores de Pokémon Go que foram condenados por usar seu celular em igrejas russas. Então ele decide testar a proibição e se filmar jogando na Igreja de Todos os Santos, em Ecaterimburgo.

Depois que o vídeo foi publicado, as ações do YouTuber receberam bastante cobertura da imprensa russa.

vesti.ru

"Depois do exemplo da banda Pussy Riot: fã de Pokémon de Ecaterimburgo está esperando os resultados de seu experimento."

Uma semana depois de Sokolovsky publicar o vídeo, a polícia começou a investigá-lo por violação do direito de liberdade de consciência e religião. Um porta-voz da polícia disse à imprensa local que ele pode ser condenado à pena máxima de cinco anos na prisão para servir como exemplo. Sokolovsky cobriu o caso em seus vídeos.

Na semana passada, a polícia entrou na casa de Sokolovsky, apreendeu seu computador e o levou para um interrogatório. Mais tarde, um tribunal decidiu que ele deve permanecer na cadeia por dois meses, enquanto o caso é investigado em mais detalhes. Ele está sendo acusado de incitar o ódio e de ferir a dignidade humana.

Rachael Krishna is a reporter for BuzzFeed News and is based in London.

Contact Rachael Krishna at rachael.krishna@buzzfeed.com.

Contact Victor Stepanov at victor.stepanov@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.

Em parceria com