back to top

Usuário do Reddit que fez montagem de luta livre entre Trump e CNN pede desculpas

Ao contrário do presidente americano.

publicado

Caso você tenha perdido, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tuitou no último domingo (2) este vídeo dele batendo na "CNN" durante uma partida de luta livre.

O vídeo foi gravado em 2007, quando Trump foi ao evento WrestleMania, da WWE, e simulou uma briga com o diretor-executivo da franquia de lutas, Vince McMahon. (Curiosidade: Linda McMahon, a esposa de Vince, agora é a administradora de pequenas empresas no gabinete de Trump. Bons tempos.)

Trump tem entrado em bastante conflito com a imprensa nos últimos dias, mas tem sido particularmente incisivo com a CNN após a rede ter tirado do ar uma reportagem sobre a Rússia.

A CNN condenou o tuíte de Trump, dizendo que o presidente estava incentivando a violência contra jornalistas.

O vídeo apareceu pela primeira vez em uma postagem no Reddit voltada aos partidários de Trump. O clipe, que não tinha som na versão do Reddit, foi postado por um usuário chamado "HanAssholeSolo".

Reddit

"Parabéns /u/HanAssholeSolo, você foi tuitado pelo presidente dos Estados Unidos", comentou um usuário do Reddit na publicação após o tuíte de domingo.

Então o escritor e professor-assistente da Universidade da Geórgia do Sul, Jared Yates Sexton, começou a tuitar outras publicações de HanAssholeSolo no Reddit, algumas das quais racistas e antissemitas.

Here's another meme from the guy Trump tweeted, this one showing CNN personalities with Jewish stars.

"Aqui está outro meme do cara que Trump tuitou, este mostrando pessoas da CNN com estrelas judaicas."

Algumas pessoas, então, começaram a atacar Sexton on-line e a lhe enviar ameaças de morte, disse o professor ao HuffPost.

A Casa Branca não disse onde obteve o vídeo, nem se desculpou por usar o trabalho feito por alguém ligado ao antissemitismo.

Desde que suas postagens antigas foram expostas, HanAssholeSolo apagou toda a sua atividade passada no Reddit — e, na terça-feira (4), postou um pedido de desculpas.

Reddit

A publicação é intitulada "Aos meus colegas do Reddit nesta comunidade, ao restante do Reddit e a imprensa/público, peço desculpas".

O usuário do Reddit pede desculpas pela controvérsia, diz que só estava "provocando" e que nunca apoiou as coisas odiosas que publicou.

Além disso, afirmou que o vídeo da CNN era para ser uma sátira e que não pretendia promover a violência contra a imprensa.

As desculpas terminaram com uma mensagem anti-trolls, incentivando os que têm esse comportamento a buscarem ajuda.

Quando a notícia das desculpas chegou ao Twitter, alguns elogiaram o usuário do Reddit por denunciar a provocação.

"Eu não posso acreditar, mas esta mensagem anti-troll de um troll vale a pena ler."
Twitter: @JoshLevs

"Eu não posso acreditar, mas esta mensagem anti-troll de um troll vale a pena ler."

"Esse maluco é mais presidencial do que o presidente."
Twitter: @ArianeBellamar

"Esse maluco é mais presidencial do que o presidente."

Mas muitos outros ficaram em dúvida se as desculpas eram realmente sinceras.

"Eu gostaria de acreditar que esse cara do reddit está sendo sincero, mas qualquer um que tenha visto as merdas que ele postou fica em dúvida."
Twitter: @Green_Footballs

"Eu gostaria de acreditar que esse cara do reddit está sendo sincero, mas qualquer um que tenha visto as merdas que ele postou fica em dúvida."

Alguns teorizaram que o usuário do Reddit estava tentando neutralizar a controvérsia e evitar ser identificado publicamente.

"Sean SpiceyEle não quer ser exposto, é isso que está acontecendo.Kathy FarrisVERDADE eles estão com medo de serem identificados."
Twitter: @moogie2015

"Sean Spicey

Ele não quer ser exposto, é isso que está acontecendo.

Kathy Farris

VERDADE eles estão com medo de serem identificados."

De fato, a CNN revelou que tinha identificado e contatado o usuário do Reddit antes de ele publicar suas desculpas.

CNN discovered HanAssholeSolo's identity through bits of biographical data left on his Reddit.… https://t.co/yqMOkhMZzz

"A CNN descobriu a identidade de HanAssholeSolo a partir pedaços de informações biográficas que ele deixou no Reddit."

A CNN disse que o usuário do Reddit retornou suas ligações depois que ele publicou suas desculpas e que achava que a Casa Branca "deveria ter avaliado melhor" antes de publicar o tuíte.

A rede se recusou a informar o nome do homem, chamando-o de "um cidadão privado que emitiu uma extenso pedido de desculpas" e que ele tinha prometido não "repetir esse comportamento repreensível nas redes sociais novamente".

Mas também disse: "A CNN reserva-se o direito de publicar a identidade dele se ele não cumprir o prometido".

Isso chocou alguns membros da imprensa.

Unusual justification by @CNN for withholding identity of subject. Ever seen anything voiced like this before?… https://t.co/NNRoGJjydE

"Justificativa não usual da CNN para preservar a identidade da pessoa. Já viu algo assim antes?"

Not sure how “publicly threatening to dox someone if he does it again” squares with journalistic ethics

"Em dúvida em como 'ameaçar publicamente expor alguém se a pessoa repetir o comportamento' entra na ética jornalística."

O WikiLeaks, então, tuitou que "a CNN é pior" do que Trump.

Trump was bad. CNN is worse: CNN threatens amateur satirist behind Trump video: make fun of us again and we dox you… https://t.co/K9bdvry4xb

"O Trump foi ruim. A CNN é pior: CNN ameaça satirista amador por trás do vídeo de Trump: tire sarro de nós de novo e iremos te expor."

As figuras de direita logo começaram a atacar a rede, e a hashtag #CNNblackmail [CNNchantagem] chegou aos trending topics do Twitter.

"CNN
concorde conosco ou seja exposto."

Andrew Kaczynski*, repórter da CNN, disse que a frase estava sendo mal-interpretada.

This line is being misinterpreted. It was intended only to mean we made no agreement w/the man about his identity. https://t.co/9FL6EvTikx

"Esta frase está sendo mal-interpretada. Era só para deixar claro que não fizemos nenhum acordo com o homem sobre sua identidade."

*Ressalva: Kaczynski é ex-funcionário do BuzzFeed News.

Kaczynski também disse que o usuário do Reddit disse a ele que não se sentiu ameaçado.

FYI "HanAssholeSolo" just called me."I am in total agreement with your statement. I was not threatened in anyway." https://t.co/7se1B8Z29D

"'HanAssholeSolo'acabou de me ligar. 'Estou totalmente de acordo com o comunicado. Eu não fui ameaçado de nenhuma forma'."

HanAssholeSolo não respondeu imediatamente a um pedido do Reddit para comentários.

Seu pedido de desculpas completo diz:

Meus colegas do Reddit,

Antes de tudo, gostaria de pedir desculpas aos membros da comunidade Reddit por ter colocado este site e os subs envolvidos em uma controvérsia que nunca deveria ter acontecido. Eu também gostaria de pedir desculpas pelas publicações que foram racistas, intolerantes e antissemitas. Eu não sou, de modo algum, esse tipo de pessoa. Adoro e aceito pessoas de todas as classes, e fiz isso a vida inteira. Eu não sou a pessoa que a imprensa retrata na vida real, eu estava provocando e publicando coisas para obter uma reação dos subs no Reddit e nunca expressei nenhuma das coisas odiosas que disse nessas publicações. Eu nunca apoiaria nenhum tipo de violência ou ação contra os outros simplesmente pelo o que eles acreditam, sua religião ou o estilo de vida que escolheram. Também não exerceria nenhuma violência contra qualquer pessoa com base nisso ou apoiaria alguém que o fizesse.

Com o passar do tempo, tornou-se um vício saber o quão longe poderia ir com as postagens. Isto [Esta situação] foi um alerta extremo para sempre considerar como os outros podem pensar ou se sentir sobre o que está sendo dito, antes de clicar no botão enviar em qualquer lugar on-line onde uma opinião é permitida. A liberdade de expressão é um direito de todos nós, mas não deve ser usada da maneira que foi nas publicações que foram colocadas neste site. Só porque você está atrás de um teclado não significa que você não pode machucar alguém com suas palavras ou causar uma situação como essa, onde um simples meme é mal-interpretado como sendo um incentivo à violência.

Eu não defendo a violência contra a imprensa e o meme que postei não estava de modo algum defendendo isso, de nenhuma forma. Nossa primeira emenda [constitucional] protege a imprensa de coisas como a violência, e nós, como cidadãos americanos, deveríamos respeitar isso, mesmo que as opiniões da imprensa não estejam de acordo com as nossas. O meme foi criado puramente como sátira, ele não deveria ser um apelo à violência contra a CNN ou qualquer outra rede de notícias. Eu não tinha ideia de que alguém iria pegar isso e colocar som e depois publicar no feed do Twitter do presidente. Foi uma brincadeira, nada além disso. O que o feed do presidente mostrou não foi a publicação original que foi postada aqui, mas uma tirada de outro lugar e com som adicionado a ela, e que depois publicada no Twitter. Eu pensei que fosse a publicação original que foi feita, e é por isso que eu levei os créditos por isso.

Tenho o maior respeito pela comunidade de jornalistas, e eles colocam suas vidas em jogo todos os dias com os trabalhos que fazem ao informar as notícias.
A internet e as mídias sociais são capazes de muitas coisas boas, e este é um exemplo das coisas não tão boas que podem ser feitas. Trollar para obter uma reação das pessoas não é a melhor maneira de fazer valer um ponto de vista, a maneira de fazê-lo é apresentar seus fatos de forma que a transmissão da mensagem não gere raiva. Para as pessoas que fazem troll na internet por diversão, considere suas palavras e suas e a quem elas podem chatear ou enfurecer. Coloque-se no lugar delas antes de publicar. Se você tem um problema com trollar, isso é um vício como qualquer outro que alguém pode ter, e não se envergonhe de pedir ajuda. Trollar nada mais é do que intimidar um público amplo. Não alimente sua autoestima com base em infligir sofrimento nos outros on-line apenas porque você está atrás de um teclado. Nós como, como usuário do Reddit e como americanos, somos melhores do que isso.

Assim, aos membros desta comunidade, ao site, à imprensa (especialmente à CNN) e a qualquer um ofendido pelas publicações, novamente peço desculpas. Este é um indivíduo que você não verá publicar coisas prejudiciais ou odiosas de brincadeira on-line. Esta é a minha última publicação a partir desta conta e eu quis fazê-la com uma nota positiva, e espero que ela cure a controvérsia que tudo isso causou. Paz.

“Quanto mais você se conhece, menos crítico você se torna” ― Aniekee Tochukwu Ezekiel

Este post foi traduzido do inglês.

David Mack is a deputy director of breaking news for BuzzFeed News and is based in New York.

Contact David Mack at david.mack@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.