• newsbr badge

O que sabemos até agora sobre o massacre na escola de Suzano

Dois homens encapuzados invadiram a escola e atacaram estudantes e funcionários. Polícia confirmou 10 mortes até agora.

by , , ,
Miguel Schincariol / AFP / Getty Images

O que sabemos até agora sobre o massacre na escola de Suzano

  • População lota Arena Suzano para se despedir de 6 das 8 vítimas do massacre na Escola Raul Brasil.
  • Um dos estudantes está sendo velado em igreja evangélica que frequentava.
  • Governador João Doria anunciou que Estado vai indenizar famílias de vítimas que estavam na escola, mas não indicou valores.
  • É o mais grave ataque a uma escola brasileira desde o ataque que deixou 12 estudantes mortos em Realengo, Rio, em abril de 2011.

Updates

Postado às

Doria anuncia indenização para família de vítimas de #Suzano, mas ainda não há detalhes.

O governo de São Paulo anunciou hoje (14) a criação de um comitê com o objetivo de acelerar o processo de pagamento de indenizações aos familiares das vítimas do massacre de Suzano.

Não há valor definido ainda nem quem exatamente teria direito à indenização – se apenas parentes de pessoas que morreram ou também a família de quem ficou ferido.

O decreto, que será publicado na edição de amanhã do Diário Oficial, prevê que o comitê — formado por Procuradoria-Geral do Estado e secretarias da Educação, Segurança Pública e Assistência Social, com membros da Defensoria Pública como convidados — determine, no máximo em 30 dias, os valores das indenizações.

Postado às

Gamers estão reagindo a comentário do vice-presidente Mourão, que associou massacre de Suzano ao uso de videogame.

Gamers estão reagindo a Mourão, que associou o massacre de Suzano ao uso de videogame https://t.co/MEZhaWRWG9

Postado às

O tom de consternação no velório das vítimas do massacre de #Suzano na manhã desta quinta. À tarde deverá ser realizado um ato interreligioso.

O tom de consternação no velório das vítimas do massacre de #Suzano na manhã desta quinta. À tarde deverá ser realizado um ato interreligioso. Aqui o que sabemos sobre o assunto https://t.co/n2Qz9rRyIx

Postado às

Vídeo em poder da polícia mostra como foi chegada de agressores à escola e ataques às primeiras vítimas. BuzzFeed News decidiu não publicá-lo.

Um vídeo do circuito interno da escola – já em poder da polícia – mostra que o primeiro homem a entrar na Escola Raul Brasil sacou um revólver e desferiu pelo menos quatro disparos de arma de fogo contra um pequeno grupo de pessoas que estava no hall da escola. O atirador sai e, poucos segundos depois, entra o outro criminoso, que deixa a mochila e um arco no chão e passa a atacar as pessoas caídas com golpes de machadinha. Depois, há uma correria de estudantes correndo em direção à saída.

O vídeo de 90 segundos mostra a dinâmica do começo do crime. O BuzzFeed News teve acesso à prova e decidiu relatar, em linhas gerais, o conteúdo em virtude de se tratar de uma importante prova da investigação, mas não vai publicá-lo. O BuzzFeed News pede a seus leitores e leitoras que não compartilhem este tipo de conteúdo, caso recebam por meio de redes sociais ou aplicativos de mensagem.

Postado às

Estudantes mortos tinham entre 15 e 17 anos. Número de feridos chega a 11.

As autoridades de São Paulo atualizou a lista e ampliou informações sobre as vítimas:

Estudantes mortos:

1.Caio Oliveira, 15 anos.

2.Claiton Antonio Ribeiro, 17 anos.

3.Douglas Murilo Celestino, 16 anos (morreu no hospital.)

4.Kaio Lucas da Costa Limeira, 15 anos.

5.Samuel Melquiades Silva Oliveira, 16 anos.

Funcionárias da escola:

6.Eliana Regina de Oliveira Xavier, 38 anos.

7.Marilena Ferreira Vieira Umezo, 59 anos.

Dono da locadora (tio do Guilherme)

8.Jorge Antonio de Moraes, 51 anos (tio de um dos atiradores).

Atiradores:

9.Guilherme Taucci Monteiro - 17 anos.

10.Luiz Henrique de Castro - 25 anos.

Nelson Almeida / AFP / Getty Images
Postado às

Este estudante pensou que o ataque era uma pegadinha até ser atingido por um golpe de machadinha.

Aluno do 2º ano do Ensino Médio na escola Rui Brasil, de Suzano, na Grande São Paulo, José Vítor Ramos, 18, ouviu os tiros na hora do recreio, mas achou que fosse uma pegadinha. Mas, ao sair da sala de aula, foi atacado no ombro direito com um machado.

Em meio ao desespero, ele não conseguia encontrar seus amigos nem sua namorada. Saiu correndo a pé, conseguiu sair da escola e foi para o hospital Santa Maria, a duas quadras da escola.

“Mãe, foi igualzinho nos Estados Unidos”, contou ele à mãe, Sandra Regina Ramos, 49, segundo o relato dela ao BuzzFeed News. comparando o massacre de Suzano ao de Columbine, no Colorado, que completa 20 anos em abril.

“Ele disse que foi uma cena de guerra. Que o alvo era quem atravessasse na frente deles [os atiradores]”, contou Sandra a mãe de José Vítor, na porta do hospital.

Aliviada por que o filho estava bem depois de uma cirurgia, Sandra disse que os atiradores moravam perto de sua casa.

“Ele [o filho] não falou nada que conhece, mas eu tenho certeza que ele conhece porque os meninos moram a duas ruas da minha casa. Geralmente adolescente conhece adolescente”.

Sandra disse que foi chamada para ir ao hospital. “Achei que ele tinha tido uma torção no pé, uma coisa assim, boba. Quando eu vi muito helicóptero, eu imaginei que a coisa foi mais séria. O que passou pela minha cabeça quando eu vi o tumulto foi que meu filho estava morto”.

Postado às

O vice-presidente Hamilton Mourão relacionou o massacre de Suzano com a popularidade de games violentos: "Hoje a gente vê a garotada viciada em videogames violentos. Só fazem isso."

Reprodução
Postado às

Aqui estão os nomes das vítimas do ataque à Escola Raul Brasil, em Suzano. Os dados foram divulgados na entrevista coletiva concedida pelo secretário de Segurança Pública General Campos e pelo comandante geral da PM Coronel Salles:

Estudantes mortos: Pablo Henrique Rodrigues, Cleiton Antônio Ribeiro, Caio Oliveira, Samuel Melquíades Silva de Oliveira, Douglas Murilo Celestino (morreu a caminho do hospital)

Funcionárias mortas: Marilena Ferreira Vieira Umezo (professora coordenadora), Eliana Regina de Oliveira Xavier (agente de organização escolar) e Jorge Antônio Moraes (comerciante, atingido fora da escola, morreu no hospital).

Feridos: Leticia Melo Nunes, Samuel Silva Felix, Beatriz Gonçalves, Anderson Carrilho de Brito, Murilo Gomes Louro Benites, Jennifer Silva Cavalcanti, Leonardo Vinicius Santana, Adna Bezerra, Jorge Antônio de Moraes e Guilherme Ramos.

Atiradores que se suicidaram: Guilherme Taucci Monteiro, 17 anos (ex-aluno) e Luís Henrique de Castro, 25 anos.

Postado às

"Era hora do recreio e tinha muitos gritos. Primeiro, pensei que fosse festa. Depois, escutei os tiros", conta vizinha.

Tatiana Farah / BuzzFeed News

“Era hora do recreio e tinha muitos gritos. Eu pensei que fosse festa porque eles fazem muita festa, brincadeira. Mas escutei os tiros. Não era festa”.

Vizinha de frente da escola estadual Raul Brasil, em Suzano, dona Ivone Taboada, 66, acompanhou com os filhos uma cena que jamais esquecerá.

Aos gritos, os alunos corriam por todos os lados e tentavam deixar o colégio, que fora atacado por dois atiradores. Os adolescentes estavam desesperados. “Eles faziam menção que queriam entrar. Mas a gente não sabia o que estava acontecendo. A gente falava, corre, corre para lá”, contou ela, indicando o outro lado da rua.

A escola tem 1600 alunos do ensino médio e do sexto ao nono ano.

Segundo Ivone, e as vizinhas que acompanharam durante a tarde a movimentação na escola, o colégio é tranquilo e não há ocorrências policiais.

Postado às

A polícia divulgou o nome dos atiradores: Luiz Henrique de Castro, que faria 26 anos neste sábado, e Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos.

Postado às

Câmera de segurança de uma casa vizinha flagrou momento em que alunos desesperados pulavam muro para fugir de atiradores e chegada de um policial à paisana, armado, nos fundos da escola em #Suzano.

Câmera de segurança de uma casa vizinha flagrou momento em que alunos desesperados pulavam muro para fugir de atiradores e chegada de um policial à paisana, armado, nos fundos da escola em #Suzano. Aqui o que sabemos: https://t.co/n2Qz9rRyIx

Postado às

A PM deve divulgar os nomes das vítimas às 14h, depois de comunicar primeiro a cada uma das famílias.

Postado às

Além de arma de fogo, um dos matadores levou à escola uma besta (um artefato para atirar flechas).

Na coletiva de imprensa, as autoridades confirmam que a besta (arco e flecha) foi utilizada por um dos agressores.

Postado às

Ao lado do governador Doria, o comandante da Polícia Militar de São Paulo, coronel Marcelo Vieira Salles, disse que foi encontrado um artefato dentro da escola. Os policiais apuram se é ou não explosivo.

Postado às

João Doria (PSDB) chegou ao local e expressou condolências às famílias. Ele prometeu apoio às famílias. Segundo ele, a polícia chegou ao local 8 minutos após ser acionado.

Reprodução / BandNews

A Polícia Militar confirmou 10 mortes até agora na Escola Estadual Raul Brasil, no centro de Suzano (Grande São Paulo) num ataque a tiros pouco depois do início das aulas da manhã.

Reprodução / Facebook

8 pessoas morreram no local: 5 alunos e uma funcionária, além de 2 atiradores.

Veja este vídeo no YouTube

youtube.com

10 pessoas foram feridas e levadas para hospitais. As vítimas ainda não foram identificadas nem os atiradores. A polícia não confirma que os matadores seriam ex-alunos.

Reprodução BandNews

Imagens de corpos na escola começaram a circular por grupos de mensagem. Evite repassá-las ou divulgá-las.

gente, NÃO REPASSEM vídeos que mostram corpos das vítimas da escola em suzano. não compactuem com isso.

A Prefeitura de Suzano disponibilizou um local para acolher familiares de vítimas em buscas de informações: a Associação Cultural Suzanense, o Bunkyo, localizado na avenida Armando Salles de Oliveira, 444, no centro da cidade.

facebook.com

Graciliano Rocha é Editor de Notícias do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ele pelo email graciliano.rocha@buzzfeed.com.

Contact Graciliano Rocha at graciliano.rocha@buzzfeed.com.

Tatiana Farah é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ela pelo email tatiana.farah@buzzfeed.com.

Contact Tatiana Farah at Tatiana.Farah@buzzfeed.com.

Contact Mauro Albano at mauro.albano@buzzfeed.com.

Severino Motta é repórter do BuzzFeed News, em Brasília

Contact Severino Motta at severino.motta@BuzzFeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here

Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.