• newsbr badge
Updated on 26 de fev de 2020. Posted on 26 de fev de 2020

Aqui explicamos a teoria da conspiração sobre o menino de 9 anos vítima de bullying

A mãe postou um vídeo que mostrava o garoto abalado. Menos de 72 horas depois, sua história seria distorcida em uma teoria da conspiração de que ele era um golpista de 18 anos de idade.

Yarraka Bayles / Via Facebook

Na noite de 19 de fevereiro de 2020, em Brisbane, na Austrália, Yarraka Bayles postou um vídeo no Facebook mostrando seu filho, Quaden, chorando.

Quaden tem 9 anos e nanismo do tipo acondroplasia. No vídeo, que o mostra desolado dentro de um carro, Yarraka diz que acabou de buscar Quaden na escola e que quer que as pessoas vejam os efeitos do bullying no seu filho. É possível ouvir Quaden dizer: "Eu só quero morrer agora".

O vídeo viralizou muito e a maioria dos comentários apoiava Quaden. Mas não demoraria mais de 72 horas para que, em certos lugares da da internet, distorcessem a história de vida do menino em uma teoria da conspiração bizarra, alegando falsamente que ele era um golpista de 18 anos de idade.

Na manhã seguinte à postagem do vídeo de Yarraka, ele foi compartilhado pela mídia australiana e, depois, divulgado por veículos de comunicação internacionais. Celebridades começaram a tuitar seu apoio a Quaden.

Na tarde de 20 de fevereiro, o comediante Brad Williams tuitou um link para uma angariação de fundos para Quaden. "Criei um GoFundMe para levar o corajoso Quaden e sua mãe à Disneylândia", escreveu Williams aos seus 123 mil seguidores. "Vamos mostrar a um garoto vítima de bullying que ele é amado!" No momento desta publicação, o GoFundMe havia angariado US$ 473 mil e havia sido compartilhado 271 mil vezes.

Na tarde de 21 de fevereiro, usuários de diversas plataformas de mídia social começaram a alegar, sem base alguma, que Quaden era um golpista.

O usuário do Twitter @ZoomerMatthew tuitou fotos lado a lado, uma mostrando Quaden chorando, e na outra, ele segurando várias cédulas australianas. O tuíte, que foi retuitado mais de 5.700 vezes, tinha a legenda: "Vocês foram enganados". @ZoomerMatthew não respondeu às perguntas do BuzzFeed News.

Um dos 2,2 milhões de seguidores do ator James Woods no Twitter respondeu à sua postagem solidária sobre Quaden dizendo: "Você foi enganado", com um link para o perfil de ator de Quaden.

O usuário do Facebook D Monarch DeLeon postou um vídeo de uma transmissão ao vivo feita no Facebook há dois meses na conta de Yarraka, mostrando Quaden chamando a rainha e o primeiro-ministro da Austrália, Scott Morrison, de racistas. O vídeo tem a legenda "Isso foi retirado do Facebook da mãe do suposto anão vítima de bullying antes de ela esconder tudo. [...] mais uma peça a acrescentar ao mistério se todos foram enganados ou não".

Nas primeiras horas de 22 de fevereiro, usuários do Instagram e do Twitter usavam fotos da conta pública do Instagram de Quaden (que agora é privada, mas é possível ver um arquivo aqui) para iniciar um boato novo e estranho: que Quaden, na verdade, era um homem de 18 anos que fingia ser vítima de bullying.

Quadoss / Via archive.ph

Arquivo da conta do Instagram de Quaden.

Um post viral usou uma captura de tela da postagem de um usuário do Facebook alegando falsamente que "ele enganou todo mundo... ele tem 18 anos". A postagem inclui fotos de Quaden usando roupas caras no estilo streetwear e em uma festa ao lado de uma placa que diz "18". (Na realidade, era a festa do primo dele.)

@shanonhni / Via Twitter

Naturalmente, essas fotos não são prova da idade de Quaden. Fotos da conta da Yarraka no Facebook documentam a infância de Quaden desde que ele tinha seis semanas. Várias entrevistas com empresas de comunicação australianas também incluíam sua idade.

A usuária do Facebook que escreveu a postagem originalmente disse ao BuzzFeed News que postou sobre Quaden ter 18 anos após ver um meme online.

Ela disse que após descobrir a idade real dele, excluiu a postagem, mas alguém já havia compartilhado uma captura de tela no Twitter, que acabou viralizando. Agora ela excluiu sua conta devido à repercussão.

"Recebi ameaças de morte e as pessoas procuraram informações sobre o meu trabalho, então minha segurança está comprometida", ela disse ao BuzzFeed News em uma mensagem. "Eu preciso que vocês removam essas informações falsas antes que algo ruim aconteça comigo, porque as pessoas são loucas".

A mulher forneceu uma captura de tela da sua caixa de entrada, mostrando mensagens abusivas de antes de excluir sua conta. O BuzzFeed News não citou seu nome por conta da sua preocupação com sua segurança.

A tia de Quaden, Mundanara Bayles, disse ao BuzzFeed News que, embora a família esteja se focando nos comentários positivos que tem recebido, eles notaram a negatividade. Ela disse que a imagem de Quaden ao lado da placa, a prova irrefutável metafórica dessa teoria da conspiração, foi tirada na festa de 18 anos do seu filho Garlen.

@Quadoss / Via Instagram

Uma imagem arquivada da conta do Instagram de Quaden, que o mostra na festa de aniversário de 18 anos do seu primo.

Esse boato viral se espalhou rapidamente pela internet. As contas do Instagram de Quaden receberam uma enxurrada de comentários abusivos o acusando de ser um golpista ou um adulto.

Essas teorias da conspiração agora são alguns dos conteúdos mais populares disponíveis online sobre o Quaden. De acordo com as métricas do BuzzSumo, o conteúdo "Quaden Bayles" que recebeu o segundo maior número de engajamento de todos os tempos é um vídeo do YouTube do dia 21 de fevereiro: "O anão vítima de bullying Quaden Bayles, na verdade é um ator enganando você para ganhar dinheiro". O vídeo teve engajamento 1,1 milhão de vezes nas mídias sociais, logo atrás de um artigo do Daily Mail que teve engajamento 1,2 milhão de vezes.

O vídeo do YouTube está privado agora, mas um artigo do Discuss Global sobre o vídeo lista o nome do canal como "ErbyGames".

Erby Walls, que respondeu ao e-mail listado na conta do ErbyGames no YouTube, confirmou que havia postado o vídeo, que ele disse ter sido visualizado mais de três milhões de vezes. Ele disse que viu pessoas no Instagram compartilharem fotos de Quaden "usando roupas da Gucci e com dinheiro", e foi por isso que fez o vídeo.

Ele publicou outro vídeo em 22 de fevereiro alegando que Quaden tem 9 anos e pedindo desculpas. O vídeo foi visualizado 31 mil vezes, quase cem vezes menos que o original.

Informações falsas sobre Quaden continuam circulando por todo o YouTube. Ainda que ao pesquisar por Quaden os resultados sejam principalmente vídeos de fontes de notícias tradicionais, os vídeos mais visualizados (compartilhados por meio dos canais de redes sociais) pendem para informações erradas. Dos 19 vídeos principais do YouTube relacionados à "Quaden Bayles", nove são sobre boatos e a maioria deles está espalhando farsas.

E isso não se limita apenas às mídias sociais. Apesar da falta de evidências convincentes, o jornal "New York Post" publicou um artigo com o título: "Quaden Bayles: a internet debate se o garoto australiano vítima de bullying realmente tem 9 anos de idade". Após citar evidências fortes que comprovam a idade verdadeira de Quaden, o artigo inclui quatro postagens das mídias sociais que duvidam incorretamente da sua idade. Segundo o CrowdTangle, o artigo teve mais de 120 mil reações e foi comentado mais de 75 mil vezes.

Outros sites, desde os gigantes, como agregador de vídeos "WorldStarHipHop", até os extremistas, como o site de extrema-direita "The Daily Groyper", divulgaram a história. Um deles chegou até a alegar, sem evidências, que as "autoridades" estavam investigando Quaden.

Mundanara acha que todas as acusações de golpe são ridículas. Ela ressaltou que a família Bayles não teve nada a ver com a arrecadação de fundos.

"Foi apenas um comediante dos Estados Unidos, que nunca conhecemos em nossas vidas, que nos procurou", disse ela.

Após notar pela primeira vez a farsa postada nos comentários de um artigo da CNN no LinkedIn, Mundanara se lembra de ter ficado acordada até de madrugada lendo todos os comentários abusivos no Instagram.

Ela disse que está revoltada com a maneira como os usuários de mídias sociais interpretaram mal os vídeos para promover suas próprias teorias de conspiração. Ela ressalta um vídeo de Quaden exibindo as notas de dinheiro, visualizado 7,5 milhões de vezes no tuíte de um usuário: "o dinheiro foi arrecadado para caridade?"

"Na verdade, ele estava trabalhando para caramba em um barracão quente, em um evento de arrecadação de fundos em Salisbury para vítimas aborígenes dos incêndios na Austrália", disse ela ao BuzzFeed News. "Ele estava feliz com quanto dinheiro havia arrecadado.

"Isso é tão errado. Se ao menos as pessoas dessem um ou dois cliques a mais...", disse Mundanara. "É muito desgastante. Todos temos vidas para viver, negócios para administrar, filhos para criar. Não queremos lidar com esse tipo de coisa."

Este post foi traduzido do inglês.

Cameron Wilson is a reporter for BuzzFeed News and is based in Sydney.

Contact Cameron Wilson at cameron.wilson@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here