back to top

As imagens impactantes da votação na Venezuela que deixou ao menos 10 mortos

No domingo (30), país promoveu a escolha de uma Assembleia Constituinte. Opositores e países da região dizem que pleito é manobra para ampliar os poderes do presidente Nicolás Maduro.

publicado

A Venezuela promoveu no domingo (30) a eleição de uma nova Assembleia Constituinte, medida do governo Nicolás Maduro que foi denunciada por opositores e pela comunidade internacional como uma manobra para expandir os poderes do presidente.

Em Caracas, os locais de votação estavam vazios. Segundo o órgão eleitoral do país, cerca de 8 milhões de eleitores (41,53%) do total compareceram. A Mesa de Unidade Democrática (MUD), grupo que reúne a oposição, estimou um número bem menor: 2,5 milhões (12%).

Ao menos 10 pessoas morreram durante protestos neste domingo, de acordo com a Reuters, citando fontes independentes. O Ministério Público afirmou que foram 7 vítimas enquanto a oposição disse que o número de mortos superou 16.

A Venezuela está em crise há meses, com inflação de três dígitos e escassez de produtos, e cerca de 120 pessoas morreram desde o início do ano em confrontos com a polícia.

Publicidade

A nova Assembleia Constituinte é formada por 545 aliados de Maduro. No papel, eles terão mais poder que o próprio presidente e serão capazes de dissolver instituições como o Tribunal Supremo de Justiça (equivalente ao STF brasileiro).

Após a votação, Maduro comemorou a vitória em discurso. "Um porta-voz do imperador Donald Trump disse que não vai reconhecer o resultado da Assembleia Constituinte venezuelana. Por que diabos a gente ligaria para o que Trump diz? Nós ligamos para o que diz a soberania do povo da Venezuela", afirmou em um palanque.

Um dos principais opositores de Maduro, o governador do Estado de Miranda Henrique Capriles, declarou: "A assembleia constitucional não vai resolver nenhum dos problemas do país, e só trará mais crise. A partir de amanhã [segunda-feira], um novo estágio da luta começa."

Alexandre Aragão é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ele pelo email alexandre.aragao@buzzfeed.com

Contact Alexandre Aragão at alexandre.aragao@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.

Em parceria com