back to top

Este quiz vai te fazer entender a reforma do ensino médio

Nova lei vai mudar os currículos e a carga horária. E criar cinco tipos de ensino médio.

publicado

O presidente Michel Temer (PMDB) planeja promulgar a lei da reforma do ensino médio na próxima quinta-feira. Ela foi aprovada na semana passada pelo Senado e determina que o ensino médio terá cinco tipos, que são chamados de itinerários formativos.

Esses serão os itinerários: linguagens e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e sociais aplicadas e formação técnica e profissional.

Com as mudanças anunciadas, muitas dúvidas pipocaram nas redes sociais. E o BuzzFeed Brasil consultou o projeto de lei, o relator do projeto no Senado, Pedro Chaves (PSC-MS), o Ministério da Educação e o ex-ministro da Educação Renato Janine Ribeiro, da USP, para tirar algumas essas dúvidas.

  1. Posso fazer o ensino médio sem estudar história ou geografia?

    Reprodução
    Sim
    Não
    Correto!
    Errado!

    Não.

    Embora a nova lei estabeleça como disciplinas obrigatórias apenas Português, Matemática, Inglês, Artes e Educação Física, o currículo escolar será definido ainda pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Segundo o relator do projeto de lei, o senador Pedro Chaves (PSC-MS), a BNCC será redefinida nos próximos dois meses e será apresentada uma grade que contemple essas disciplinas na área de Ciências Humanas e Sociais. Ex-ministro da Educação no governo Dilma, o professor Renato Janine Ribeiro (USP) diz ser "muito pouco provável que não haja (aula de história ou geografia)." Para ele, esse conteúdo de aprendizado no Brasil foi "construído muito mais pela prática" do que por força de lei.

  2. O novo ensino médio vai ser muito diferente de hoje?

    Divulgação
    Sim
    Não
    Correto!
    Errado!

    Sim.

    Hoje, o ano escolar é de 800 horas, ou seja, todo o ensino médio dura 2.400 horas. Pela nova lei, haverá um crescimento de 25% em relação a essa carga horária nos próximos cinco anos (com a previsão de 1.000 horas anuais). A grade comum, ou seja, o que será definido pela BNCC, não pode extrapolar 1.800 horas do curso todo. Assim, centenas de horas serão dedicadas à construção dos chamados itinerários formativos, que são os cinco tipos de ensino médio (com ênfase em linguagem, ciências humanas, matemática, ciências da natureza ou técnico e profissionalizante). O ex-ministro Janine Ribeiro lembra: "Durante um ano e meio do ensino médio, vai ser igual ao que é hoje".

  3. A reforma é necessária?

    Divulgação/SBT
    Sim
    Não
    Correto!
    Errado!

    Sim.

    O Brasil vai mal nos índices internacionais de educação. No ano passado, caiu no ranking do Pisa, um dos mais importantes, que avalia os alunos de 70 países (grande parte no ensino médio): ficou na 66ª posição em matemática, 63ª em ciências e 59ª em leitura. Uma reforma para o ensino médio tem sido defendida há anos por especialistas e estava em andamento pelo governo anterior e o Congresso Nacional, por meio de outro projeto de lei. O que mudou é que o presidente Temer quis fazer a reforma, inicialmente, por Medida Provisória. O governo considera que o ensino médio como está hoje não atende aos interesses dos estudantes, os fazendo estudar disciplinas apenas para prestar o vestibular ou o Enem. O ex-ministro da Educação Renato Janine Ribeiro concorda: "Muito do que se ensina hoje é uma espécie de trailer do que vai se estudar depois, no ensino superior. E um aluno pode ser reprovado mesmo sendo muito bom porque vai mal em uma matéria em que ele não vai tão bem porque não é a área que ele gosta".

  4. Professores sem diploma de nível superior vão me dar aula?

    Divulgação
    Sim
    Não
    Correto!
    Errado!

    Sim, mas só aulas técnicas.

    Segundo a nova lei, poderão ser contratadas pessoas com "notório saber" para dar aulas nos cursos de formação técnica e profissional. Mas só nesses cursos. "Mas tem de garantir que esse notório saber seja não só de conhecer a marcenaria, por exemplo, mas também saber ensinar e animar os alunos", ponderou Janine Ribeiro.

  5. Minha escola muda este ano?

    Reprodução/SBT
    Sim.
    Não.
    Correto!
    Errado!

    Ainda não.

    A reforma passa a valer a partir do próximo ano, depois da divulgação da Base Nacional Comum Curricular. O Ministério da Educação informou que, depois disso, "os sistemas de ensino deverão estabelecer um cronograma de implantação das principais alterações da lei e iniciar o processo de implementação, conforme o referido cronograma, a partir do segundo ano letivo".

  6. Posso escolher o meu tipo de ensino médio?

    Getty Images
    Sim.
    Não.
    Correto!
    Errado!

    Sim, mas pera lá...

    O senador Pedro Chaves defende esse ponto como o crucial da reforma do ensino: serão cinco tipos de ensino, então o aluno poderá escolher o que quer estudar, desde matemática a um ensino médio mais focado em humanas. O ex-ministro Renato Janine Ribeiro diz que há um problema grave nessa questão. A nova lei determina a criação dos cinco itinerários, mas não torna a oferta obrigatória. "São 5.700 municípios no país e muitos não têm uma boa oferta de ensino médio (regular), imagine se serão capazes de oferecer cinco itinerários. Não é o aluno que vai escolher o curso. Quem vai escolher é a rede, de acordo com a oferta, porque a lei não garante que ele possa escolher", disse ele.

  7. Cada escola terá liberdade para fazer seu currículo?

    Getty Images
    Sim
    Não
    Correto!
    Errado!

    Não.

    Os currículos e os itinerários serão nacionais, com aprovação dos órgãos públicos de educação e os gestores (como as secretarias estaduais de educação e o MEC). Quando se fala que o aluno "poderá escolher" não quer dizer que ele poderá eliminar as matérias de que não gosta. Ele poderá escolher, em tese, qual caminho seguir nesses cinco tipos de ensino médio.

  8. Vou passar mais tempo na escola?

    Getty Images
    Sim
    Não
    Correto!
    Errado!

    Sim.

    A carga horária do ensino médio vai aumentar em cinco anos de 800 para mil horas anuais.

  9. Vou ter aula de sociologia e filosofia?

    Divulgação
    Sim
    Não
    Correto!
    Errado!

    Sim, mas...

    A nova lei diz: "A Base Nacional Comum Curricular referente ao ensino médio incluirá
obrigatoriamente estudos e práticas de educação física, arte, sociologia e
filosofia." Mas, ao tratar como "estudos e práticas", a lei não obriga que Sociologia e Filosofia sejam ministrados como disciplinas. "Poderá ser ensinado como temas transversais", explica Pedro Chaves, o que significa que os assuntos poderiam ser tratados dentro de outras disciplinas. Para o ex-ministro Renato Janine Ribeiro, no entanto, "não ficou claro o que vai acontecer com filosofia e sociologia".

  10. Com o novo ensino médio, o Enem vai acabar?

    Divulgação/Portal Brasil
    Sim
    Não
    Correto!
    Errado!

    Não (por enquanto).

    A nova lei não fala nada sobre o Enem. E o MEC não sinalizou nada sobre isso. Para o Enem deste ano, continua tudo igual.

Este quiz vai te fazer entender a reforma do ensino médio

Ui.

Tente outra vez.

Take quizzes and chill with the BuzzFeed app.
Get the app
Não foi desta vez.

Ficou de recuperação.

Take quizzes and chill with the BuzzFeed app.
Get the app
Que susto.

Passou raspando.

Take quizzes and chill with the BuzzFeed app.
Get the app
Passou!

Sabe tuuudo.

Take quizzes and chill with the BuzzFeed app.
Get the app






Tatiana Farah é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ela pelo email tatiana.farah@buzzfeed.com.

Contact Tatiana Farah at Tatiana.Farah@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.