back to top

Empresa de ex-governador do Ceará foi multada em R$ 6 milhões por construir em área ambiental

Cid Gomes (PDT) é sócio de empreendimento de luxo que estava em construção área de Mata Atlântica, segundo Ibama

publicado

O ex-governador do Ceará Cid Gomes (PDT) foi multado nesta terça-feira (6) em R$ 6,021 milhões por causa de um empreendimento imobiliário que estava sendo construído em uma área de proteção ambiental. A obra, um condomínio de luxo na Serra da Meruoca (a 250 quilômetros de Fortaleza), foi embargada.

O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) informou ao BuzzFeed Brasil que foi até o local, juntamente com o Instituto Chico Mendes (ICMBio) depois de receber uma denúncia de irregularidade.

O empreendimento imobiliário de Cid Gomes fica em uma região que, segundo o Ibama, é uma Área de Proteção Ambiental (APA), mais precisamente dentro de uma Área de Proteção Permanente (APP), em um enclave Mata Atlântica.

O ex-governador afirma que a obra não está irregular e que é vítima de perseguição.

O Ibama informou que suspendeu a obra e multou a empresa de Cid Gomes porque, entre as irregularidades, o empreendimento não dispunha do devido licenciamento ambiental.

Em nota ao BuzzFeed Brasil, o ICMBio confirmou que foi ao local com o Ibama porque recebeu uma denúncia. "Logo, constatado o dano ambiental, foi realizada uma autuação e embargo da área".

Irmão do ex-governador e ex-ministro Ciro Gomes, Cid Gomes governou o Ceará por dois mandatos (2007-2014). Ele teve uma breve passagem pelo Ministério da Educação, no governo Dilma, de janeiro a março de 2015. Ele entregou o cargo de ministro depois de bater boca com parlamentares.

Na discussão, ao ser chamado de mal educado pelo então presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ele disse que preferia ser chamado de mal educado do que ser "acusado de achaque". O ex-governador, no entanto, hoje no PDT, teve seu nome citado na delação da JBS. Ele negou envolvimento.

Em nota, o ex-governador Cid Gomes afirmou que a obra "está regular e com alvará de licença de construção com número 004/2017". Ele considerou a punição "arbitrária e descabida" e afirmou que recorrerá à Justiça.

De acordo com ele, o empreendimento pertence à empresa Condomínio Terra Nova e Comunicações Ltda., da qual ele é sócio com metade das cotas.

"Sobre a diligência na obra, o ex-governador Cid Gomes está sendo vítima de arbitrariedade e clara perseguição política. O superintendente do IBAMA no Ceará, Herbert Lobo, candidato derrotado a vereador de Fortaleza pelo PMDB, foi indicado ao posto pelo deputado federal Moses Rodrigues (PMDB), derrotado na eleição para a prefeitura de Sobral, e pelo senador Eunício Oliveira (PMDB), derrotado na eleição para o governo do Ceará", afirma a nota.











Tatiana Farah é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ela pelo email tatiana.farah@buzzfeed.com.

Contact Tatiana Farah at Tatiana.Farah@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.

Em parceria com