back to top

Em seis meses de governo, Doria perde seu terceiro secretário

Eliseu Gabriel, do Trabalho, vai voltar a ser vereador na Câmara de SP.

publicado

A pouco mais de seis meses de governo, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), perdeu seu quarto secretário. Eliseu Gabriel (PSB) anunciou no sábado (8) que vai deixar a Secretaria do Trabalho e Empreendedorismo para retomar seu mandato de vereador na Câmara.

Oficialmente, ele disse que quer se dedicar ao partido, do qual é presidente na capital. O anúncio pegou o governo Doria de surpresa e, até o início da tarde desta segunda, o prefeito não tinha escolhido um nome para substituir Eliseu Gabriel.

O prefeito já sofreu outras três baixas em seu secretariado: duas secretárias e um secretário-adjunto.

Primeiro, demitiu a vereadora Soninha Francine (PPS) da pasta de Assistência Social e Desenvolvimento Social, em 17 de abril. O prefeito divulgou um vídeo anunciando a demissão com a própria Soninha ao lado. Nas imagens, ela aparece bastante constrangida.

Depois, quem pediu demissão foi a também vereadora Patrícia Bezerra (PSDB), que ocupava a Secretaria de Direitos Humanos. Ela deixou o cargo no dia 24 de maio, logo após a intervenção da prefeitura na cracolândia, da qual discordou publicamente.

Uma semana depois, o secretário-adjunto de Patrícia Bezerra, o advogado Thiago Amparo, pediu demissão. Saiu, como ela, atirando. Publicou sua carta de demissão no Facebook e disse que era "infundada" sua convicção de que São Paulo pudesse ocupar "posição de vanguarda".






Tatiana Farah é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ela pelo email tatiana.farah@buzzfeed.com.

Contact Tatiana Farah at Tatiana.Farah@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.