back to top

Este advogado se declarou negro e foi nomeado analista no TRE-SP

Ele prestou concurso como cotista racial e foi nomeado para analista jurídico. A família dele disse que não é uma foto que define se ele é negro, mas que houve uma avaliação do tribunal.

publicado

De pele clara e cabelos lisos, o advogado Iuri Chianca de Araújo prestou concurso e foi nomeado para um cargo no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, em uma vaga da cota reservada para negros.

Ele prestou concurso como cotista racial e ficou em 4º lugar, segundo o resultado divulgado no mês passado. Agora, foi nomeado para a vaga, de acordo com o Diário Oficial da União de 17 de agosto.

A nomeação gerou uma onda de protestos nas redes sociais, com pessoas mostrando fotos do advogado, como a que ilustra seu perfil no Cadastro Nacional de Advogados, da OAB.

Reprodução/OAB

Faz um ano que Iuri recebeu sua carteira de advogado pela seção da OAB na Paraíba. Ele aparece em uma das fotos da galeria do evento. A imagem foi usada por movimentos de direitos raciais para mostrar que o advogado não se enquadra no perfil de um cotista negro.

Reprodução/OAB PB

O BuzzFeed Brasil entrou em contato com Iuri pelo celular.

Ele atendeu o telefone, mas passou para uma familiar, que afirmou que ele não gostaria de dar entrevista, mas que, para garantir uma posição no concurso de cotistas, ele passou por uma avaliação e que não é a foto que define se ele é afrodescendente.

A familiar, no entanto, não quis confirmar se ele tomará posse do cargo público no dia 1º de setembro, quando movimentos criados nas redes sociais falam em recepcioná-lo no TRE em São Paulo.

O TRE de São Paulo não se manifestou sobre o caso.

Tatiana Farah é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ela pelo email tatiana.farah@buzzfeed.com.

Contact Tatiana Farah at Tatiana.Farah@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.