go to content

Esta mulher se suicidou depois que um vídeo íntimo seu virou meme na Itália

Cenas e trechos foram satirizados nas redes sociais e no YouTube.

publicado

Uma frase do vídeo, "Mi stai facendo il video? Bravo" ("Está fazendo um vídeo? Ótimo"), foi usada com propósitos humorísticos não apenas pelo público, mas também por empresas italianas.

Dois jogadores italianos de futebol, Paolo Cannavaro e Antonio Floro Flores, viralizaram quando entraram na onda do meme.

ilmessaggero.it

A imagem acima é de um vídeo feito pela dupla. No vídeo, eles debocham da frase "bravo", usando uma bebida famosa com o mesmo nome.

Cantone foi encontrada morta por uma tia na última terça-feira (13).

A mulher de 31 anos se demitiu de seu emprego após sofrer assédio on-line. Ela voltou a morar com sua família em Mugnano, nas proximidades de Nápoles. No momento, a polícia de Nápoles está investigando sua morte. Eles estariam considerando processar criminalmente seus assediadores por instigação ao suicídio.

Cantone já havia dado entrada em ações judiciais para que o Google, o Facebook irlandês, o Yahoo italiano e o YouTube removessem vídeos e referências a ela.

De acordo com o jornal "il Fatto Quotidiano", ela havia ganhado a causa contra o Facebook, e os outros três sites já haviam removido todo conteúdo referente a ela. Mas ela também teve seu direito ao esquecimento negado e teve que pagar despesas judiciais. Ela já havia dado entrada em um processo para mudar de nome.

Quando o BuzzFeed News contatou o YouTube para que a empresa se pronunciasse, um porta-voz disse que esse foi um caso triste, mas se recusou a fazer mais comentários.

Desde sua morte, muitas mulheres nas redes sociais se pronunciaram sobre a maneira com que Cantone foi tratada pela mídia.

Leggo adesso del suicidio di Tiziana Cantone: mi fa parecchia impressione tutta la dinamica. Se fosse stato un uomo sarebbe stato un figo

"Li agora sobre o suicídio da Tiziana Cantone: a dinâmica toda me impressionou demais. Se ela fosse um homem, poderia ter sido legal."

Tiziana Cantone. Se si fosse chiamato Tiziano sarebbe vivo. Questa è la verità. Perché l'uomo che scopa non provoca scalpore. Vergogna

"Tiziana Cantone. Se você se chamasse Tiziano, estaria viva. Essa é a verdade. Porque um homem que fode não causa um escândalo. Que vergonha".

La storia di #TizianaCantone è l'esempio di quanto in fondo siamo schiavi del giudizio altrui e mai realmente liberi

"A história da #TizianaCantone é um exemplo de como somos escravas do julgamento dos outros e nunca verdadeiramente livres".

Sites da imprensa italiana, como o jornal "il Fatto Quotidano" têm publicado matérias sobre Cantone desde 2015. O "Il Fatto Quotidano" havia escrito que o vídeo vazado era, na verdade, "marketing" para uma futura carreira da jovem.

ilfattoquotidiano.it

Peter Gomez, o diretor do jornal, se desculpou após a morte de Cantone nesta semana. Gomez escreveu que os repórteres do jornal foram "grosseiramente negligentes" ao lidar com o caso.

Após a morte de Cantone, uma parlamentar italiana propôs a implementação de uma lei punindo o cyberbullying e o vazamento de vídeos íntimos por vingança.

Um projeto de lei foi criado após uma adolescente se matar em 2013, quando um vídeo dela bêbada apareceu no Facebook. A parlamentar Donata Lenzi gostaria que a nova lei fosse dedicada à memória de ambas as vítimas.

Um porta-voz do Facebook disse ao BuzzFeed News: "Estamos tristes por esta tragédia e estamos pensando na família da Tiziana. Apesar dos vídeos em si nunca terem sido publicados em nossa plataforma, bloqueamos acesso ao conteúdo notificado a nós pelas autoridades italianas com relação a este caso".

O BuzzFeed News entrou em contato com o Paddy Power e o Google para que comentassem o caso, sem resposta.

Rachael Krishna is a reporter for BuzzFeed News and is based in London.

Contact Rachael Krishna at rachael.krishna@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.