back to top

Carrie Fisher morre aos 60 anos

Ícone pop que interpretou a Princesa Leia, em Star Wars, sofreu uma parada cardíaca na semana passada, durante voo entre Los Angeles e Londres. Morte foi confirmada por porta-voz da família.

publicado

A atriz Carrie Fisher, cujo talento foi alçado à idolatria da ficção científica pelo papel de Princesa Leia em Star Wars, morreu aos 60 anos.

O porta-voz da família, Simon Halls, confirmou ao BuzzFeed News que a atriz morreu nesta terça-feira (27).

"É com profunda tristeza que [o filho] Billie Lourd confirma que sua amada mãe, Carrie Fisher, faleceu às 8h55 desta manhã", disse Halls em nota. "Ela era amada por todo o mundo e sua ausência será sentida profundamente."

Fisher sofreu uma parada cardíaca em um voo entre Los Angeles e Londres no último dia 23.

A atriz foi reverenciada por sua atuação como Princesa Leia Organa, no clássico "Star Wars", de 1977. Fisher interpreta uma general inteligente e diplomática, que, apesar da realeza, atira armas de fogo e controla robôs com destreza.

Com seu famoso penteado, Leia aparece pela primeira vez no filme pedindo ajuda ao jedi Obi-Wan Kenobi — mas a personagem está longe de ser mera donzela em perigo, e rapidamente se prova uma guerreira rebelde e símbolo do poder feminino.

Além de participar das duas sequências, Fisher também apareceu em outros filmes, de "The Blues Brothers" (1980) a "Harry e Sally" (1989). No ano passado, reviveu a Princesa Leia Organa pela última vez, em "Star Wars: O Despertar da Força".

Durante sua vida, Fisher teve problemas com o vício em drogas e álcool, tema que ela abordou na peça humorística "Wishful Drinking" (algo como "porre positivo", um trocadilho com a expressão "pensamento positivo"), em 2006, que depois ela adaptou como livro.

"Felicidade é uma das coisas que eu provavelmente vou sentir no decorrer de um dia e certamente no decorrer de uma vida", ela escreveu. "Mas eu acho que se você tem a expectativa de que será feliz durante toda a sua vida — mais especificamente, se você tem a necessidade de se sentir confortável o tempo todo —, bem, entre outras coisas, você tem a expectativa de um clássico alcoólatra ou viciado em drogas."

A visão humanista, cômica e autocrítica de Carrie Fisher em relação a suas batalhas internas ajudou a pavimentar a percepção de que ela é um ícone pop que aproveitou sua projeção para se tornar uma defensora de tratamentos de saúde mental.

Em novembro, a atriz lançou uma autobiografia, "The Princess Diarist", livro de memórias baseado nos diários que manteve durante os anos 1970 e, portanto, enquanto gravava o primeiro Star Wars. Na obra, Fisher revela que durante as gravações manteve um relacionamento amoroso com outra estrela do filme, Harrison Ford — que interpreta Han Solo —, casado à época.

Carrie Frances Fisher nasceu em 21 de outubro de 1956 em Beverly Hills, na Califórnia, em uma família iluminada pelos holofotes dos palcos — seu pai era o cantor Eddie Fisher e sua mãe é a atriz Debbie Reynolds. Os irmãos de Carrie também são atores: Todd Fisher, Joely Fisher e Tricia Leigh Fisher.

Este post foi traduzido do inglês.

Dominic Holden is a political reporter for BuzzFeed News and is based in New York.

Contact Dominic Holden at dominic.holden@buzzfeed.com.

Talal Ansari is a reporter for BuzzFeed News and is based in New York. His secure PGP fingerprint is 4FEE 894C 8088 7E08 E170 A515 2801 7CC6 95D3 11C2

Contact Talal Ansari at talal.ansari@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.