• newsbr badge

Facebook diz que dados de 443 mil brasileiros podem ter sido vazados

No mundo todo, o número total de usuários que tiveram informações compartilhadas de forma indevida com a Cambridge Analytica pode chegar a 87 milhões.

O Facebook divulgou que mais de 443 mil brasileiros podem ter tido seus dados na rede social vazados no escândalo envolvendo a Cambridge Analytica.

A empresa de marketing é acusada de usar ilegalmente dados de usuários do Facebook para uso em campanhas eleitorais, como a de Donaldo Trump nos Estados Unidos e a do Brexit no Reino Unido, ambas em 2016.

Segundo o Facebook, o número total de usuários que tiveram informações compartilhadas de forma indevida com a Cambridge Analytica pode chegar a 87 milhões — 70,6 milhões (ou 81,6% do total) nos Estados Unidos.

O número de usuários brasileiros pode ter sido de até 443.117 (0,5%), de acordo com o Facebook. Entre os dez países com mais usuários atingidos estão ainda Filipinas, Indonésia, Reino Unido, México, Canadá, Índia, Vietnã e Austrália.

Facebook

O Facebook anunciou também que, a partir de segunda-feira (9), vai disponibilizar um link no topo do Feed de Notícias para que as pessoas possam ver quais apps estão usando e que tipo de informação compartilham com cada um desses apps.

Esse processo também vai permitir, segundo o Facebook, que os usuários confiram se tiveram dados indevidamente compartilhados com a Cambridge Analytica.

A empresa de marketing britânica se tornou conhecida pelo uso da análise de personalidade de consumidores ou eleitores em suas campanhas. A suspeita é que ela tenha usado dados obtidos ilegalmente do Facebook para a campanha de Donald Trump à Presidência dos Estados Unidos, por exemplo.

No Brasil, a empresa tinha uma parceria desde o ano passado com a consultoria CA Ponte — que, depois que o escândalo foi revelado, anunciou o rompimento do acordo e negou ter conhecimento de qualquer ilegalidade praticada pela Cambridge Analytica.

Veja mais:

Marqueteiro brasileiro suspende parceria com Cambridge Analytica após escândalo

Contact Mauro Albano at mauro.albano@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here

Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.