• newsbr badge

No dia em que Bolsonaro reclamava de turistas gays e da propaganda do BB, as contas do país tomaram um baque de R$ 50 bi

Enquanto o presidente da República manifestava sua preocupação com esses assuntos, STF tomou decisão que pode custar R$ 49,7 bilhões em 5 anos.

by ,

Nesta quinta-feira (25), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) começou o dia se metendo em uma nova polêmica: desta vez, reclamando dos turistas gays que vêm ao Brasil.

Mauro Pimentel / AFP / Getty Images

“O Brasil não pode ser o país do turismo gay. Quem quiser vir aqui fazer sexo com mulher, fique à vontade. Agora, [o Brasil] não pode ficar conhecido como paraíso do mundo gay”, disse Bolsonaro em café da manhã com jornalistas.

À tarde, veio a público que Bolsonaro havia mandado tirar do ar uma propaganda do Banco do Brasil focada em diversidade, com brancos, negros e transexuais.

Reprodução

Bolsonaro foi atendido também em outro pedido: a demissão do diretor de marketing do BB, Delano Valentim.

Veja aqui a propaganda:

Veja este vídeo no YouTube

youtube.com

Enquanto Bolsonaro manifestava uma preocupação pouco comum para um presidente da República com esses assuntos, o STF (Supremo Tribunal Federal) ampliou os incentivos fiscais da Zona Franca de Manaus — o que deve custar ao país R$ 49,7 bilhões em 5 anos, estima a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional.

Rosinei Coutinho/SCO/STF

Pela decisão do plenário da Corte, empresas que compram insumos da Zona Franca isentos de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) passam a ter o direito de contabilizar o valor do imposto como crédito tributário, como se o IPI tivesse sido pago.

Só que ninguém sabe de onde esse dinheiro vai sair.

Sergio Lima / AFP / Getty Images

O mais provável é que haja cortes. Vinicius Torres Freire, na Folha, comenta que para compensar o valor concedido em incentivos fiscais seria preciso cortar todo o investimento federal em obras viárias como rodovias (que foi de R$ 10 bilhões em 2018) ou reduzir o Bolsa Família pela metade.

Reprodução/Folha

"Há mais. Em tese, as empresas que mais se beneficiam da medida são aquelas com cadeias de produção mais complexa e têm a capacidade e a organização de manter fornecedores distantes. Parece a descrição de uma empresa grande ou já bem estabelecida na praça, certo?", escreve o colunista.

Contact Mauro Albano at mauro.albano@buzzfeed.com.

Graciliano Rocha é Editor de Notícias do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ele pelo email graciliano.rocha@buzzfeed.com.

Contact Graciliano Rocha at graciliano.rocha@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here

Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.