back to top

Reportagem sobre gênero e crianças gera campanha contra a Globo

Hashtag #GloboLixo se tornou a mais citada no Twitter nesta segunda (9) depois que o Fantástico exibiu reportagem sobre gênero e crianças. Grupos como o MBL pediram boicote também a empresas que anunciam na emissora.

publicado

Uma reportagem que o Fantástico veiculou no domingo (8), sobre pais que criam seus filhos sem distinguir brincadeiras a partir do gênero, causou ataques à emissora nas redes sociais.

Escola do Rio elimina distinção entre brinquedos de menina ou de menino: https://t.co/qP9OzUFOjz

A reportagem, com 5 minutos de duração, mostra exemplos de pais e escolas que aboliram distinções no comportamento esperado de meninos e meninas. Também há cenas do documentário "Repense o Elogio", da diretora Estela Renner.

Algumas pessoas passaram a atacar a Globo, dizendo que a emissora atua para destruir "a família brasileira".

@showdavida DEIXEM AS CRIANÇAS EM PAZ!!!!!

Se você não suporta as aberrações da Globo e suas campanhas perversas contra a Família Brasileira, use #GloboLixo em todos os seus Tweets !

Na manhã desta segunda (9), a hashtag #GloboLixo já estava entre os trending topics do Twitter. Usuários com muitos seguidores — como o pastor Silas Malafaia, seguido por 1,35 milhão de pessoas no Twitter — ajudaram a bombar o tópico.

#Globolixo no primeiro lugar do Trending Topics do twitter. A revolta da sociedade contra esse sistema devasso.

Enquanto isso, no Facebook, o MBL (Movimento Brasil Livre) passou a tarde inteira falando da Globo. Durante a segunda-feira, apenas um post na página não se referia à emissora.

Dentre os posts, o MBL pediu boicote a empresas que anunciaram no Fantástico e atacou especialistas que deram entrevista ao programa, por causa de suas posições políticas.

Políticos de esquerda — historicamente crítica à Rede Globo — aproveitaram para apontar o que consideraram oportunismo.

Na época do impeachment a #GloboLixo não era tão lixo, né MBL? #oportunistas #MovimentoFake

Muita gente ironizou a ideia de uma "Globo comunista".

No país da Globo comunista, o JN vai começar tocando a internacional #GloboLixo

Alguém leva os direitopatas pra escola. Após o nazismo de esquerda vem a nova piada: Globo comunista. Essa gente não tem cérebro #GloboLixo

No fim da tarde, #GloboLixo se tornou o assunto mais comentado no Twitter brasileiro. Procurada pelo BuzzFeed News, a Globo não quis comentar.


Alexandre Aragão é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ele pelo email alexandre.aragao@buzzfeed.com

Contact Alexandre Aragão at alexandre.aragao@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.