back to top

"Marielle Franco, sua voz ecoará em nós": as homenagens à vereadora assassinada no Rio

"Marielle tinha muita vida pela frente. Vai fazer muita falta. Falta para família, amigos, para a política do Rio de Janeiro."

publicado

O assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) na noite de quarta (14), no centro do Rio de Janeiro, despertou revolta e homenagens à ativista e líder comunitária da favela da Maré.

A cantora Elza Soares, ícone da luta das mulheres negras, se disse "horrorizada" com o crime. "Mulher, negra, lésbica, ativista, defensora dos direitos humanos. Marielle Franco, sua voz ecoará em nós", escreveu a artista.

Das poucas vezes que me falta a voz. Chocada. Horrorizada. Toda morte me mata um pouco. Dessa forma me mata mais. Mulher, negra, lésbica, ativista, defensora dos direitos humanos. Marielle Franco, sua voz ecoará em nós. Gritemos.

Reprodução

"Marielle Franco foi executada no Rio enquanto milhares de brasileiros sonham com a igualdade, segurança e empatia", disse a cantora e ativista Karol Conka.

A vereadora Marielle Franco foi executada no Rio enquanto milhares de brasileiros sonham com a igualdade, segurança e empatia. Que sua alma encontre a luz e que a força cresça dentro de cada um de nós pois, vivemos num mundo adoecido e não será fácil concluir nossas missões!

Reprodução

Pré-candidato à Presidência pelo PSOL, mesmo partido de Marielle, o líder do MTST Guilherme Boulos disse: "Lutaremos por justiça até o fim. Marielle, honraremos sua caminhada!".

Difícil acreditar que a execução a sangue frio de Marielle e do motorista Anderson Gomes seja mera coincidência após as denúncias que ela vinha fazendo sobre a violência policial no Rio. Lutaremos por justiça até o fim. Marielle, honraremos sua caminhada!

Reprodução

A ativista Ana Paula Lisboa, que participou do debate em que Marielle estava antes de ser morta, publicou uma homenagem.

"Reverenciamos a noite inteira as mulheres pretas que vieram antes de nós", disse. "Que privilégio foi ter passado a noite com essa mulher e dizer a ela o quanto ela era bonita e importante."

A jornalista Cecília Olliveira, responsável pelo aplicativo Fogo Cruzado — que monitora tiroteios no Rio de Janeiro —, também publicou uma homenagem.

"Esta é a terceira vez que eu notifico um tiro no Fogo Cruzado App e ele atinge uma pessoa que eu conheço", escreveu.

"Marielle tinha muita vida pela frente. Vai fazer muita falta. Falta para família, amigos, para a política do Rio de Janeiro."

No Instagram, a MC Carol publicou um texto emocionado sobre Marielle. "Hoje eu tenho certeza de que nada te proteje independente de quem você seja, se você for negro e lutar pelos negros, você sempre acaba EXECUTADO!", escreveu.

Leia a íntegra:

Estou buscando palavras, pq eu só sinto ódio, só sinto raiva e mt medo, realmente, eu nao sei o que falar, mas do que nunca eu estou me sentindo oprimida e fraca, eu tinha tantos planos esse ano... e agr eu só tenho lagrimas e pavor.

Marielle e Taliria me encorajaram, a lutar, a ser mais forte, elas estiveram na minha casa, onde conversamos por horas, sobre meus medos, minhas dúvidas etc.. eu estava tao segura, tao esperançosa dps de conversar com elas, hoje eu só sinto medo, eu sempre senti na verdade, por ser negra, por morar no morro, por andar a noite na rua, por ser mulher, por cantar funk principalmente "Delação premiada", mas alguma coisa me dava força e esperança la no fundo, algo me dizia que eu tinha que fazer, que eu tinha que gritar e falar msm, que eu podia, mas hoje eu tenho certeza que nada te proteje independente de quem voce seja, se voce for negro e lutar pelos negros, vc sempre acaba EXECUTADO!!!

Poucas horas após o crime, a atriz Regiane Alves criticou as pessoas que faziam comentários impróprios: "Precisamos de mais amor e respeito pelo próximo. Desejo justiça para que a luta dela não tenha sido em vão", escreveu.

Chocada com a morte da Marielle Franco, quanta crueldade. Além da tristeza do fato, é lamentável ver pessoas comemorando a morte dela por divergências políticas. Precisamos de mais amor e respeito pelo próximo. Desejo justiça para que a luta dela não tenha sido em vão! 🙏🏻

Reprodução



Alexandre Aragão é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ele pelo email alexandre.aragao@buzzfeed.com

Contact Alexandre Aragão at alexandre.aragao@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.