back to top

Esta bióloga transformou sua tese de doutorado numa mistura de "C.S.I." e videoclipe

Natália Oliveira, 28, desenvolveu na UFPE um biossensor capaz de detectar fluidos humanos em cenas de crime.

publicado

Essa moça dançando no gif abaixo é a doutora em biologia Natália Oliveira, 28, que acabou de apresentar sua tese na Universidade Federal de Pernambuco.

Ela se interessou por genética forense assim que começou a estudar biologia. Sua tese está relacionada à área: "Eu desenvolvi um biossensor capaz de identificar fluidos, como sangue e sêmen, mesmo que a cena do crime tenha sido lavada", conta Natália, em entrevista ao BuzzFeed News.

O biossensor é esta fitinha azul que ela mostra no gif abaixo:

Publicidade

Mas, afinal, por que Natália está dançando? 🤔

Ela faz parte do grupo Vogue 4 Recife, especializado em "voguing" — tipo de dança que ficou famoso nos anos 1980. Natália e seus amigos transformaram sua tese de doutorado numa mistura de "C.S.I." e videoclipe.

A história começa com uma briga de rua/batalha de dança, que acaba com uma pessoa assassinada (de mentirinha, é claro).

A ideia surgiu porque todo ano a revista Science — uma das publicações científicas mais relevantes do mundo — promove o concurso "Dance Your PhD" ("dance sua tese", em inglês).

"Um professor do laboratório me contou da competição e eu fiquei animada", ela diz. Foi aí que juntou o útil ao agradável: "Planejamos o roteiro e um amigo cineasta ajudou a gravar".

No fim do clipe, o biossensor de Natália ajuda a desvendar o crime, e a polícia de faz-de-conta prende o assassino dançante.

Natália e o Vogue 4 Recife estão entre os finalistas do prêmio da Science — você pode votar neste link.

Assista ao clipe completo abaixo (com músicas cedidas pelos artistas GA31 e Eu e a Duplicata).


Alexandre Aragão é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ele pelo email alexandre.aragao@buzzfeed.com

Contact Alexandre Aragão at alexandre.aragao@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.