back to top

É assim que vai funcionar a cota racial e para alunos de escola pública na medicina da USP

Das 175 vagas, 50 serão preenchidas por meio do Enem. É a 1ª vez que o curso, um dos mais concorridos do país, adere ao programa.

publicado

Pela 1ª vez, o curso de medicina da Universidade de São Paulo, um dos mais disputados no país, reservará vagas para alunos que estudaram na rede pública e para minorias, pelo Enem.

A decisão foi tomada na sexta (30) e confirmada no sábado.

A mudança passa a valer já no vestibular deste ano. Das 175 vagas para medicina, 50 terão seus candidatos selecionados por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificada), que leva em conta a nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

Das 50 vagas:

  • 25 serão reservadas para alunos da rede pública de ensino;
  • 15 para estudantes que se declararem pretos, pardos ou indígenas;
  • 10 serão preenchidas pela seleção geral do Sisu.

A decisão, tomada pelo conselho deliberativo da Faculdade de Medicina, deve ser referendada pelo Conselho Universitário da USP. O colegiado vai se reunir nesta terça (4) para discutir a divisão das vagas no vestibular deste ano, quando irá discutir a mudança.

Neste ano, 37% dos estudantes aprovados na USP vieram de escola pública — a meta é que, até 2021, metade dos ingressantes venham da rede pública.

Em 2015, a universidade aderiu ao Sisu e delegou a cada uma de seus cursos a escolha de fazer (ou não) a seleção de seus candidatos por meio do sistema. No primeiro ano, 85 dos 143 cursos oferecidos aderiu, ao menos parcialmente.

No ano seguinte, a adesão de cursos da USP ao Sisu aumentou — e, consequentemente, o número de vagas destinadas a cotas.

Mesmo assim, o percentual ainda é bem menor do que em universidade federais, por exemplo: das 11.072 vagas oferecidas, 2.338 (21,1%) foram dedicadas ao Sisu, sendo que 1.155 (10,4%) eram reservadas a alunos de escola pública e 586 (5,3%) a pretos, pardos e indígenas.

Alexandre Aragão é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ele pelo email alexandre.aragao@buzzfeed.com

Contact Alexandre Aragão at alexandre.aragao@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.