back to top

Alckmin rebatiza Fatec para agradar deputado filho de R. R. Soares

Deputado André Soares (DEM) queria rebatizar uma estação do Metrô em homenagem a pastor, mas governador vetou e deu nome de religioso à Fatec. Governo diz que outras Fatecs homenageiam religiosos, como d. Paulo Evaristo Arns.

publicado

O governador paulista, Geraldo Alckmin (PSDB), editou um decreto que rebatiza a Fatec Ipiranga em homenagem ao pastor batista Enéas Tognini, morto em 2015.

O decreto atende parcialmente ao pedido de um aliado, o deputado André Soares (DEM), filho do missionário R. R. Soares. Ele é autor de um projeto de lei que buscava renomear a estação Vila Mariana do Metrô em homenagem a Tognini.

O projeto foi aprovado na Assembleia de São Paulo em dezembro, mas acabou vetado por Alckmin na quinta (29).

No dia seguinte, o governador editou o decreto da Fatec.

Publicidade

A informação foi publicada no Twitter, pelo @nadanovonofront.

Ao menos parte dos alunos da Fatec Ipiranga é contra a mudança. O diretório acadêmico fez um abaixo-assinado pedindo que o governador anule o decreto.

No texto, eles argumentam que o pastor Enéas Tognini, "além de ter apoiado a ditadura militar, nada fez em prol da educação (...) e muito menos pela própria faculdade e alunos".

Questionado pelo BuzzFeed Brasil, o governo paulista afirmou por meio de nota que "a escolha de nomes para edifícios públicos é, legalmente, uma prerrogativa do governador".

O governo disse ainda que a homenagem não é inédita, e que outras nove Fatecs e Etecs têm nomes de religiosos. O texto menciona que, nesta quinta (4), Alckmin editou um decreto rebatizando uma Fatec em homenagem a Dom Paulo Evaristo Arns, arcebispo-emérito de São Paulo morto em dezembro.

A nota do governo afirma também que "a direção do Centro Paula Souza, que mantém as Fatecs, foi consultada a respeito e deu aval à decisão". Leia a íntegra abaixo:

A escolha de nomes para edifícios e equipamentos públicos é, legalmente, uma prerrogativa do governador do Estado, corroborada por acórdão do Tribunal de Justiça publicado em 29 de junho de 2016. Mesmo assim, a direção do Centro Paula Souza, que mantém as Fatecs, foi consultada a respeito e deu aval à decisão, uma vez que o pastor Enéas Tognini desenvolveu, ao longo da vida, diversas atividades docentes, tendo sido professor e orientador educacional. Lecionou sociologia, filosofia e teologia em instituições de ensino médio e superior. A escolha dos nomes também leva em conta a importância dos homenageados, seja em âmbito regional ou nacional. Além de educador, Tognini foi um importante líder cristão protestante brasileiro no século 20. A homenagem não é inédita. Atualmente outras oito Fatecs e Etecs no Estado têm nomes de religiosos. E haverá uma décima. Nesta quinta-feira, o Diário Oficial do Estado publicará um decreto que dá o nome de D. Paulo Evaristo Arns à Fatec do Jardim São Luiz, na zona sul.

Procurado pelo BuzzFeed Brasil, o deputado estadual André Soares (DEM) enviou uma nota por meio de sua assessoria.

"Ao longo de sua trajetória, Enéas Tognini conquistou respeito não apenas como líder espiritual, mas também como professor, orientador educacional e escritor", diz o texto. Leia a íntegra:

A assessoria de imprensa do deputado André Soares informa que as discussões sobre a homenagem comprovam o ambiente democrático em que vivemos, onde o cidadão pode livremente exercer sua opinião às mais diversas questões. No entanto, é importante mencionar que, ao longo de sua trajetória, Enéas Tognini conquistou respeito não apenas como líder espiritual, mas também como professor, orientador educacional e escritor. Além disso, desenvolveu um notável trabalho no campo da assistência social, que segue firme com o instituto que leva seu nome, adjetivos que acreditamos tenha levado o governador a conceder tal homenagem.

Veja também:

Antes do massacre de Manaus, guerra entre facções começou com onda de 22 mortes no Norte

Juiz que negociou fim de rebelião em Manaus relata ameaças de morte

Alexandre Aragão é Repórter do BuzzFeed e trabalha em São Paulo. Entre em contato com ele pelo email alexandre.aragao@buzzfeed.com

Contact Alexandre Aragão at alexandre.aragao@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.