go to content

Para conter Rodrigo Maia, centrão volta a ameaçar reforma da previdência

Ação tenta reduzir influência do governo de Michel Temer na disputa pela presidência da Câmara.

publicado

Para tentar conter o crescimento de Rodrigo Maia (DEM-RJ), que hoje conta com o apoio do governo e é o favorito na disputa pela presidência da Câmara, deputados do chamado ‘centrão' voltaram a ameaçar a reforma da previdência.

Apesar de Michel Temer ter feito questão de negar pessoalmente a Jovair Arantes (PTB-GO) e Rogério Rosso (PSD-DF), que disputam com Maia a cadeira, qualquer tipo de apoio do governo, os dois candidatos e seus apoiadores sabem que o Palácio do Planalto é favorável a reeleição do atual presidente da Câmara.

Não raro, parlamentares que entram em contato com ministros de Temer recebem um aval para apoiar Maia.

Na tentativa de coibir parte do movimento dos ministros, o ‘centrão' tem enviado recados ao governo: se a situação de apoio for mantida e Maia vencer a disputa, a reforma da previdência será ameaçada.

Devido à ação do centrão, o chefe da Casa Civil, ministro Eliseu Padilha, tem feito questão de dizer que o governo não irá apoiar ninguém. Por outro lado, os deputados que apoiam Jovair ou Rosso lembram que Maia é casado com uma enteada do secretário especial Moreira Franco, que junto de Padilha são os homens fortes de Temer no Palácio do Planalto.

Campanhas

A partir da semana que vem as campanhas pela presidência da Câmara serão intensificadas, com o lançamento oficial da candidatura de Jovair Arantes, que contratou marqueteiros para lhe ajudar na empreitada.

Eles tentarão recuperar votos em partidos do centrão, como o PR, PP e o próprio PSD de Rosso, que hoje estão em maioria com Maia.

A favor do presidente da Câmara contam ainda a maioria de integrantes de partidos com o PCdoB e do PT, além do PMDB e PSDB, o que, hoje, lhe daria a vitória em primeiro turno.

Severino Motta é repórter do BuzzFeed News, em Brasília

Contact Severino Motta at severino.motta@BuzzFeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.