back to top

Ministros Padilha e Moreira vão a evento do PMDB na hora do expediente

Os dois principais auxiliares de Michel Temer aproveitaram parte da manhã desta quarta para cuidar do próprio partido.

publicado

Os dois principais ministros de Michel Temer trocaram parte da manhã de trabalho no Palácio do Planalto por um evento de seu próprio partido, o PMDB.

Moreira Franco, ministro da Secretaria Geral da Presidência, e Eliseu Padilha, ministro-chefe da Casa Civil, participaram nesta quarta das comemorações de um ano do lançamento dos documentos “Uma Ponte para o Futuro” e “A Travessia Social”.

Os documentos, que apontavam para os rumos reformistas do governo Temer, foram elaborados pela fundação Ulysses Guimarães, que pertence ao PMDB e tem Moreira como presidente e Padilha como ex-dirigente.

O evento de celebração aconteceu no salão de um hotel de Brasília e segundo dois parlamentares presentes, os ministros discursaram e permaneceram no local por cerca de duas horas.

Na semana passada, Moreira Franco trocou a secretaria do Programa de Parcerias de Investimentos pelo cargo de ministro – e ganhou foro privilegiado. O governo nega que o movimento tenha a ver com a citação do auxiliar por delatores da Odebrecht e da OAS.

Padilha também foi mencionado como destinatário de R$ 4 milhões que seriam parte de uma doação não declarada de R$ 10 milhões acertada entre Michel Temer e Marcelo Odebrecht. O presidente e o ministro negaram o recebimento de recursos ilegais.

Procurada, a assessoria de Padilha disse que o ministro passou rapidamente pelo evento e que ficou somente cerca de 30 minutos no local. Destacou ainda que “A Ponte” e “A Travessia” fazem parte do programa de governo que está sendo implementado no país.

A assessoria de Moreira, por sua vez, não atendeu as ligações do BuzzFeed Brasil, que acrescentará o posicionamento do ministro tão logo consiga contato.

Severino Motta é repórter do BuzzFeed News, em Brasília

Contact Severino Motta at .

Got a confidential tip? Submit it here.

Em parceria com