back to top

E a Assembleia do Rio decidiu tirar da cadeia deputados do PMDB suspeitos de corrupção

Além de Jorge Picciani, presidente da Casa, também serão beneficiados Paulo Melo e Edson Albertassi, todos dos PMDB. Eles foram presos ontem na operação Cadeia Velha.

publicado

Por 30 votos a 19, a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro derrubou a ordem de prisão que levou o presidente da Casa, Jorge Picciani, para a cadeia.

Além dele, também serão beneficiados os deputados Edson Albertassi e Paulo Melo, todos do PMDB.

Os três foram presos no fim da tarde desta quinta-feria após a Justiça Federal do Rio de Janeiro acatar um pedido do Ministério Público.

Os três são investigados na operação Cadeia Velha e suspeitos de comandar um esquema de corrupção, tendo recebido propinas milionárias da Federação dos Transportes do Rio para beneficiar empresas de ônibus.

Com a decisão da Assembleia, os três devem deixar a prisão e retomar os seus mandatos.

A votação aconteceu com base numa decisão do STF. Ao analisar medidas cautelares contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), os ministros entenderam que sanções que interferem no mandato de parlamentares devem ser enviadas para o referendo das Casas legislativas.

Severino Motta é repórter do BuzzFeed News, em Brasília

Contact Severino Motta at .

Got a confidential tip? Submit it here.

Em parceria com