back to top

Com depoimento de Marcelo Odebrecht, está aberto o caminho para homologar a megadelação

Com a audiência do ex-presidente do grupo, nesta manhã em Curitiba, foram concluídas as audiências com os 77 delatores da maior empreiteira do país.

publicado

Com a audiência de Marcelo Odebrecht, realizada nesta manhã em Curitiba, foram concluídas as audiências com os 77 delatores da maior empreiteira do país.

Rodolfo Buhrer / Reuters

As audiências eram necessárias para que os delatores revisassem as cláusulas de seus acordos de colaboração e, principalmente, dissessem que não foram coagidos para revelar e admitir crimes.


Finda esta etapa, cabe agora ao Supremo Tribunal Federal homologar as delações. Na prática, validar os acordos que dão benefícios aos réus e viabilizar que os depoimentos sobre os crimes possam ser usados em processos judiciais.

O problema é que, devido à morte de Teori Zavascki, a Lava Jato está sem relator.

Com isso, a presidente do STF terá de promover um sorteio e redistribuir o processo ou se valer da sua condição de plantonista durante o recesso do Judiciário e ela mesmo homologar as delações.


Esta segunda possibilidade, no entanto, causa temor ao mundo político. Isso porque, em casos anteriores, as delações sempre vieram a público (vazaram) após as homologações.


E, neste momento, tudo o que Michel Temer e seus principais ministros não querem é que suas ligações com a Odebrecht venham à tona.

Severino Motta é repórter do BuzzFeed News, em Brasília

Contact Severino Motta at severino.motta@BuzzFeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.