back to top

9 mulheres compartilham conselhos práticos para lidar com dinheiro

"Seu orçamento deve ser um reflexo de quem você é e do que valoriza."

publicado

Perguntamos às mulheres do BuzzFeed Community quais eram seus melhores conselhos para lidar com dinheiro e cuidar das finanças pessoais.

Charlotte Gomez / BuzzFeed

Pedimos dicas a mulheres, especificamente, pois sabemos que ainda existe uma grande desigualdade de salários e a chamada"taxa rosa" para muito produtos voltados ao público feminino.

Abaixo, algumas das dicas que recebemos:

1. Descubra quanto dinheiro você precisa para sobreviver.

"Eu sempre usava o cartão de crédito para fazer o meu dinheiro durar mais. Ainda estava sob controle, digamos, pois eu não cheguei a dever, mas eu estava sempre usando minhas economias quando chegava o dia de pagamento do cartão. Eu decidi descobrir quanto dinheiro eu realmente precisava para cobrir os custos essenciais mínimos da minha vida. Para mim, a quantia foi de 1000 dólares. Essa quantia cobriria o meu aluguel, contas e compras de mercado. Quando estabeleci esse limite para mim mesma, mantive minha conta corrente o mais próximo desse valor possível. Cada vez que eu passava desse valor, eu parava de gastar, e cada vez que eu tinha mais do que esse valor, eu transferia o dinheiro extra para a minha poupança." —Keren Duff, via email

2. Tenha consciência de que seu orçamento será diferente a cada mês.

"Passei por uma má fase financeira no começo deste ano. Meu marido perdeu o emprego, as contas começaram a se acumular e foi difícil pagar o refinanciamento da hipoteca. As pessoas falam de viver apenas do seu salário, mas nem isso conseguíamos fazer. Eu dizia às pessoas que as pagaria na próxima sexta-feira. E quando eu recebia na sexta-feira, eu já estava dura de novo na segunda. Eu me senti vencida.

Foi nessa época que me lembrei que um amigo tinha me recomendado o plano financeiro de Dave Ramsey. Me inscrevi para um curso de nove semanas e aprendi muito, incluindo a ideia de que todo mês você precisa de um orçamento diferente. Agora, no começo de cada mês, eu e meu marido reservamos um tempo para falar de despesas futuras. Alguns meses, temos aniversários e casamentos, e esse é o momento em que anotamos isso e nos planejamos com antecedência. Então estipulamos um valor para cada categoria em nossas vidas (mercado, combustível, lazer, melhorias na casa etc.) e não ultrapassamos esse orçamento — é um contrato que nós dois respeitamos. —Julie Mundt, via email

3. Seja completamente sincero(a) com você mesmo(a) ao criar um orçamento.

"Planeje um orçamento para as coisas que importam para você. Eu tenho um orçamento para presentes e também um orçamento para comida porque essas são as duas coisas nas quais gosto de gastar dinheiro. No entanto, quase não tenho um orçamento para lazer ou maquiagem porque não é uma prioridade para mim. Seu orçamento deve ser um reflexo de quem você é e do que valoriza." —Eliza Roemisch, via email

Publicidade

4. Esqueça o orçamento mensal e trabalhe com quanto você pode gastar por dia.

"Depois de não dar sorte com os orçamentos mensais (como eu posso saber quantas vezes em um mês meus amigos vão querer sair para beber?), decidi tentar algo novo e fazer um orçamento diário. Eu peguei o total do meu salário líquido, subtraí meus gastos que não mudam — aluguel, telefone, internet, seguro, empréstimos — e dividi o restante pelo número de dias no mês. Eu acompanho meus gastos diários no meu celular e, se passo do orçamento em um dia, tento estar abaixo no próximo, ou se tenho planos no final de semana, tento ter poucos gastos nos dias da semana." —Melissa Bouffard, via email

5. Observe o tipo de despesa para qual você diz "não" e para o que diz "sim", em vez de ficar dizendo a si mesmo(a) que não pode comprar nada.

"Quando eu digo às pessoas que não posso pagar por algo, não quer dizer que eu não tenha dinheiro, mas, sim, que não tenho dinheiro para aquela coisa em específico. Saber para o que digo "sim" ou "não" me permitiu tomar decisões informadas ao gastar dinheiro. É um plano para o meu dinheiro, mas um plano que é flexível e muda comigo." —Isabelle Collins, via email

Publicidade

6. Faça uma lista de compras antes de sair de casa ou de começar a navegar na internet.

"Eu faço listas antes de sair para as compras. Parece fácil, mas significa que eu vou apenas comprar o que eu preciso e não vou comprar outras coisas espontaneamente. Eu também parei de olhar as vitrines "só por diversão" porque, spoiler, se você acaba não comprando nada, não é tão divertido assim. —Maxerica

7. Escreva uma lista de coisas que você quer comprar e só as compre de fato depois de ter esperado alguns dias.

"Eu estou no ensino médio, então embora minhas economias não sejam tão necessárias como para aqueles vivendo independentemente, ainda é legal ter um pouco de dinheiro para pagar pelas coisas que eu quero. Eu tenho um trabalho, mas percebi que, logo após de receber o meu salário, eu gastava tudo. Eu decidi começar uma página na minha agenda em que escrevo tudo o que quis comprar naquele dia. Depois, eu espero três dias. Se eu ainda quiser comprar aquela coisa, eu posso, porque sei que é algo que eu realmente quero. Eu tenho muito mais dinheiro do que costumava ter, e ainda recebo o mesmo no mesmo emprego!" —riyakataria

8. Crie uma "transferência automática" que envie uma pequena quantia de dinheiro da sua conta corrente para sua poupança uma vez por semana.

"Quando eu saí da faculdade, comecei a receber um salário decente, então decidi uma maneira fácil de economizar dinheiro que não precisaria de muito esforço. Eu estabeleci uma transferência automática da minha conta corrente para a minha poupança de 25 dólares toda segunda-feira. Essa era a quantia perfeita para mim porque era o suficiente para se acumular todos os meses, mas pequena o suficiente para que eu nem mesmo notasse durante a semana. Continuei com isso por quatro anos e eu nem penso mais nisso." —Kate Heidemann, via email

Publicidade

9. Guarde todas as notas de cinco que chegarem à sua mão por um ano.

"Minha resolução de ano novo para 2017 foi economizar todas as notas de cinco que chegassem até mim durante o ano. Eu as guardo em um grande pote de vidro para poder ver o meu progresso e não posso usá-las até dezembro. Vai me ajudar a garantir que eu tenha dinheiro guardado o suficiente para comprar os presentes de Natal." —Elizabeth Rae, via email

As respostas foram levemente editadas por questões de tamanho e clareza.

Este post foi traduzido do inglês.

Gyan Yankovich is a Senior Lifestyle Writer for BuzzFeed and is based in New York.

Contact Gyan Yankovich at gyan.yankovich@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.