back to top

Tribunal suspende licitação de R$ 200 mil para ajudar juízes em grupos de corrida

O TRT-5, da Bahia, decidiu pedir autorização do Conselho Superior da Justiça do Trabalho. O contrato previa apoio especial para quem quisesse competir na Olimpíada da Justiça do Trabalho.

publicado

O Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT5-BA) decidiu suspender a a licitação para a contratação de empresa para assessorar juízes e servidores em grupos de corridas.

Como o BuzzFeed mostrou, o contrato tinha custo estimado de R$ 200 mil para assessorar na criação de um grupo de caminhada e corrida para 30 pessoas, com até 70 participantes excedentes. Havia ainda a previsão de assessoria a distância para 50 juízes e servidores que morem no interior da Bahia.

A licitação iria ocorrer no fim do mês. O contrato também exigia assessoria para quem quisesse competir na Olimpíada da Justiça do Trabalho e a organização da "Corrida e Caminhada Ecológica Anual", com o fornecimento de 40 medalhas e 150 camisetas.

O tribunal defende a contratação e vê o valor como investimento, de forma a evitar o afastamento de servidores. Apesar disso, o TRT da Bahia pediu um parecer do Conselho Superior da Justiça do Trabalho, "uma vez que considera o projeto como elemento necessário à promoção de saúde de seu corpo funcional, atendendo à Resolução 207/2015 do Conselho Nacional de Justiça".

"A Coordenadoria de Saúde identificou 513 servidores com doenças crônicas (obesidade, diabetes e hipertensão), além de outros que se autorreferenciaram em condição de estresse, causado por sintomas psicológicos (63%), físico (25%) ou ambos (13%)", diz o tribunal.

Veja também:

Tribunal na Bahia prevê gasto de R$ 200 mil para ajudar juízes em grupos de corrida


Filipe Coutinho é repórter do BuzzFeed News, em Brasília

Contact Filipe Coutinho at filipe.coutinho@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.