back to top

TAM deu R$ 2,6 mi a empresa de fachada, diz Receita

Em relatório anexado à 40a fase da Lava Jato, a Receita afirma que a empresa Ibatiba não tinha capacidade de prestar serviços.

publicado

A companhia área TAM, atualmente com o nome Latam, aparece em relatório da Receita Federal com repasses de R$ 2,6 milhões para uma empresa suspeita de ser de fachada.

Trata-se de um relatório anexado pela Polícia Federal na 40a fase da operação Lava Jato, realizada nesta quinta-feira (4).

A Receita levanta a suspeita de que a empresa Ibatiba era de fachada. Isso porque a movimentação financeira era incompatível.

A TAM aparece com R$ 2,6 milhões, transferidos em julho de 2011. Nesse período, a empresa não tinha funcionários, segundo a Receita.

Ibatiba é uma empresa familiar, cujo dono é José Augusto Ferreira dos Santos. Ele era sócio do banco BVA, instituição que sofreu intervenção do Banco Central em razão de fraudes.

Diz a Receita:

"Todos estes indícios convergem para o fato de esta empresa não ter realizado, efetivamente, qualquer prestação de serviços, sendo mais uma pessoa jurídica de fachada utilizada para o pagamento de vantagens indevidas"

Procurada, a Latam informou apenas que "a empresa irá apurar os fatos."

Veja também:

PF prende ex-gerentes da Petrobras que receberam propina quando Lava Jato já tinha mais de 2 anos

Filipe Coutinho é repórter do BuzzFeed News, em Brasília

Contact Filipe Coutinho at filipe.coutinho@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.