back to top

PF prende ex-governador de MS por suspeita de propina

André Puccinelli (PMDB) foi preso em razão das suspeitas de integrar esquema que desviou R$ 235 milhões.

publicado

A Polícia Federal realiza nesta terça-feira (14) a quinta fase da Operação Lama Asfáltica, que investiga esquema de desvios em Mato Grosso do Sul.

O ex-governador André Puccinelli (PMDB) foi preso preventivamente (quando não há prazo para deixar a prisão). O peemedebista governou o Estado entre 2007 e 2014.

Segundo a PF, “os prejuízos causados pela Organização Criminosa ao erário, levando-se em consideração as fraudes e as propinas pagas a integrantes da Organização Criminosa, passam dos R$ 235 milhões”.

Nesta fase da Lama Asfáltica, chamada Papiros de Lama, “uma das novas formas descobertas da lavagem de capitais era a aquisição, sem justificativa plausível, de obras jurídicas, por parte de empresa concessionária de serviço público e direcionamento dos lucros, por interposta pessoa, a integrante do grupo criminoso”.

No total, 300 policiais, servidores da Controladoria Geral da União e servidores da Receita Federal cumprem 34 mandados, sendo duas prisões preventivas, duas temporárias seis conduções coercitivas e 24 buscas.

Filipe Coutinho é repórter do BuzzFeed News, em Brasília

Contact Filipe Coutinho at filipe.coutinho@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here.

Em parceria com