• newsbr badge
Updated on 8 de mar de 2020. Posted on 6 de mar de 2020

Mulher xinga negra de "macaca sem educação" em shopping no Rio e é presa em flagrante

A agressora tentou se esconder no banheiro por 40 minutos para evitar a prisão, mas acabou presa. "Tira a mão de mim! Tá com raiva porque tu é negro?", ainda gritou para um dos seguranças.

Uma mulher de 33 anos foi presa em flagrante na noite de quinta-feira (5) após xingar uma negra de "macaca sem educação" na saída de um shopping no Rio.

O caso foi testemunhado pela estudante de direito Nathália Hybner, 21, que filmou a agressora, Luciene Braga, sendo retirada do shopping e postou o vídeo no Twitter.

ALERTA RACISMO Racismo no norte shopping, a autora chamou a vítima de macaca DIVERSAS VEZES, gritando, entrou no shop e se escondeu no banheiro, eu como testemunha fui atrás da criminosa e entrei em contato com os seguranças pra conduzi-la até a polícia

Em entrevista ao BuzzFeed News, a vítima, Lígia Moreira, uma consultora de vendas de 41 anos, disse que soltou um "caraca" enquanto conversava por telefone com um parente, em frente ao Norte Shopping, quando começou a ser agredida verbalmente.

"Essa mulher pensou que eu estava falando com ela e começou me xingar. Ela repetia sem parar que eu era macaca, que eu não tinha educação. As pessoas que viram ficaram indignadas e ela foi para o banheiro do shopping", disse Lígia.

Enquanto Lígia procurava ajuda da polícia, Nathália e os seguranças do shopping foram até o banheiro aguardar a saída de Luciane.

"Quando ela saiu do banheiro, comecei a filmar e o registro é o que está no Twitter. Antes, ela já tinha me agredido e nesse vídeo que publiquei dá pra ouvir ela xingando os seguranças, que também eram negros e estavam bem nervosos com a situação", disse Nathália ao BuzzFeed News.

Reprodução / Twitter

A Polícia Militar foi acionada e conduziu os envolvidos à 21ª Delegacia de Polícia do Rio de Janeiro, em Manguinhos.

A mulher que proferiu as ofensas racistas foi presa em flagrante pelo crime de injúria racial e responderá pelo crime em liberdade após o pagamento da fiança. O valor pago não foi informado. Luciane foi identificada no boletim de ocorrência como "pensionista".

"Com certeza eu vou seguir com esse caso. É um absurdo alguém ter que passar por isso nos dias de hoje, ser julgado pela cor da pele, religião, o que for", disse Lígia.

O BuzzFeed News não conseguiu entrar em contato com Luciane ou com seu advogado.

Jornalista no BuzzFeed News

Contact Guilherme Lucio da Rocha at guilhermerocha.contractor@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here

Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.