• newsbr badge
  • Coronavi­rus Brasil badge

Coronavírus: como cancelar ou adiar sua passagem SEM PAGAR por isso

Companhias aéreas mudam política por conta de pandemia. Saiba como resolver.

O coronavírus mexeu na programação do mundo todo, inclusive para quem estava pensando em viajar pelo Brasil ou pra fora. E, se você tem passagem marcada, tem o direito de cancelar ou remarcar sua viagem sem pagar a mais por isso.

As principais companhias aéreas mudaram suas políticas por conta da pandemia.

Luis Acosta / Getty Images

Passageira no aeroporto internacional Tocumen, no Panamá.

LATAM:

A Latam informou que os clientes que compraram passagens para voos nacionais ou internacionais para destinos afetados pela pandemia, e que viajam a partir de 16 de março podem reagendar seu voo gratuitamente até 31 de dezembro de 2020. O telefone para para resolver a questão é: 0300 5705700

AZUL:

Já a companhia Azul informou que, para voos domésticos até dia 30 de setembro, podem ser cancelados ou alterados. Cancelamentos poderão ser feitos, sem taxa, com o valor ficando de crédito por até um ano. O telefone da Central de Atendimento é: (11) 4003-1118.

GOL:

A Gol disse que clientes poderão cancelar suas reservas e manter o valor como crédito futuro, também por um ano. Caso queira remarcar, o cliente poderá escolher uma nova data num período de 330 dias. O telefone de atendimento é: 0300 115 2121

O QUE DIZ O PROCON:

Renata Reis, coordenador de Atendimento do Procon-SP, explicou ao BuzzFeed News que as empresas devem abrir um canal de negociação com o consumidor, oferecendo a oportunidade para cancelamento ou remarcação.

"Para chegar nessa resposta [de exigência de cancelar ou reagendar], tem uma construção jurídica. O consumidor tem direito a saúde e segurança, esse é um direito constitucional, o consumidor não pode ser obrigado a expor-se ao risco. Por conta disso, poderia solicitar cancelamento da viagem e de tudo que o leve aquela situação de risco, sem nenhum tipo de ônus", disse Renata.

"As empresas têm que oferecer uma alternativa para o consumidor, o importante é negociar. Não se pode jogar a multa pro consumidor, tem que buscar o equilíbrio", afirmou a representante do Procon.

RECOMENDAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL:

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que, por conta da pandemia de coronavírus, garanta aos clientes a chance de cancelarem suas passagens, sem nenhuma taxa ou multa, com destinos atingidos pelo vírus.

Jornalista no BuzzFeed News

Contact Guilherme Lucio da Rocha at guilhermerocha.contractor@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here

Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.