• newsbr badge

Exclusivo: a íntegra do depoimento de Joesley sobre o BNDES

O dono da JBS disse que pagou caixa dois em 2010 a pedido de Palocci, em 2014 a pedido de Mantega e que ainda deu mesada de R$ 50 mil a Mantega.

O megaempresário e delator Joesley Batista, dono das marcas JBS e Friboi, disse em depoimento sobre os seus negócios com o BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social) que atendeu a pedidos de dinheiro de Antonio Palocci e Guido Mantega, ambos ex-ministros da Fazenda durante os governos Lula e Dilma.

O depoimento foi prestado nesta quarta-feira (21) e obtido com exclusividade pelo BuzzFeed Brasil. O delator defende seus negócios com o BNDES e inocenta a área técnica do banco.

O delator foi à Polícia Federal para falar no inquérito da operação Bullish, que apura fraudes no banco em favor da JBS em negócios multibilionários. Ele negou ter pago propina a funcionários do banco em troca de empréstimos para fusões com empresas.

O empresário, contudo, não soube dizer se ele, no lugar do banco, teria fechado esses negócios. Ele disse que já fez “ótimos e péssimos negócios”.

Adriano Machado / Reuters

Caixa dois dos ministros petistas

Joesley reafirmou em seu depoimento que abasteceu o caixa dois de campanhas do PT em 2010 e 2014. Ele cita nominalmente pedidos dos ex-ministros Antonio Palocci e Guido Mantega, respectivamente, nas duas eleições de Dilma Rousseff.

Sobre Palocci, Joesley Batista cai em contradição. Primeiro, disse que contratou sua consultoria para ter aulas de política. Mas disse que não sabia que Palocci era deputado.

Em relação a Mantega, Joesley conta que pagava R$ 50 mil mensais a pessoa indicada por ele. O ano era 2005 e Mantega chefiava o BNDES.

O delator afirma que fez um empréstimo de US$ 5 milhões para o filho de Mantega, mas que o dinheiro nunca foi pago.

Joesley conta, ainda, que transferiu US$ 20 milhões para uma conta indicada por Mantega — o empresário disse que não sabia de quem era. Acrescenta apenas que, um ano depois, o dinheiro retornou.

Leia a íntegra do depoimento:

Reprodução
Reprodução
Reprodução
Reprodução
Reprodução
Reprodução
Reprodução

Este texto será atualizado com a posição dos citados.

Veja também:

PF investiga fraudes no BNDES em favor da JBS

Amigo de Lula teve privilégios em negócio de R$ 100 milhões com BNDES, diz auditoria

Filipe Coutinho é repórter do BuzzFeed News, em Brasília

Contact Filipe Coutinho at filipe.coutinho@buzzfeed.com.

Got a confidential tip? Submit it here

Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.