back to top

Segui uma dieta e um treino baseados no meu DNA e mal pude acreditar nos resultados

"No final, não se tratava mais dos números para mim. Eu só queria ser a versão mais saudável e feliz de mim mesma."

publicado

Olá! Meu nome é Daysha e sempre tive problemas com meu peso.

Durante minha adolescência e juventude, meu peso flutuou muito. Em um ponto da minha vida, também desenvolvi hábitos alimentares desordenados. E depois de me recuperar disso e praticar muito amor próprio, descobri que o problema era que eu nunca via os mesmos resultados que obtinha quando ficava sem comer.

Não é que eu não goste de me exercitar e de comer alimentos saudáveis. Eu, inclusive, já faço isso.

BuzzFeedVideo

Eu adoro cozinhar refeições saudáveis e pratico dança de quatro a cinco vezes por semana. Ainda assim, sempre me frustrei com minha dificuldade para perder peso. Já tentei todos os tipos de métodos para perder peso e ficar em forma, incluindo uma dieta vegana crua, Vigilantes do Peso, consultas com um nutricionista, fazer uma desintoxicação com sopas, P90X e até mesmo arrumar um personal trainer. No entanto, nada parecia funcionar para mim.

Por isso, comecei a desconfiar que essa situação tivesse a ver com a minha genética.

BuzzFeedVideo

Eu estava em um ciclo contínuo de embarcar em uma nova dieta ou plano de exercícios, não ver nenhuma mudança real após alguns meses e desistir para tentar algo novo.

Então eu descobri uma empresa chamada FitnessGenes e fiz um teste de DNA.

BuzzFeedVideo

"Daysha faz o teste de DNA da FitnessGenes."

A FitnessGenes é uma empresa britânica que desenvolve planos de exercícios e nutrição personalizados com base no DNA de cada cliente.

Acima, está a foto do meu encontro com Dan Reardon, o diretor-executivo e cofundador da empresa, quando fiz um teste de DNA deles.

Os resultados demoraram um mês para serem processados. Quando finalmente os recebi, fiquei chocada.

Publicidade

Com Dan, aprendi algumas coisas sobre minha genética e o funcionamento do meu corpo:

BuzzFeedVideo

1. Minha suspeita estava certa. Geneticamente, eu tenho um metabolismo mais lento. Dan descreveu isso em termos científicos como um "metabolismo eficiente", o que significa que eu armazeno energia mais do que alguém com um "metabolismo ineficiente" (ou rápido).

2. Eu também tenho uma variação genética para o gene FTO, o qual está ligado a um hormônio chamado grelina, que controla a fome. Minha variação genética implica que eu sou alguém que fica com fome com muita facilidade. Dan então me aconselhou a comer refeições pequenas e frequentes ao longo do dia para controlar minha fome.

3. Eu também tenho uma variação genética no gene APOA2, o que me faz mais sensível a gorduras saturadas, o que significa que eu as armazeno com mais facilidade. Perguntei a Dan que alimentos tinham gorduras saturadas e ele respondeu que eram produtos de origem animal, como manteiga e produtos lácteos, mas também óleo de palma e óleo de coco. Óleo de coco?! Eu consumia muito óleo de coco por ele sempre ser divulgado como um óleo saudável. Não é de admirar que eu estivesse tendo problemas.

4. Variações genéticas do meu RELÓGIO biológico mostram que eu sou uma pessoa noturna. Isso fez todo o sentido porque definitivamente não sou uma pessoa que trabalha bem durante as manhãs.

5. Eu sou alguém que responde bem ao "treinamento de alto volume", que significa muitas séries e repetições de musculação. Dan disse que quanto mais músculos eu ganhasse, mais gordura eu queimaria.

6. Eu sou alguém que não deixa de queimar carboidratos para queimar gordura facilmente. Isso significa que eu preciso comer o equilíbrio certo de macronutrientes: carboidratos, proteínas e gorduras.

7. Dan também disse que eu tenho uma variação genética que faz com que eu metabolize a cafeína lentamente. Isso significa que tomar uma xícara de chá verde cerca de 30 minutos antes de um treino pode me beneficiar.

Em vez de contar calorias, passei a monitorar meus macronutrientes.

BuzzFeedVideo

Dan disse que seria importante eu consumir de 1.700 a 1.900 calorias por dia, já que sou alguém com metabolismo lento. No entanto, em vez de contar calorias, o que tinha me desanimado no passado, passei a monitorar meus macronutrientes todos os dias usando um quadro branco.

Distribuição dos macronutrientes

Carboidratos: 40%

Proteínas: 30%

Gorduras: 30% (menos de 8% provenientes de gorduras saturadas, e a principal fonte proveniente de gorduras monoinsaturadas. Isso inclui alimentos como amêndoas, azeite, abacate, óleo de gergelim e óleo de canola).

Aprendi como criar refeições deliciosas e saudáveis para o meu corpo.

O plano de 30 dias foi fácil de seguir, mas trabalhei duro.

BuzzFeed Video

Eu me exercitava com Dan de três a quatro vezes por semana, fazendo treinamento de força e treinamento intervalado de alta intensidade (HIIT). Eu tinha dois dias ativos de recuperação e também fazia uma caminhada rápida todas as manhãs. Sim, houve momentos em que eu quis desistir, mas passei a me sentir mais forte à medida que o tempo passava. Isso me motivou ainda mais a continuar.

Publicidade

Eu não teria conseguido sem apoio.

Eu tive a sorte de ter amigos me apoiando e acompanhando o meu sucesso. Eles estavam até mesmo dispostos a se exercitarem comigo!

Depois de 30 dias, não consegui acreditar nos resultados!

BuzzFeedVideo

Eu não me pesei durante os 30 dias porque não queria ficar desencorajada pelos números. Em vez disso, me foquei em como estava me sentindo. E a verdade é que eu tinha mais energia do que jamais havia tido antes! No final, não se tratava mais dos números para mim. Eu só queria ser a versão mais saudável e feliz de mim mesma.

Embora eu tenha perdido peso e gordura corporal, nunca se tratou dos números para mim. Eu saí dessa experiência uma pessoa diferente por dentro, e é isso o que mais importa.

BuzzFeedVideo

Essa experiência me permitiu confiar mais no meu corpo. Percebi que sempre estava presa nessa mentalidade de que eu estava de alguma forma "quebrada" e que nada jamais funcionaria para mim. Na realidade, eu só precisava aprender mais sobre meu corpo e como eu funciono como indivíduo. Vivemos em uma cultura onde todo mundo está tentando dizer o que é saudável, e isso me deu a tranquilidade para saber o que é realmente saudável para o meu próprio corpo! E isto é apenas o começo para mim!

Abaixo, um vídeo (em inglês) da minha experiência:

Veja este vídeo no YouTube

youtube.com
Publicidade

Agradecimentos especiais à Granite Gym e à Sanctuary Fitness LA pelo uso de suas instalações.

A FitnessGenes está oferecendo um desconto de 20% para os usuários do BuzzFeed. Para isso, use o código BUZZFEED na tela de pagamento. Clique aqui.

Este post foi traduzido do inglês.