back to top

7 coisas que você pode estar fazendo errado ao cozinhar macarrão

E a explicação de como fazer certo.

publicado

Segundo uma pesquisa do Datafolha divulgada no último dia 25, o macarrão é a comida mais preparada pelos paulistanos em casa. Mas será que você está cozinhando-o direitinho? Veja as dicas abaixo.

Divulgação

1. Não use água demais.

Basta um pouquinho mais do que o necessário para cobrir o macarrão. Você economizará água e ela voltará ao ponto de fervura mais rápido depois de a massa entrar na panela. Se você estiver interessado na explicação científica e sabe inglês, leia aqui o artigo do escritor J. Kenji López-Alt sobre o assunto.
Tonkovic / Getty Images

Basta um pouquinho mais do que o necessário para cobrir o macarrão. Você economizará água e ela voltará ao ponto de fervura mais rápido depois de a massa entrar na panela. Se você estiver interessado na explicação científica e sabe inglês, leia aqui o artigo do escritor J. Kenji López-Alt sobre o assunto.

2. Não deixe de salgar a água do cozimento.

O tempero do macarrão começa aqui. Use uma colher de chá rasa de sal por litro de água.
Julia_sudnitskaya / Getty Images

O tempero do macarrão começa aqui. Use uma colher de chá rasa de sal por litro de água.

3. Não adicione azeite ou óleo à água do cozimento.

Isso não vai impedir que o macarrão grude. Para evitar isso, pegue um garfo ou uma colher e dê uma mexidinha no macarrão no início do cozimento.
Constantinosz / Getty Images

Isso não vai impedir que o macarrão grude. Para evitar isso, pegue um garfo ou uma colher e dê uma mexidinha no macarrão no início do cozimento.

4. Não deixe que o macarrão amoleça demais.

O tempo indicado no pacote geralmente é uma boa referência (principalmente se for uma marca italiana), mas comece a provar a massa cerca de dois minutos antes da hora para chegar ao ponto desejado. Mesmo que você prefira macarrão mole, experimente-o uma vez al dente. Você vai gostar!
Toscawhi / Getty Images

O tempo indicado no pacote geralmente é uma boa referência (principalmente se for uma marca italiana), mas comece a provar a massa cerca de dois minutos antes da hora para chegar ao ponto desejado. Mesmo que você prefira macarrão mole, experimente-o uma vez al dente. Você vai gostar!

5. Não use tomates fora de temporada para fazer o molho.

Tomate fresco é uma beleza, mas se ele estiver sem gosto e aguado não vai render um molho gostoso. Quando for assim, procure uma marca boa de tomate pelado inteiro, brasileira ou importada. Em geral, os tomates são enlatados no auge do sabor e se conservam assim por bastante tempo.
Etienne Voss / Getty Images

Tomate fresco é uma beleza, mas se ele estiver sem gosto e aguado não vai render um molho gostoso. Quando for assim, procure uma marca boa de tomate pelado inteiro, brasileira ou importada. Em geral, os tomates são enlatados no auge do sabor e se conservam assim por bastante tempo.

6. Não jogue fora toda a água do cozimento.

Ela vai ajudar o macarrão a aderir direitinho ao molho. Use um copo para reservar um pouco da água e leia o próximo item!
Zozzzzo / Getty Images

Ela vai ajudar o macarrão a aderir direitinho ao molho. Use um copo para reservar um pouco da água e leia o próximo item!

7. Não bote o molho deste jeito:

Olha o tanto de macarrão seco! Ainda na panela ou na frigideira, misture a massa e o molho, acrescente um pouquinho da água do cozimento que você reservou no item anterior e mexa bem. Se você quiser, acrescente também um pouco de azeite ou manteiga.
Dinceras / Getty Images

Olha o tanto de macarrão seco! Ainda na panela ou na frigideira, misture a massa e o molho, acrescente um pouquinho da água do cozimento que você reservou no item anterior e mexa bem. Se você quiser, acrescente também um pouco de azeite ou manteiga.

Veja também:

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.