back to top

17 coisas interessantes que você provavelmente não sabia sobre a gravidez

Não tema. Nós temos as respostas.

publicado

Para saber dos fatos, o BuzzFeed conversou com Mary Jane Minkin – professora clínica de obstetrícia, ginecologia e ciências reprodutivas da Yale School of Medicine.

1. O primeiro ultrassom é interno - "Eu digo a minhas pacientes que parece uma grande varinha mágica."

Ao contrário do que as pessoas pensam, o primeiro ultrassom não é feiro do lado de fora da barriga. Segundo Minkin: "No início, quando o útero está razoavelmente pequeno, gostamos de fazer um ultrassom transvaginal. Ele nos dá uma visão melhor de onde o bebê está."Após cerca de dois meses, os médicos passam a fazer o ultrassom abdominal que costumamos ver em filmes.
eduardlaboulaye3 / Via instagram.com

Ao contrário do que as pessoas pensam, o primeiro ultrassom não é feiro do lado de fora da barriga. Segundo Minkin: "No início, quando o útero está razoavelmente pequeno, gostamos de fazer um ultrassom transvaginal. Ele nos dá uma visão melhor de onde o bebê está."

Após cerca de dois meses, os médicos passam a fazer o ultrassom abdominal que costumamos ver em filmes.

2. E, não, o ultrassom não acontece em todas as consultas.

Bravo

Muitas pessoas pensam que verão um ultrassom do bebê a cada visita ao médico, mas isso não é verdade. Ao longo de uma gestação de nove meses – se tudo parecer normal – a pessoa fará cerca de três ultrassons.

"Muitas vezes o ultrassom é feito na primeira consulta ao obstetra apenas para garantir que tudo está OK. Depois, alguns médicos farão um ultrassom por volta da 12ª semana para verificar se há malformação e também entre a 16ª e a 18ª, com a mesma finalidade. É nesse ponto que paramos de fazer ultrassons, a menos que haja uma preocupação ou dúvida... ou mais de um bebê."

3. O ato sexual não induz ao parto, mas o líquido seminal pode induzir.

"Nem sei nem o que dizer."Segundo Minkin: "O líquido seminal, ou sêmen, é rico em um composto químico chamado prostaglandina, que também é fabricado por outros órgãos do corpo. A prostaglandina faz com que o músculo liso uterino se contraia. Por isso, muitas vezes, usamos a prostaglandina para induzir o parto. É daí que vem a crença de que, se você fizer sexo, isso ajuda no parto. E ajuda mesmo? Não sabemos; é difícil dizer. Mas geralmente aconselhamos que mulheres que estão tendo contrações prematuras não façam sexo."
TV Land

"Nem sei nem o que dizer."

Segundo Minkin: "O líquido seminal, ou sêmen, é rico em um composto químico chamado prostaglandina, que também é fabricado por outros órgãos do corpo. A prostaglandina faz com que o músculo liso uterino se contraia. Por isso, muitas vezes, usamos a prostaglandina para induzir o parto. É daí que vem a crença de que, se você fizer sexo, isso ajuda no parto. E ajuda mesmo? Não sabemos; é difícil dizer. Mas geralmente aconselhamos que mulheres que estão tendo contrações prematuras não façam sexo."

4. Por falar em sexo, a cabeça do bebê não será "cutucada" em nenhum momento.

Netflix

"Não, o bebê não será cutucado. O colo do útero fica basicamente fechado até o finalzinho da gravidez, e mesmo quando começa a abrir, não é um problema. O bebê está flutuando em líquidos. Há líquido amniótico ao redor de todo o bebê. É como uma coisa dentro de um balão cheio de água. Se algo vier de encontro ao útero, simplesmente será empurrado para trás. O bebê não será cutucado, não se preocupe."

5. O feto masculino tem ereções dentro da barriga.

"Sim, eles têm ereções, mas não produzem esperma."
NBC

"Sim, eles têm ereções, mas não produzem esperma."

6. E os óvulos femininos se formam ainda no útero.

City TV

"Os óvulos de uma bebê menina são basicamente formados no útero. Na verdade, as meninas têm o maior número de óvulos no útero. E quando nascerem, elas terão perdido alguns dos seus óvulos."

7. Um bebê tem na verdade 38 semanas (e não 40) em uma gestação completa.

HBO

"Quando eu digo seis a sete semanas gestacionais, me refiro às semanas desde sua última menstruação, o que equivale na verdade a quatro ou cinco semanas desde a concepção. Geralmente, você concebe com duas semanas de ciclo menstrual. Portanto, esse é um malentendido comum em relação às semanas de gestação. Quando digo 40 semanas de gestação, são 38 desde a concepção."

8. Mulheres grávidas não precisam "comer por dois", elas precisam de apenas umas 300 calorias a mais por dia durante a gravidez.

Paramount

"A melhor coisa a se fazer durante a gravidez, por conta de algumas dessas questões digestivas, é fazer refeições frequentes e pequenas. Você vai se sentir muito mais confortável."

9. No útero, os pulmões do bebê estão cheios de líquido amniótico (que na verdade é seu próprio xixi), e eles o inspiram e expiram.

Buena Vista

Os médicos sugam o líquido para fora dos pulmões do bebê logo após eles nascerem.

10. Os bebês fazem xixi, mas NÃO cocô dentro da barriga.

"Os bebês, em geral, não fazem cocô na barriga, a menos que estejam aflitos. Eles estão engolindo, mas eles não evacuam por si só."
youtube.com

"Os bebês, em geral, não fazem cocô na barriga, a menos que estejam aflitos. Eles estão engolindo, mas eles não evacuam por si só."

11. Algumas mulheres grávidas ficam excitadas o tempo todo... e outras não.

NBC

"O desejo de algumas mulheres vai às alturas, mas isso não acontece com todas. Se nós sabemos exatamente por quê? Não. Acho que, para algumas, é simplesmente psicológico. É muito difícil afirmar o que as faria sentir esse desejo."

12. "Cabeça de grávida" é provavelmente apenas cansaço.

youtube.com

"Acredito que há algo real no 'cabeça de grávida'. Mas por que isso acontece, não sabemos. Acho que parte disso é cansaço e outra parte é pelo fato de que muitas mulheres não estão confortáveis e, portanto, não estão descansando satisfatoriamente."

13. Os bebês podem ouvir dentro do útero.

DreamWorks

"Sabemos com certeza que os bebês ouvem. Eles sabem se é a voz da mãe deles? Não sei; isso é discutível. Não há pesquisas com uma resposta."

14. Mulheres grávidas urinam muito por causa de mudanças hormonais e da pressão sobre o útero.

youtube.com

"Algumas das alterações hormonais na gravidez dão a sensação de que elas precisam fazer xixi. Os níveis de progesterona aumentam. No início, não é necessariamente a pressão no útero, é mais uma alteração hormonal. Mas, na maior parte da gravidez, o útero pressiona a bexiga. A bexiga na verdade está ligada ao útero. Quando você faz uma cesariana, você na verdade tira a bexiga e a coloca de volta."

15. Ter azia com frequência durante a gravidez não significa que seu bebê terá muito cabelo.

20th Century Fox

"Há um mito comum por aqui que diz que, se você fica com azia, é porque seu bebê será cabeludo. Não há ciência nisso, mas muitas pessoas acreditam. No entanto, a azia é muito comum, e há uma explicação muito simples para isso. A válvula entre o estômago e o esôfago relaxa durante a gravidez devido aos altos níveis de progesterona, então o estômago fica cheio de ácido. Como o ácido no estômago e a pressão do útero ficam pressionando as coisas, a válvula que costumava ficar fechada se abre, então todo esse ácido só pode refluir".

16. Fazer exercícios durante a gravidez é na maioria das vezes seguro.

Touchstone

"A principal preocupação que você deve ter com os exercícios, em geral, é com o calor do corpo. Existem algumas malformações que foram associadas a temperaturas elevadas prolongadas do corpo, especialmente no início da gravidez. No entanto, para isso, você teria que correr muito e manter sua temperatura alta por umas duas horas. Não tem problema correr, desde que você esteja confortável e sem contrações."

17. Você pode ficar grávida por mais de um ano.

CW

"Existem casos - mas é muito raro - em que acontece algo chamado superfetação. É quando as mulheres engravidam de novo enquanto ainda estão grávidas, geralmente no começo. É uma ocorrência rara, mas acontece ocasionalmente. Há mulheres que estão grávidas e têm outra gravidez por cima."

Leia também:

Este post foi traduzido do inglês.

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.