13 coisas que só reconhece quem tem uma vagina

    "Imagina que eu vou comprar um lubrificante, eu não sou uma senhorinha..."

    by ,

    1. Na primeira vez que você viu um espéculo, é provável que seu coração quase tenha saído pela boca.

    Maritsa Patrinos / BuzzFeed

    2. Você ouviu sobre a síndrome do choque tóxico (SCT) na adolescência e nunca mais conseguiu esquecer disso.

    Maritsa Patrinos / BuzzFeed

    Não se preocupe, os ginecologistas afirmam que é seguro dormir com um o.b. de um dia para o outro — apenas não se esqueça dele.

    Além disso, a SCT é muito rara (quando foi mais prevalente, em 1980, a taxa era de 6-12 a cada 100.000 mulheres menstruadas, mas em 1986 caiu para 1 a cada 100.000 mulheres menstruadas). Apesar disso, a SCT é uma complicação possivelmente fatal de uma infecção bacteriana (geralmente Staphylococcus aureus ou Streptococcus do grupo A), apresentando sintomas como febre alta, vômitos e pele irritada — então é natural que isso cause pavor.

    3. Assim como nunca se esqueceu da primeira vez que teve infecção urinária.

    Maritsa Patrinos / BuzzFeed

    Infecções urinárias são uma chatice, mas muito comuns. Elas são causadas pela entrada de bactérias no sistema urinário através da uretra, o que pode acontecer durante o sexo. E, infelizmente, algumas pessoas são particularmente suscetíveis a infecções urinárias.

    4. E agora você toma o maior cuidado para que essa situação nunca mais aconteça.

    Maritsa Patrinos / BuzzFeed

    Sim, fazer xixi depois do sexo pode ajudar a evitar infecções urinárias. Assim como beber muita água, passar o papel higiênico da frente para trás e evitar lenços umedecidos perfumados e a lavagem vaginal, que podem irritar a uretra.

    5. Quando você passou pelo primeiro "sangramento de escape" e ficou muito confusa.

    Maritsa Patrinos / BuzzFeed

    É menstruação? É gravidez? É porque você não usou lubrificante suficiente? O sangramento de escape é muito confuso porque pode ser sinal de muitas coisas. Provavelmente não é nada grave, mas se continuar ou vier acompanhado de outros sintomas, fale com o seu ginecologista apenas para ter certeza.

    6. Testes de rotina podem gerar ansiedade.

    Maritsa Patrinos / BuzzFeed

    Apesar de algumas clínicas entrarem em contato o mais rápido possível com os resultados dos seus exames, a maioria dos ginecologistas adota uma postura de "vou ligar se algo der errado", o que é um pesadelo. Nós entendemos, você está ocupado, mas sempre vamos pensar no pior.

    Se ficar esperando tira você do sério, basta perguntar quando os exames ficarão prontos e ligar para o médico nessa data. Aqui estão mais algumas coisinhas que seu ginecologista gostaria que você soubesse.

    7. Às vezes você acha que basta ignorar os problemas que eles irão embora.

    Maritsa Patrinos / BuzzFeed

    Não banque a heroína. Se há algum problema, procure seu médico. Coceira, ardor e desconforto são sintomas de muitos problemas vaginais, então é melhor se consultar com um médico para se livrar disso o quanto antes.

    8. Mas, na maioria das vezes, a solução costuma ser bem simples.

    Maritsa Patrinos / BuzzFeed

    É bem comum sofrer com irritação por causa de sabonetes, cremes, lenços umedecidos ou qualquer que seja o seu método de depilação preferido. Também é possível que você esteja lavando seus órgãos genitais em excesso (ou lavando-os incorretamente).

    Sua vagina é como um forno autolimpante — ele pode cuidar de si — enquanto a vulva (a área exterior) pode ser lavada apenas com água e sua mão (ou um sabonete simples, sem perfume, com o mínimo de ingredientes possível). Aqui há mais informações sobre a limpeza da vulva.

    9. Você já aprendeu, por experiência própria, a não pesquisar os seus sintomas online.

    Maritsa Patrinos / BuzzFeed

    A resposta sempre será gravidez e/ou morte iminente. Não faça isso. Você pode encontrar informações sobre os problemas vaginais mais comuns aqui, mas também pode simplesmente falar com o seu médico, que deve identificar o problema rapidamente.

    10. Você provavelmente já fez pouco caso de certos produtos ou problemas até ter utilizado/passado por isso.

    Maritsa Patrinos / BuzzFeed

    Como lubrificante, por exemplo. O ressecamento é algo muito comum e não necessariamente um sinal de que você não está excitada. Até mesmo alguns métodos contraceptivos e remédios para alergia podem deixá-la mais "ressecada" do que o habitual. Então não tenha medo de comprar lubrificante — também conhecido como o melhor amigo da vagina.

    11. Você percebeu que nem todo mundo lida com as coisas da mesma maneira.

    Maritsa Patrinos / BuzzFeed

    Por que o mesmo método contraceptivo pode ser excelente para uma pessoa e um pesadelo para outra? Porque todos os corpos são únicos e há milhões de fatores que influenciam qual método funciona melhor para você.

    12. E as coisas podem ser... imprevisíveis.

    Maritsa Patrinos / BuzzFeed

    Ainda sobre isso, até o mesmo corpo pode reagir diferentemente de mês para mês. Geralmente isso é normal, mas se você notar grandes mudanças persistentes, fale com o seu médico.

    13. Mas, pelo menos, você sabe que não está sozinha.

    Maritsa Patrinos / BuzzFeed

    Praticamente toda pessoa com uma vagina vai passar por algo desagradável em algum momento (algumas mais do que outras). Então, se você tem uma infecção urinária, candidíase, DST, uma menstruação terrível, passou por um Papanicolau estranho ou algum outro problema aleatório na ou perto da sua vagina não se desespere. Muito provavelmente, a exata mesma coisa já aconteceu a uma vagina perto de você.

    Leia também:

    Este post foi traduzido do inglês.

    BuzzFeed Daily

    Keep up with the latest daily buzz with the BuzzFeed Daily newsletter!

    Newsletter signup form

    Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

    Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.