12 vezes em que os filmes do "Harry Potter" foram melhores do que os livros... e 12 vezes que não

    Vamos ser sinceros, esse post é só uma desculpa para ver tudo de novo.

    A primeira edição de "Harry Potter e a Pedra Filosofal" foi lançada há 21 anos, e a estreia do primeiro filme ocorreu há 17. Desde então, as pessoas não param de comparar os dois.

    Bloomsbury, Warner Bros.

    Tanto um quanto o outro têm um lugar muito especial no meu coração, então posso dizer, sem medo de errar, que, sim, às vezes os filmes de "Harry Potter" se saem melhor que os livros... *pausa para respirar* e às vezes não. Vamos rever algumas evidências. Primeiramente:

    Warner Bros.

    1. Melhor no filme: O Espelho de Ojesed mostra somente os pais de Harry.

    Warner Bros.

    Quando Harry olha no Espelho de Ojesed nos livros, ele vê sua família inteira, incluindo seus tios. Já no filme, ele vê apenas seus pais. Ao simplificar e mostrar apenas a clássica foto de família, a cena foi direto ao ponto, que era mostrar que o maior desejo do Harry era a vida que ele nunca teve com seus pais.

    2. Pior no filme: Cortar a Canção do Chapéu Seletor.

    Warner Bros.

    A Canção do Chapéu é importante não só porque ela dá um resumo sobre cada casa, mas, no decorrer da série, a canção muda para refletir o que está acontecendo em Hogwarts. Seria divertido ouvir uma canção diferente em cada filme.

    3. Melhor no filme: Cortar o teste das poções para chegar na Pedra Filosofal.

    Pottermore

    Cortar a cena do último teste, o das poções, até que foi uma boa escolha. Tem quem diga que isso roubou um pouco do heroísmo da Hermione, o que eu acredito ser um argumento válido, mas, mesmo assim, a cena não era tão necessária para a trama e Hermione já havia tido seu momento de glória no teste do Visgo do Diabo.

    Warner Bros.

    4. Melhor no filme: A Professora McGonagall fala sobre a Câmara Secreta para os alunos.

    Warner Bros.

    Nos livros, o professor Binns, o professor-fantasma de história, fala da Câmara Secreta para os assustados secundaristas. Já no filme, quem faz isso é a professora McGonagall.

    Ouvir McGonagall dizer como a Câmara Secreta nunca foi encontrada só tornou sua revelação ainda mais empolgante!

    5. Pior no filme: Diminuir o papel de Gina.

    Warner Bros.

    A Gina do livro é bem foda: ela arrasa no quadribol e sabe lutar contra qualquer bicho-papão que cruza seu caminho. O papel que deram para ela nos filmes, no entanto, mostra uma Gina muito mais tímida, um tanto sem graça, que não faz jus ao espírito da personagem.

    Warner Bros.

    6. Melhor no filme: O coral cantando "Double Trouble".

    Warner Bros.

    Essa música foi a cereja do bolo! Pegar o poema de Shakespeare e colocar em uma música foi um toque de mestre. E isso também explica porque alguém traria um sapo para a escola, em vez de um gato ou uma coruja. Nada pessoal, Trevor.

    7. Pior no filme: Não explicar quem eram Os Marotos.

    Warner Bros.

    Não ter uma fala sequer explicando que Tiago, Sirius, Remo e Pedro são os Marotos sem dúvida acaba com a grandeza da trama do terceiro livro. E nãããããoo, Lupin dizer "Malfeito Feito" não foi suficiente. Ah, qual é, saber um pouquinho a mais dos Marotos nunca machucou ninguém.

    8. Pior no filme: Cortar a cena da vitória da Grifinória na Copa Quadribol no terceiro ano do Harry.

    Warner Bros.

    Por que a gente não pôde ver a Grifinória vencer a Copa Quadribol??? OLIVER WOOD FEZ POR MERECER!!!

    Warner Bros.

    9. Melhor no filme: Entrada das escolas participantes do torneio Tribruxo.

    Warner Bros.

    Eu amei o navio voador de Durmstrang e a carruagem gigante de Beauxbaton, mas, a entrada no Salão Principal foi de tirar o fôlego!

    10. Pior no filme: Dumbledore gritou com Harry quando o Cálice de Fogo cuspiu o nome dele.

    Warner Bros.

    No livro diz: "Você colocou seu nome no Cálice de Fogo, Harry?", perguntou Dumbledore calmamente.

    CALMAMENTE.

    Essa cena vai totalmente contra o Dumbledore que amamos, que tem sempre tudo sob controle e que prefere ouvir a agir com violência.

    Por que ele atacou Harry daquele jeito?? Se você tem medo de que alguém venha atrás dele, porque jogá-lo contra o armário? Não tem lógica.

    11. Melhor no filme: O teste do dragão em O Cálice de Fogo.

    Warner Bros.

    Toda a releitura que fizeram do torneio Tribruxo nos filmes só os deixou ainda melhores, especialmente a primeira tarefa com os dragões. Tipo, é claro que um dragão iria voar atrás de alguém voando em uma vassoura. Essa cena foi muito divertida!

    Warner Bros.

    12. Pior no filme: Cortaram os pais de Neville.

    Warner Bros.

    Quando nosso trio visita o Sr. Weasley no Hospital St. Mungus, eles acidentalmente esbarram não só com Gilderoy Lockhart, como também com os pais de Neville. Essa é uma parte muito importante da história de Neville para ser deixada de fora.

    13. Melhor no filme: Sirius acidentalmente chamando Harry de Tiago.

    Warner Bros.

    Logo antes de Sirius morrer, ele diz para Harry: "Muito Bem!"

    No entanto, no filme, eles acrescentaram mais uma palavrinha que fez TODA a diferença, "Muito bem, Tiago!"

    Ver Sirius confundir Harry com seu pai dá ainda mais profundidade ao relacionamento dos dois, bem como fez a gente chorar algumas lágrimas-extra.

    14. Melhor no filme: Harry ser possuído durante a batalha no Ministério da Magia.

    Warner Bros.

    Tem uma cena de luta entre Voldemort e Dumbledore no Ministério da Magia que segue com certa fidelidade ao que é descrito no livro, mas só até a parte em que Voldemort possui Harry.

    Basicamente, no livro, quando Harry é possuído, ele pede para morrer ali mesmo, porque assim ele estaria com Sirius, e isso é o que faz Voldemort pular fora.

    No filme, vemos Harry lutar um pouco mais, usando o clássico poder do amor e da amizade para se salvar. A mudança pode ser sutil, mas ver Harry lutando para permanecer vivo, em vez de querer morrer, deixou a cena muito melhor.

    Warner Bros.

    15. Melhor no filme: Os raios saindo das varinhas.

    Warner Bros.

    Ver todo mundo erguer suas varinhas frente a uma tragédia se tornou cânone por popularidade. E eu quase me esqueci que não tem isso nos livros! Foi uma adição incrível ver as trevas serem banidas pela luz!

    16. Pior no filme: Queimando A Toca.

    Warner Bros.

    Queimar A Toca não faz sentido nenhum. Toda a cena parece mais um sonho do que realidade. Nós já sabemos que tudo e todos estão em perigo. Se a Toca ainda estivesse de pé, como nos livros, isso ajudaria a explicar porque Ron abandonou Hermione e Harry mais tarde.

    Warner Bros.

    17. Melhor no filme: Hermione apagando a memória de seus pais.

    Warner Bros.

    Ver Hermione mexer nas memórias de seu pai e sua mãe para que eles não venham atrás dela, ou se preocupem com ela, é um daqueles momentos de cortar o coração. Isso mostra a situação única de Hermione que nunca foi abordada nos livros.

    18. Pior no filme: Cortar a mudança de atitude de Dudley.

    Warner Bros.

    E por falar na família do Harry, é uma pena que não vimos a cena do Dudley arrependido. Nos livros, Dudley defende Harry, do seu jeito, dizendo: "Eu não acho que você seja um desperdício de espaço."

    Essa parte tenta provar o ponto de JK Rowlings de que as pessoas nem sempre são o que aparentam ser e elas têm a possibilidade de mudarem e crescerem. A mudança é tão grande que Harry e sua família passam a visitar Dudley todo ano quando seus filhos são pequenos.

    19. Melhor no filme: A dança de Harry e Hermione.

    Warner Bros.

    Eles colocaram uma cena muito fofa no filme, quando Harry e Hermione estão se sentindo tão para baixo que Harry decide ligar uma música para eles dançarem. A cena toda, desde a música escolhida até a atuação dos dois, é perfeita. É muito bonito ver a amizade deles sem nenhuma romantização dramática.

    20. Pior no filme: Cortaram a morte de Pettigrew.

    Warner Bros.

    Nos livros tem uma virada interessante. Devido ao fato de Harry ter salvo Pedro Pettigrew, ele agora está em dívida com Harry. Então, quando ele tenta matar Harry com sua nova mão de prata, um símbolo de sua dedicação a Voldemort, ela se volta contra ele e o estrangula. Então, Pedro P. morre por suas próprias mãos, o que torna sua morte um tanto poética. O filme só mostra ele sendo paralisado, o que acaba quebrando todo o clima.

    Warner Bros.

    21. Melhor no filme: Harry confrontando Snape no Salão Principal.

    Warner Bros.

    Uma adição incrível ao enredo dos filmes foi a parte em que Harry se revela para o agora diretor Snape no Salão Principal. "Como você se atreve a ocupar o lugar dele?" é uma ótima fala!!

    Esse momento faz com que as memórias dele como braço direito de Dumbledore e, surpreendentemente, improvável aliado de Harry durante toda a saga ainda mais angustiante.

    22. Pior no filme: Tratarem a Sonserina como lixo antes da Batalha de Hogwarts.

    Warner Bros.

    Uma das principais mensagens de Harry Potter é que nem todo mundo é mau. Assim, foi chocante terem trocado a oferta de McGonagall para que todo aluno maior de idade lutasse por juntarem todos os alunos da Sonserina e trancá-los nas masmorras.

    23. Pior no filme: A luta final entre Harry e Voldemort.

    Warner Bros.

    Primeiramente, não podemos deixar de citar aquele quase-beijo estranhíssimo antes de pularem da janela do castelo durante a luta (eca).

    Nos livros, é muito mais emocionante a morte de Voldemort, especialmente por ser resultado do rebate de sua própria maldição. Uma das frases mais infames de Voldemort é: "Não há nada pior do que a morte."

    Fazer com que ele simplesmente evaporasse acaba com o senso de que ele era realmente humano, não uma criatura mítica. Isso sem mencionar que não pudemos ver Harry dizendo que Voldemort não sabia nada sobre o amor. Um final mais simples teria sido melhor.

    24. Pior no filme: Quebrar a Varinha das Varinhas.

    Warner Bros.

    No livro, Harry usa a Varinha das Varinhas para consertar sua própria varinha e depois a devolve para o túmulo de Dumbledore. No filme HARRY QUEBRA A VARINHA MAIS PODEROSA DE TODAS NO MEIO, COMO SE FOSSE UM PALITO DE DENTE.

    Quais foram suas partes favoritas dos filmes? O que você queria que eles tivessem mantido dos livros? Você é um fã do Pirraça? Conte para nós nos comentários!

    Veja também:

    Você já tem o app do BuzzFeed Brasil no seu celular? Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.

    A tradução deste post (original em inglês) foi editada por Luísa Pessoa.

    TV and Movies

    Get all the best moments in pop culture & entertainment delivered to your inbox.

    Newsletter signup form

    Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

    Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.