back to top

A Paris Filmes está fazendo duas campanhas opostas sobre bullying e as pessoas ficaram confusas

A distribuidora está lançando dois filmes com mensagens totalmente diferentes. ATUALIZAÇÃO: a Paris Filmes lamentou o ocorrido e disse que “Como se Tornar o Pior Aluno da Escola” não reflete as opiniões e princípios que norteiam a empresa.

publicado

O fato destas duas campanhas da distribuidora Paris Filmes estarem no ar ao mesmo tempo deixou as pessoas confusas.

As duas falam de bullying mas de formas completamente opostas.

paris filmes meu amor eu juro que eu tô tentando te entender

Uma é contra, incentivando à gentileza com tanto de hashtag "do bem", e a outra é a favor.

Mas o tuíte que mais causou polêmica foi este, e aparentemente foi apagado.

Por razões óbvias, a @ParisFilmes apagou o tweet do "bullying tá aí pra ser praticado".

Publicidade

Já para o filme "Extraordinário", que estreia em dezembro, a distribuidora apostou em uma mensagem completamente oposta.

Neste #DiaDoCombateAoBullying, vamos espalhar a gentileza, afinal de contas... #SomosTodosExtraordinários. 💙

O filme fala sobre um menino portador de uma deformidade facial e a Paris Filmes usou a hashtag #SomosTodosExtraordinarios.

Basicamente, as pessoas estão cobrando que a Paris Filmes se decida.

@ParisFilmes Paris filmes é aquela tia falsa nas festas de família

Entramos em contato com a Paris Filmes e este post será atualizado quando houver uma resposta da distribuidora.

Publicidade

ATUALIZAÇÃO (23/10, 18h52): A assessoria da Paris Filmes disse que “Como se Tornar o Pior Aluno da Escola” "não reflete as opiniões e princípios que norteiam a empresa". Leia na íntegra a nota enviada à redação do BuzzFeed Brasil:

"A Paris Filmes possui um enorme catálogo de lançamentos para atender diferentes perfis de audiência e busca trabalhar cada lançamento de forma singular. “Como se Tornar o Pior Aluno da Escola” é uma obra de ficção e não reflete as opiniões e princípios que norteiam a empresa.

Lamentamos o ocorrido e pedimos desculpas a todos que tenham se sentido ofendidos pela postagem, que foi retirada do ar logo após ter sido publicada. Em respeito a opinião do público, já tomamos medidas internas para evitar que este tipo de situação volte a acontecer".