back to top

27 segredos que as ginecologistas gostariam que você soubesse

Sério, nós não ligamos se você raspou as pernas ou depilou lá embaixo.

publicado

Agradecimentos especiais às ginecologistas que forneceram informações e casos para este post: Alyssa Dweck, Christin Gillier, Elizabeth Dierking, Shenali Abeysekera e Stephanie Lum.

3. Quando puxamos conversa, estamos apenas tentando ajudá-la a relaxar para que possamos fazer o exame o mais rápido e indolor possível.

instagram.com / Via Instagram: @ohsewresinating

"Fique calma e faça seu papanicolau."

Nós descobrimos que, na maioria das vezes, as mulheres relaxam seus músculos assim que começam a falar sobre algo confortável e familiar. É por isso que costumamos fazer perguntas simples sobre vocês enquanto estamos fazendo partes do exame que podem ser desconfortáveis.

4. Já vimos vômito, mijo e cocô no consultório; na verdade, não há nenhum fluido corporal que não tenhamos encarado.

6. Todas as mulheres nos dizem que são autoconscientes sobre a aparência e o cheiro de sua vagina ou vulva, MAS todas são diferentes.

instagram.com / Via Instagram: @suzanna_scott

Nenhuma vulva é igual a outra e, portanto, não há "vulva normal". Algumas vulvas têm lábios maiores, algumas têm lábios menores. A aparência, o cheiro, o tamanho e a cor variam, e adoraríamos que as mulheres aceitassem isso em vez de comprar produtos e tentar usar coisas lá que poderiam colocá-las em risco de contrair infecções.

7. Mas, quando não estamos trabalhando, nós não queremos ser questionadas sobre todos os tipos diferentes de vulvas e vaginas que já vimos.

LogoTV / Via logotv.com

"Não vai acontecer."

Há um lugar e um momento adequado. Obviamente, não foi por isso que escolhemos estudar por mais de 8 anos para nos tornarmos ginecologistas.

8. A propósito, todas nós somos cirurgiãs treinadas. Nós não fazemos apenas exames anuais.

ABC / Via seasonofbloom.wordpress.com

Nosso trabalho não consiste apenas em exames de papanicolau e prescrição de anticoncepcionais. Como ginecologistas, algumas de nós fazem cirurgias, entre elas, duas das mais comuns: cesarianas e histerectomias.

10. E muitas vezes não sabemos quando será nossa próxima refeição.

ABC

Você pode tentar planejar seu dia. Mas a verdade é que os bebês raramente seguem o planejamento. Então, às vezes, você passará um turno inteiro sem comer ou tentará devorar uma refeição o mais rápido que puder entre consultas ou cirurgias, já que nunca sabe quando será sua próxima refeição.

11. Ficamos muito empolgadas com as coisas estranhas que acontecem, como encontrar dentes e cabelos em tumores.

ABC

Sim, às vezes cabelos e dentes, assim como várias outras coisas, podem crescer em tumores de ovário.

12. E normalmente temos fotos ou vídeos de tumores, bactérias, cistos enormes ou úteros em nossos telefones.

Paramount Pictures / Via imgur.com

"Isso não é estranho? É estranho cara, é estranho."

Isso geralmente é para mostrar para as pacientes o que retiramos delas na cirurgia. Desde que não haja identificação da paciente, não tem problema. E podemos ter vídeos de lâminas de microscópio mostrando bactérias nadando em material vaginal para mostrar às pacientes qual é a aparência da bactéria.

14. Nós não estamos aqui para julgar seu histórico sexual ou suas preferências; nós só queremos que você seja honesta conosco para que possamos ajudá-la a permanecer em segurança.

instagram.com / Via Instagram: @bustle

Confie em mim, já ouvimos de tudo. Portanto não há muita coisa que nos assuste. Tudo o que queremos é que você nos conte o máximo possível para que possamos ajudá-la.

15. Vivemos em um patamar de exaustão, também conhecido como "estamos sempre cansadas".

FOX

Não há nenhuma restrição sobre quantas horas trabalhamos ou quando temos que trabalhar. Alguns turnos podem ser extremamente longos, porque não se pode prever o rumo das coisas.

16. Não é que não nos importamos, nós realmente não sabemos se sua DST significa que seu parceiro te traiu.

USA Network / Via reactiongifs.com

Quando você recebe resultados de exames que são positivos para uma DST, sabemos que é ruim e queremos estar lá para te ajudar. Mas nós realmente não queremos falar sobre se o seu parceiro te traiu ou não, porque não tem como darmos essa resposta. Nós queremos apenas que você (e seu parceiro) façam o tratamento.

17. É muito frustrante quando os pacientes vêm e nos contam o diagnóstico que receberam da internet.

Comedy Central / Via comedycentral.tumblr.com

Nós estudamos e treinamos por muito tempo para poder examiná-la e diagnosticá-la. Por favor, não venha nos dizer que você já sabe a origem do problema por causa de algo que você leu on-line e que só quer o tratamento para isso. Precisamos te examinar e verificar os resultados para garantir que saibamos exatamente o que está acontecendo.

18. Encontramos muitos objetos aleatórios — e às vezes estranhos — nas vaginas.

youtube.com / Via tenor.co

Nós os chamamos de "corpos estranhos retidos". Por favor, tenha cuidado com o que você está colocando lá dentro. Normalmente encontramos absorventes internos esquecidos e preservativos usados. Mas, de vez em quando, encontramos algo mais, como bolinhas de gude, legos, chaves etc.

20. Assim, nossos colegas de trabalho tendem a se tornar uma espécie de família para nós, porque passamos muito tempo juntos.

21. Recebemos muitas ligações no meio da noite, porque basicamente estamos sempre de plantão.

instagram.com

Há muita coisa nesse trabalho que você não pode prever ou planejar. Recebemos ligações de pacientes a qualquer hora perguntando o que significam seus sintomas ou dizendo que acham que a bolsa delas estourou. Mas, mesmo se ficarmos acordadas a noite toda, ainda teremos de fazer nossas consultas da manhã, como programado.

22. E nossos dias às vezes podem ser uma mistura de check-ups, cirurgias e partos.

Universal Pictures / Via giphy.com

Nossa programação é diferente todo dia. Podemos ter uma cirurgia agendada para a manhã e, depois, voltar para o escritório naquela tarde para examinar pacientes ou verificar resultados de exames delas.

23. Nós realmente queremos que as pessoas entendam que exames pélvicos não são as mesma coisa que o papanicolau.

HBO

Então, mesmo que você não precise fazer um papanicolau, ainda precisa visitar um ginecologista para um check-up e um exame pélvico uma vez por ano.

24. É impossível não sermos afetadas por nossos trabalhos.

instagram.com / Via Instagram: @berkemokten

Muitas de nós entram nessa área porque querem cuidar das mulheres. Nos dedicamos muito às nossas pacientes e amamos vê-las felizes com suas famílias. Então, sim, às vezes ficamos emocionadas. Nós choramos de felicidade e choramos de tristeza. E nós encontramos o nosso próprio momento para fazer isso.

27. E, honestamente, nós realmente queremos vê-la pelo menos uma vez por ano.

instagram.com / Via Instagram: @plannedparenthood

Você não consegue dizer se está tudo bem lá embaixo só olhando por fora, e, às vezes, fazer os exames anuais pode salvar sua vida. Queremos responder às suas perguntas se algo parecer estranho, indicar bons anticoncepcionais e dar informações sobre como usá-los, se você precisar, garantindo que tudo fique bem. Você vai gastar um pouco do seu tempo nas consultas, mas sempre vai valer a pena.

Este post foi traduzido do inglês.

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss