back to top

E se tudo em "Game of Thrones" for, na verdade, culpa do Bran?

Cuidado! Este post está CHEIO de spoilers!

publicado

Há uma profecia antiga importantíssima – tanto para a série de TV "Game of Thrones" quanto para a série de livros "As Crônicas de Gelo e Fogo" – que descreve a última batalha do bem contra o mal.

awoiaf.westeros.org

A profecia vem de uma batalha que ocorreu 8 mil anos antes dos acontecimentos de "Game of Thrones", durante uma invasão dos Caminhantes Brancos.

Em Westeros, a profecia descreve um "Último Herói" que deveria aparecer na batalha final. Já em Essos acredita-se que um guerreiro antigo, chamado Azor Ahai, que teria uma vez derrotado os Caminhantes Brancos, retornaria para a batalha final. Essa versão é chamada de "O príncipe que foi prometido".

Ambas as histórias acreditam que os Caminhantes Brancos retornarão e trarão uma longa noite, mas um grande guerreiro surgirá para salvar o dia.

No capítulo 10 de "A Fúria dos Reis", a profecia é contada da seguinte forma:

Haverá um dia após um longo verão em que as estrelas sangrarão e o sopro frio da escuridão cairá sobre o mundo. Nessa hora, um guerreiro tirará do fogo uma espada em chamas. E essa espada será a Luminífera, a espada vermelha dos heróis, que será empunhada por Azor Ahai, e a escuridão fugirá diante dele.

E em um bônus do Blu-ray da terceira temporada de "Game of Thrones", Thoros de Myr descreve a mesma profecia de Azor Ahai desta forma:

De um lado está o Senhor da Luz — o Coração de Fogo, Deus da Chama e da Sombra. Do lado oposto, está o Grande Outro, cujo nome não deve ser mencionado: o Senhor da Escuridão, a Alma do Gelo, Deus da Noite e do Terror. De acordo com a profecia, o campeão renascerá para acordar os dragões transformados em pedra e trará de volta a grande espada Luminífera que derrotou a escuridão há milhares de anos. Se os contos são verdadeiros, uma arma terrível foi forjada com o sangue do coração de uma amável esposa. Parte de mim acredita que o homem fez bem em matar a mulher, mas grandes poderes requerem grandes sacrifícios. Disso, pelo menos, o Senhor da Luz sabe muito bem.

Há alguns pontos que se mantêm consistentes:

• Um príncipe chamado Azor Ahai apareceu em um momento de grande escuridão.

• Ele tinha uma espada flamejante chamada de Luminífera.

• A espada foi feita com o sangue de uma amável esposa.

• Em sequência, Azor Ahai usou essa espada para derrotar o "Grande Outro".

• Depois, uma profecia chamada "O príncipe que foi prometido" foi escrita em alto valiriano.

• A profecia diz que Azor Ahai retornará um dia.

• Ele nascerá na linha da Casa Targaryen.

• E trará mais uma vez a espada Luminífera para derrotar a escuridão.

Publicidade

E Melisandre acaba adicionando mais alguns detalhes sobre o mito de Azor Ahai:

• Ele aparece após um longo verão, quando as estrelas sangram e o sopro frio da noite cai sobre o mundo.

• Ele deve renascer no meio da fumaça e do sal.

• Ele acordará os dragões transformados em pedra.

Publicidade

Faz um pouco mais de sentido Dany ser a "princesa que foi prometida".

HBO

• Ela certamente faz parte da linhagem Targaryen.

• E ela nasceu no "meio da fumaça e do sal" no Mar Dothraki.

• E ela literalmente acordou "dragões transformados em pedra".

Publicidade

Quando o jovem Ned Stark toma de Lyanna o que presumimos ser Jon Snow ainda bebê na Torre da Alegria, ela sangra até a morte sob o punho da "Alvorada", uma famosa espada ancestral da Casa Dayne, que acredita-se ter sido forjada de uma estrela cadente.

Publicidade

Ela diz que o Último Herói é alguém que foi enviado para as terras mortas, perdeu os amigos um a um, viu seu cavalo e cachorro morrerem e sua espada quebrou quando ele tentou usá-la.

O último herói estava determinado a procurar as crianças da floresta, pois esperava que sua mágica seria capaz de recuperar o que os exércitos de homens perderam. Ele vai às terras mortas com uma espada, um cavalo, um cachorro e doze companheiros. Então procura por anos, até perder a esperança de encontrar as crianças da floresta em suas cidades secretas. Um a um, seus amigos vão morrendo, depois seu cavalo e, finalmente, seu cachorro. Sua espada congelou tanto que a lâmina quebrou quando ele tentou usá-la.

E isso tudo descreve Bran, se você pensar bem.

HBO

• Jojen, seu amigo, morre ao Norte da Muralha.

• Hodor, que carregou Bran para todos os lugares igual a um cavalo, morre.

• O lobo gigante de Bran, Verão, morre.

• E ele quebra a coluna ao cair de uma janela na tentativa de escalar uma torre.

Há dezenas de maneiras de ler as profecias. Desvendá-las é o segredo para descobrir o final de "Game of Thrones".

HBO

Muitos fãs tentaram fazer a profecia se aplicar a diversos personagens. Alguns acreditam que o Último Herói/Príncipe (ou Princesa) que foi prometido (a)/Azor Ahai seja Jorah, Jaime ou Gendry. A lista é longa.

Mas, e se estivéssemos olhando tudo isso da maneira errada?

Publicidade

Vamos por partes, porque é meio complicado. Na sexta temporada, o Corvo de Três Olhos, o último vidente verde, ensina Bran a se deslocar no tempo.

HBO

Bran é um warg, o que significa que ele pode transportar sua consciência para outros seres vivos. Ele também é um vidente verde, o que significa que pode ir para o passado, presente e futuro, conforme sua vontade.

Mas aqui está um detalhe importante: "O passado já está escrito", o Corvo de Três Olhos diz a ele. "A tinta está seca." Ele também avisa a Bran que, quando mais tempo um warg passa em outro corpo, mais difícil fica para sair. Você começa a esquecer que está lá.

Além disso, Bran não é um vidente verde muito competente. Ao voltar no tempo, na época em que Hodor é apenas uma criança, ele acidentalmente se transporta para o corpo de Hodor, comprometendo seu cérebro permanentemente.

E há evidências nos dois livros de que o Rei Louco, Aerys Targaryen, acabou enlouquecendo com as tentativas de Bran de avisá-lo sobre os Caminhantes Brancos.

HBO

A última ordem do Rei Louco foi "queime todos eles", o que parece algo que Bran diria ao tentar avisar as pessoas sobre os Caminhantes Brancos.

Um adendo à teoria de que Bran fica voltando no tempo para consertar as coisas: tanto Winterfell quanto a Muralha, que age como um escudo mágico que retém os Caminhantes Brancos, foram construídos por um membro da família Stark, durante a Era dos Heróis, chamado Brandon, o Construtor.

HBO

Há também muitas referências sobre Represeiros sussurrantes nos livros, algo que muitos fãs presumem ser Bran tentando se comunicar com o passado.

Publicidade

Então, e se Bran fica indo e voltando no tempo numa tentativa de impedir o retorno dos Caminhantes Brancos? E se nunca houve uma primeira invasão dos Caminhantes Brancos? E se todas as profecias fundamentais para a história de "Game of Thrones" forem, na realidade, um monte de avisos de Bran que nem foram ouvidos direito?

Durante uma das últimas jornadas de Bran através do tempo na sexta temporada, ele testemunha a criação do Rei da Noite.

HBO

Aqui está um resumo rápido caso você não se lembre: há milhares e milhares de anos, antes do início de "Game of Thrones", os Filhos da Floresta estavam em guerra com os Primeiros Homens. Então os Filhos da Floresta capturaram um dos Primeiros Homens e o apunhalaram no peito, tornando-o o primeiro Caminhante Branco, o Rei da Noite.

Publicidade

Então, vamos juntar tudo isso. E se Bran for o Rei da Noite? E se todas as profecias e mitos sobre a Longa Noite forem avisos do Bran no futuro?

HBO

E se "Game of Thrones" for, na verdade, sobre Bran tentando desfazer por diversas vezes o mal incontrolável criado durante os últimos momentos da guerra entre os Primeiros Homens e os Filhos da Floresta?

Bran tenta voltar no tempo para orquestrar uma série de eventos que eventualmente levam Dany e Jon a juntar forças para derrotá-lo, preso dentro do Rei da Noite.

Aqui está uma última evidência: George R.R. Martin aparentemente disse ao diretor de "Game of Thrones", Alan Taylor, que a reunião de Dany e Jon era o objetivo de toda a série.

RESUMO: Bran deu uma de Doctor Who e virou um zumbi do gelo que ferrou com todo mundo.

Este post foi traduzido do inglês.