back to top

40 coisas que só quem morou num internato vai entender

Existia um código secreto que você dizia por telefone para saber se a área estava "limpa" para o contrabando de coxinha.

publicado

1. Você achava que viveria num filme americano, mas tinha mais regras que na sua casa.

2. Você mantinha uma relação de amor e ódio com a comida do refeitório.

3. Em compensação, o almoço de sábado era a refeição mais aguardada.

4. Você ou algum colega vendia chocolate, refrigerante ou bolacha recheada.

5. Existia um código secreto que você dizia por telefone para saber se a área estava "limpa" para o contrabando de coxinha.

6. E você nunca pagou tão caro por um salgado.

7. Você já tentou vender comida e acabou comendo tudo.

8. Às vezes o ponto de venda era descoberto pelas monitoras e o mercado de lanches contrabandeados precisava se reorganizar.

9. Você nem gostava de Coca-Cola, mas ficou viciada só porque era proibido.

10. Não podia pegar na MÃO do seu namoradinho.

11. Beijar era quase impossível.

12. Por isso você e ele arrumaram esquemas secretos para namorarem à vontade.

13. Todo mundo te perguntava se era igual no filme do Harry Potter.

14. Mas o mais próximo que você chegou foi participar de um campeonato de queimada no lugar do quadribol.

15. Também não tinha uma murta que gemia no banheiro.

16. Você já se escondeu no guarda-roupa para não ir à aula e acabou dormindo DENTRO dele.

17. Alguma veterana SEMPRE roubava sua toalha na hora do banho.

18. Por isso você passou a tomar banho de biquíni ou sunga.

19. Ou se acostumou a ficar pelado na frente de todo mundo.

20. Os bolsistas precisavam trabalhar no colégio como "compensação".

21. Então você aprendeu a fazer QUALQUER coisa mesmo, desde ser recepcionista até rastelar o jardim do colégio num sol de meio-dia.

22. Aos finais de semana, você se juntava com muitas amigas e fazia um BALDE DE MIOJO COM SALSICHA.

23. As pessoas faziam de tudo nos quartos mesmo, até churrasco.

24. Roupas curtas eram proibidas.

25. A luz dos quartos era desligada entre 22h e 23h.

26. Por isso você aprendeu a se virar no escuro.

27. A preceptora, que era uma espécie de governanta do residencial, te chamava para orar na salinha dela quando você ficava de recuperação ou aprontava alguma.

28. Era obrigatório participar dos cultos cinco vezes por semana.

29. Se você faltasse muito, sua saída do colégio era bloqueada.

30. E aí valia tudo pra conseguir sair, desde entrar no porta-malas de algum carro até fazer uma trilha dentro de uma plantação.

31. Você sentia que vivia num mundo paralelo quando visitava a sua família.

32. Pois existia uma linguagem muito própria que você usava com seus colegas de internato.

33. Já que você era obrigada a dividir o guarda-roupa, suas coisas praticamente não eram mais suas.

34. Por isso, você passou a colocar seu nome em TUDO, desde tupperware até calcinhas.

32. Se você brigava com a sua melhor amiga, não tinha como fugir dela.

35. Todo semestre tinha um escândalo que dominava as conversas.

36. Se você precisasse comprar roupas, sempre tinha alguém fazendo um bazar nos corredores do residencial.

37. Os canais de televisão eram escolhidos a dedo pelas preceptoras.

38. O refeitório era como uma bomba prestes a explodir, qualquer prato que caía no chão era motivo para gritaria.

39. Você sofreu muito quando teve que ir embora.

40. E descobriu que, por mais que reclamasse tanto, amava aquele lugar.

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss