go to content

Estudos citados por Bela Gil não recomendam cúrcuma para escovar os dentes

Artigos científicos falam do uso da planta no tratamento de doenças e como enxaguante bucal aliado à escovação comum.

publicado

Nesta segunda-feira (20), Bela Gil recomendou aos seus seguidores no Facebook que escovassem os dentes com cúrcuma (ou açafrão-da-terra) em vez de pasta de dente.

facebook.com
Cara Bela, acredito que no quesito temperos, sabores podemos ter opinião, mas quando se fala em doença, saúde, temos que ter algo além. A indicação de algum produto para higiene bucal, envolve um dos fatores mais relevantes da doença cárie, extremamente impactante na saúde da nossa população. Cárie é uma doença que acomete 30% das crianças de até 5 anos de idade no Brasil, que está envolvida com dor, perda dentária, desnutrição, inclusive. Flúor da pasta de dentes é cientificamente provado como o maior responsável pelo controle da cárie no mundo, e num país como o nosso, com 40% da população adulta desdentada, temos que cuidar com o que falamos, ainda mais uma pessoa formadora de opinião como você e que desconhece cientificamente fatores de risco de cárie e protocolo para teste de qualquer tratamento em saúde. Por favor, continue a falar de temperos e sabores, que por sinal falas tão bem! É um cuidado com nossas crianças tão desassistidas e acometidas por doenças. Obrigada

Depois da repercussão, Bela publicou mais um post dizendo que "nunca quis ofender" ninguém e discorreu sobre os "efeitos maléficos da ingestão de flúor pela água e pasta de dente".

Facebook: belagiloficial

Em nenhum dos links fornecidos por Bela Gil, porém, recomenda-se usar cúrcuma diariamente no lugar da pasta de dente tradicional.

A cúrcuma é considerada uma alternativa segura, não tóxica e eficiente a muitos medicamentos convencionais devido às suas propriedades terapêuticas e aos seus efeitos múltiplos em vários sistemas do corpo. Seu papel no tratamento de cânceres é muito promissor. No entanto, há escassez de informação e pesquisa nessa área. Portanto, requerem-se mais pesquisas para determinar a dosagem ideal, a biodisponibilidade e a bio-eficácia de medicamentos baseados em cúrcuma.
Com base nas observações do nosso estudo, pode-se concluir que tanto o enxaguante bucal de gluconato de clorexidina quanto o de cúrcuma podem ser usados eficientemente como um complemento ao controle mecânico de placa na prevenção da placa e da gengivite. Ambos os enxaguantes bucais têm propriedades anti-placa, anti-inflamatórias e anti-microbiais. O enxaguante bucal de cúrcuma foi biocompatível e bem aceito por todos os indivíduos sem efeitos colaterais. É necessário estudar a substantividade do enxaguante bucal de cúrcuma no futuro.

Em entrevista ao G1, Bela Gil disse não se arrepender do post.

Via g1.globo.com

"Muita gente me falou ‘tira isso, é uma irresponsabilidade social’. Cada um tem seu olhar. Eu vou continuar com o meu. Gosto do que faço, das minhas experiências e acredito que faz quem quer e segue quem quer. Não estou aqui para apontar o dedo a ninguém”, afirmou ela.

Procurada pelo BuzzFeed Brasil, que pediu mais referências sobre a recomendação do uso de cúrcuma como pasta de dente, a assessoria de imprensa de Bela Gil enviou o link para um artigo sobre o "efeito de gel de cúrcuma oral no tratamento de gengivite".

Segundo o estudo, de H. Nilofer Farjana, S. C. Chandrasekaran e Bagavad Gita, da universidade Sree Balaji, na Índia, a cúrcuma se mostrou eficiente no tratamento de "dez indivíduos com gengivite severa".

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss