go to content

O que é um diário em tópicos e por que você deveria ter um

Um passo a passo.

publicado

Você já deve ter visto o termo "diário em tópicos" ("bullet journal") na internet nos últimos meses.

No ano passado, uma de minhas blogueiras favoritas disse que estava pensando em começar algo chamado "bullet journal". Como alguém que costumava ser uma adepta bem prolífica dos diários, mas que perdeu o hábito ao longo do tempo, eu fiquei muito intrigada. Eu acompanhei seu link para aprender mais sobre o conceito, e minha reação imediata foi: "Espera aí...o quê???" A explicação do site (e este vídeo) --ambos em inglês-- me deixaram muito impressionada e repleta de dúvidas. Tipo, isso é uma lista de afazeres ou um diário? O que é um "registro futuro"? E em que tipo de lista de afazeres você não risca as coisas concluídas, que todos nós sabemos ser a melhor parte de uma lista de afazeres?

Então eu dei uma olhada em outros blogs sobre essa coisa de diário em tópicos... e mesmo assim fiquei confusa, principalmente porque esses layouts lindos e super detalhados pareciam estar em contraste com as páginas resumidas mostradas no vídeo acima.

Mas, depois de descobrir que muitos de meus amigos estavam interessados no conceito e também super confusos com isso, TOMEI COMO TAREFA desvendá-lo.

Algumas noites depois, eu comprei um caderno e me sentei na frente do computador com o site aberto e um pedaço de papel, disposta a entender todo o conceito. E não demorou muito para que tudo começasse a fazer sentido. Na verdade, tudo é muito simples, só é difícil explicar para as pessoas!

Eu venho usando meu diário em tópicos diariamente, e estou ligeiramente obcecada com ele.

Um diário em tópicos é bom para...

- Pessoas que tem milhões de pequenas listas de afazeres soltas por aí

- Pessoas que gostam de listas de afazeres escritas à caneta e a lápis

- Pessoas que gostam de cumprir metas e monitorar hábitos

- Pessoas que gostam de artigos de papelaria, scrapbooking, canetas bonitas etc.

- Pessoas que realmente gostam de planejadores

- Pessoas que querem realmente gostar de planejadores ou serem mais organizadas

- Pessoas que gostariam realmente de manter um diário/agenda, mas têm dificuldades em seguir com o hábito

Porém... nenhuma dessas coisas é também requisito para passar a gostar de um diário em tópicos.

Veja o que você precisa saber para começar:

1. Primeiro, o sistema do diário em tópicos utiliza uma linguagem bem sofisticada que torna tudo mais difícil de entender. Veja o que significam esses termos:

Rachel W. Miller / Ellie Sunakawa / BuzzFeed

Diário em tópicos [bullet journal]: um método de entradas e anotações que utilizam marcadores como estrutura central

Índice: um painel de conteúdo que você atualiza ao longo do tempo

Registro Diário: coisas que você fez ou precisa fazer hoje (+ outras observações)

Registro Mensal: calendário mensal tradicional + coisas que você precisa fazer neste mês + coisas que você esqueceu de fazer no mês passado

Registro Rápido: símbolos que ajudam você a executar suas tarefas

Registro Futuro: calendário anual onde você coloca eventos, metas e coisas que você precisa fazer a longo prazo

2. A ideia principal por trás do diário em tópicos é que você faça anotações curtas em vez de escrever longas frases.

Rachel W. Miller / Ellie Sunakawa / BuzzFeed

O site do bullet journal chama isso de "registro rápido", o que faz com que pareça BEM mais complicado do que realmente é. É simplesmente fazer anotações rápidas sobre quaisquer coisas e, em seguida, marcar essas anotações com símbolos simples para classificá-las e acompanhá-las facilmente.

3. Você pode utilizar qualquer tipo de diário.

Rachel W. Miller / Ellie Sunakawa / BuzzFeed

O site diz: "As duas principais coisas que você deve ter em mente são o tamanho e a qualidade. Se for grande demais, será difícil carregar. Se for muito pequeno, será pouco prático. Certifique-se de usar algo que seja resistente para sempre levar com você."

Para meu primeiro diário, eu comprei um caderno pontilhado; os pontos ajudam a fazer diversos layouts, o que me ajudou.

4. Isso é uma lista de tarefas, um diário ou uma agenda?

Ellie Sunakawa / BuzzFeed

Esta era minha principal dúvida, e eu fiquei bem incomodada quando as pessoas me disseram que era tudo isso. Mas o diário em tópicos realmente é todas essas coisas!

Eu gosto do diário em tópicos porque esta é uma ótima maneira de controlar minhas atividades e experiências diárias, assim como minhas metas a longo prazo. Planejadores/listas de tarefas geralmente focam apenas naquilo que você fará no futuro, e diários focam geralmente naquilo que você fez no dia. Mas todas essas coisas nos fornecem um retrato completo de quem somos. A ideia de manter meu diário, minha lista pessoal de afazeres e minhas tarefas de escritório no mesmo lugar parecia absurda antes de começar meu diário em tópicos. Mas agora eu entendo como organizá-lo e por que faz sentido fazê-lo desta maneira.

Eu sempre fico surpresa com a quantidade de coisas que eu deixei de fora dos meus antigos diários — eu basicamente escrevia apenas sobre os garotos pelos quais eu tinha uma queda e nada mais. Eu quase não escrevia o suficiente sobre meus amigos, livros interessantes que estava lendo ou simplesmente sobre como era minha rotina. O diário em tópicos nos ajuda a controlar todas as coisas que estão acontecendo na vida e torna mais fácil acompanhar o que você quer realizar no futuro.

5. Quando você faz anotações rápidas, pode utilizar símbolos diferentes para identificá-las.

Rachel W. Miller / Ellie Sunakawa / BuzzFeed

Faça uma marcação ao lado das coisas que você precisa fazer, começando com um ponto básico " . " para coisas a fazer.

Depois, por exemplo, faça um "x" em cima do ponto básico para sinalizar as tarefas que foram completadas. (Eu sei que isso não satisfaz tanto quanto riscar a tarefa, mas é legal porque deixa o item mais visível, o que ajuda quando você está revisando coisas.)

Escreva o símbolo "menor que" (<) para mostrar que a tarefa foi agendada e escreva o símbolo "maior que" (>) para mostrar que a tarefa foi "adiada/transferida" — ou seja, você não a concluiu hoje/nesta semana/neste mês e portanto você mudou para a lista de outro dia/semana/mês.

Utilize um travessão para ideias rápidas, anotações ou eventos menores. Faça um círculo para sinalizar grandes eventos.

Faça um glossário de símbolos (seja no começo ou no fim de seu diário) para controlar o significado de todos eles.

Rachel W. Miller / Ellie Sunakawa / BuzzFeed

Lembrando que você pode criar seus próprios, não precisam ser os mesmos deste post.

6. Quando estiver fazendo anotações, a ideia é mantê-las bem curtas, mesmo se estiver lidando com algo muito grande e dramático.

Rachel W. Miller / Ellie Sunakawa / BuzzFeed

. Comprar leite
. Ir à academia
- Sam destruiu meu apartamento hoje

PORÉM você pode expandir suas anotações rápidas na página seguinte em frases completas como você faria em um diário tradicional. É ai que você pode ir a fundo em como se sente sobre a situação de Sam, se assim escolher.

Ellie Sunakawa / BuzzFeed

A ideia do diário em tópicos é que, assim que você passa a entender os símbolos básicos e a abordagem, você pode utilizá-lo para registrar e organizar basicamente qualquer tipo de tarefa — diária, mensal, do escritório, de casa, pessoal, escolar etc.

*Caso você, assim como eu, sinta-se sobrecarregada pela pressão de fazer um caderno novo de anotações parecer perfeito e odeie cometer erros com caneta, eu recomendo usar folhas de rascunho e delinear o caminho que você quer seguir nas primeiras páginas após ler os pontos adiantes, antes de começar realmente a utilizar seu diário em tópicos.

7. Cada página deve ter uma numeração.

Rachel W. Miller / Ellie Sunakawa / BuzzFeed

Você pode numerá-las todas de uma vez, mas eu não me preocupei com isso — eu apenas numero cerca de 10-20 páginas por vez.

8. E o diário deve começar com um índice.

Rachel W. Miller / Ellie Sunakawa / BuzzFeed

É basicamente como o índice de um livro, onde você lista todos os tópicos importantes e a numeração da página correspondente. Ao iniciar um diário em tópicos, talvez não haja muita coisa nele — você retornará ao índice e adicionará os tópicos e a numeração das páginas com o passar do tempo. Eu reservei duas páginas para o índice, apenas por precaução.

Você não precisa colocar tudo no seu índice, mas é um bom lugar para as coisas importantes que você talvez queira fazer referência posteriormente. O meu inclui projetos do tipo "faça você mesmo", trabalho, amigos, música, livros e escrita. O seu índice pode ser tão específico quanto você queira. Por exemplo, você pode criar um entrada única para "Viagens" e colocar todas páginas relacionadas lá, ou você pode dividir em coisas mais específicas (como, por exemplo, "Viagem à Disney" e "Viagem a Nova York").

9. As próximas quatro páginas são seus "registros futuros" — que é apenas seu calendário anual de grandes eventos.

Rachel E. Miller / Ellie Sunakawa / BuzzFeed

Chamar isso de "registros futuros" torna tudo isso mais distópico do que realmente é. É apenas um calendário.

O calendário é para coisas como aniversários, viagens ou até mesmo para eventos que você queira revisitar no ano. Novamente, você não precisa enchê-lo de detalhes logo de cara, você só precisa designar as páginas para ele. Você acrescentará novos itens conforme necessário posteriormente.

10. Depois, você pode definir páginas para quaisquer assuntos que você quiser acompanhar.

Rachel W. Miller / Ellie Sunakawa / BuzzFeed

E, se você decidir que quer adicionar uma dessas páginas (ou, desculpe-me, MÓDULOS) depois, você pode criá-las onde quer que estiver no diário. Apenas adicione o número da página ao seu índice para que você possa localizá-la facilmente.

11. Em seguida, muitos adeptos do diário em tópicos possuem ao menos duas páginas destinadas a visão geral de cada mês: uma página com calendário mensal e uma página com tarefas mensais.

Rachel W. Miller / Ellie Sunakawa / BuzzFeed

Há inúmeros layouts descolados para essas páginas (busque inspiração aqui), mas a maneira mais simples é simplesmente listar todas as datas do mês no lado esquerdo da página e anotar as coisas importantes — viagens, aniversários, reuniões etc. Se estiver usando isso para substituir o Google calendar (algo que eu não faço porque eu tenho reuniões de trabalho reagendadas constantemente), você irá querer fazer um layout mais parecido com um calendário mesmo.

A lista de tarefas mensal é para os deveres importantes que você quer realizar a cada mês —coisas como "marcar uma consulta com o oftalmologista" e "organizar a gaveta de meias". Essas coisas não precisam de uma data específica associada a elas. Novamente, ao listar essas coisas, você vai usar os símbolos de "registros rápidos"... o ponto simples, o X, o círculo etc. (É aqui que os símbolos para "transferência" e "agendados" tornam-se bem úteis!)

12. Se você quiser ter outras páginas de calendário mensal, você pode. Por exemplo, você pode querer acompanhar seu desempenho na academia ou o tempo que gasta com um hobby a cada mês. Portanto você pode usar o mesmo formato para criar essas páginas específicas.

Rachel W. Miller / Ellie Sunakawa / BuzzFeed

Março {Gratidão Diária}
1 Lavar lençóis
2 Café
3 Consegui um lugar no metrô
4 Amo minha irmã

13. OU você pode acompanhá-los todos em um calendário único, desse jeito:

Rachel W. Miller / Ellie Sunakawa / BuzzFeed

Li livros
Me desliguei às 22h
Yoga
Bebi álcool
Dei 10 mil passos
Academia
Dormi 7 horas

(Fala sério, é aqui que os sorrisos aparecem nos rostos de todo mundo, olha só que lindo é esse layout! Agradecimentos a Boho Berry pela inspiração.)

Assim que suas páginas mensais tiverem sido criadas, você poderá usar seu diário em tópicos para suas tarefas diárias, anotações etc.

14. Apesar dessa longa explicação, a arte do diário em tópicos não é algo que consome muito tempo (a não ser que você queira).

Rachel W. Miller / Ellie Sunakawa / BuzzFeed

Vejo seus dedinhos prestes a escreverem "Ninguém tem tempo para isso" nos comentários, mas deixa eu dizer uma coisa.

A configuração inicial de um diário em tópicos leva menos de uma hora, e eu gasto cerca de uma hora fazendo as novas folhas para cada mês. Além disso, eu costumo gastar de 10 a 20 minutos a cada noite com ele; é uma boa forma de me desconectar e arejar a cabeça antes de dormir. Como a maioria das coisas, eu descobri que assim que comecei meu diário em tópicos, pude concluir mais coisas do que eu esperava. Mas o tempo que se gasta nele depende muito de você.

15. Algumas pessoas se esforçam bastante para manter seus diários em tópicos belos e chiques...e você pode fazer assim também, mas com certeza não é uma obrigação.

Lauren Zaser / Ellie Sunakawa / BuzzFeed

Muitos "viciados em bullet journal" — como eles são conhecidos no Instagram — passam muito tempo deixando suas páginas maravilhosas. Se você está buscando um hobby/atividade criativa e já tem um talento artístico, isso faz muito sentido. Mas esse tipo de abordagem não é um requisito.

Embora eu tenho uma boa escrita e alguma experiência com letras feitas à mão, eu sabia que, se me prendesse muito aos layouts e aos códigos de cores, eu teria menos chances de colocar a ideia de ter um diário em tópicos em prática. Depois de um mês com meu diário, e de ter certeza que ele já era um hábito enraizado, eu decidi que podia colori-lo um pouco sem problemas. E depois de alguns meses eu comecei a fazer layouts semanais mais elaborados. Mas é totalmente aceitável fazer uma abordagem mais minimalista, não há problema algum. (E também eu uso cores nos cabeçalhos, portanto, se eu esquecer minha caneta verde, eu simplesmente posso utilizar um lápis como substituto.)

16. Não pense demais sobre ele!

Rachel W. Miller / Ellie Sunakawa / BuzzFeed

Embora eu acredite que planejar detalhadamente as primeiras páginas antes de começar seja útil, não há necessidade de pensar em um ano inteiro de layouts logo no primeiro dia. Além de provavelmente encher diversos diários durante o ano, você descobrirá o que precisa e o que não precisa ao longo do caminho. Uma das maiores lições que eu aprendi depois que comecei a fazer meu diário em tópicos é que você cometerá erros (à caneta!) e você terá que simplesmente lidar com eles. É melhor não querer enfeitar muito e apenas começar a escrever logo.

Este post foi traduzido do inglês.

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss