back to top

A carta desta moça de 27 anos que morreu de câncer pode mudar a forma como você encara a vida

"A vida é assim, ela é frágil, preciosa e imprevisível. Todos os dias são uma dádiva e não um direito adquirido."

publicado

No dia 3 de janeiro, Holly Butcher, ciente de que seu câncer já estava em estágio terminal, postou uma lista com lições de vida no Facebook. No dia 4 de janeiro, ela morreu ao lado de sua família. Holly tinha 27 anos de idade.

A última mensagem deixada por ela para seus amigos e conhecidos viralizou postumamente, com suas palavras tocando pessoas do mundo todo.

Facebook: hollybutcher90

A "mensagem antes de morrer", como foi descrita por Holly, já foi compartilhada mais de 100 mil vezes.

Publicidade

Holly, que morava na cidade de Grafton em Nova Gales do Sul, Austrália, morreu em virtude de um sarcoma de Ewing – uma rara forma de câncer nos ossos que afeta principalmente jovens.

facebook.com

Sua emocionante carta, na qual ela fala abertamente sobre a própria mortalidade, é antes de tudo um apelo para que seus entes queridos reconheçam a importância de cada momento.

"Eu sempre me imaginei envelhecendo, ficando enrugada e com os cabelos grisalhos – muito provavelmente causados por minha linda família (várias crianças), que eu planejava constituir com o amor da minha vida. Quero tanto isso que chega a doer", diz Holly no início de sua última mensagem.

facebook.com

Mas ela continua: "Só quero que as pessoas parem de se preocupar com os estresses pequenos e insignificantes da vida e tentem se lembrar de que todos nós vamos para o mesmo lugar depois daqui. Por isso, faça o que puder para que seu tempo de vida seja incrível e valha a pena, deixando as bobagens de lado."

A carta de Holly deve ser lida na íntegra, mas aqui estão algumas das lições de vida que são fruto da sabedoria de uma jovem e vibrante mulher, cuja vida tomou um rumo inesperado:

Lembre-se de que uma boa saúde envolve muito mais do que o corpo físico... esforce-se de igual maneira para encontrar sua felicidade mental, emocional e espiritual. Dessa forma talvez perceba o quão insignificante e irrelevante é ter o tal do corpo perfeito, tão retratado nas mídias sociais... Ainda nesse assunto, apague qualquer conta que apareça no seu feed de notícias e que faça com que você se sinta mal consigo mesmo. De amigo ou não... Seja impiedoso para o seu próprio bem-estar.

Publicidade

"Aproveitem o momento, povo! Parem de tentar capturá-lo para o resto do mundo."

facebook.com

Tente aproveitar e se fazer presente nos momentos, em vez de capturá-los através da tela do seu celular. A vida não foi feita para ser vivida através de uma tela e nem se trata de tirar a foto perfeita.

Tente aproveitar e se fazer presente nos momentos, em vez de capturá-los através da tela do seu celular. A vida não foi feita para ser vivida através de uma tela e nem se trata de tirar a foto perfeita.

Eu tentei viver uma vida saudável. Na verdade, essa provavelmente era a minha maior paixão. Seja grato pela sua boa saúde e pelo bom funcionamento do seu corpo – mesmo que ele não esteja no seu tamanho ideal. Cuide dele e reconheça o quão fantástico ele é. Mantenha ele em movimento e o alimente com comidas frescas. Não fique obcecado por ele.

Publicidade

Eu estou com 27 anos agora. Eu não quero partir. Eu amo minha vida. Sou feliz... E devo isso aos meus entes queridos. Mas é algo que está fora do meu controle.

... Talvez você tenha pegado um trânsito horrível hoje, ou tenha dormido mal por causa do seu lindo bebê, ou seu cabeleireiro cortou o seu cabelo curto demais. Talvez suas unhas postiças tenham quebrado, seus seios sejam pequenos demais, ou você tem celulite na bunda e sua barriga está proeminente.

Não ligue para essas merdas... Eu garanto que você não estará pensando nessas coisas quando chegar a sua hora de partir. É tudo TÃO insignificante quando se olha para a vida como um todo. Estou vendo meu corpo se deteriorando diante dos meus olhos e não há nada que eu possa fazer. Tudo o que eu queria agora é apenas mais um aniversário ou Natal com a minha família, ou apenas mais um dia com o meu parceiro e o meu cão. Apenas mais um.

É estranho ter dinheiro para gastar no fim... quando você está morrendo. Não é um período em que você sai para comprar as coisas materiais que normalmente compraria, como um novo vestido. Isso faz você pensar em como é bobagem achar que vale a pena gastar tanto dinheiro com roupas novas e 'coisas' nas nossas vidas.

Gaste com um agrado para os amigos em vez de comprar outro vestido, produto de beleza ou joia para aquele casamento que está chegando. 1. Ninguém se importa se você usa a mesma roupa duas vezes. 2. Faz bem. Leve-os para comer fora ou, melhor ainda, cozinhe para eles. Pague um café para eles. Dê/pague uma planta, uma massagem ou uma vela e diga o quanto os ama quando for entregar o presente.

Descanse em paz, Holly. Você nos deixou com muita coisa em que pensar.

Alguns conselhos para a vida da Hol:

É estranho compreender e aceitar sua mortalidade aos 26 anos de idade. Essa é apenas uma dessas coisas que você ignora. Os dias vão passando e você apenas espera que continue assim. Até que acontece o inesperado. Eu sempre me imaginei envelhecendo, ficando enrugada e com os cabelos grisalhos – muito provavelmente causados por minha linda família (várias crianças), que eu planejava constituir com o amor da minha vida. Quero tanto isso que chega a doer.

A vida é assim, ela é frágil, preciosa e imprevisível. Todos os dias são uma dádiva e não um direito adquirido.

Eu estou com 27 anos agora. Eu não quero partir. Eu amo minha vida. Sou feliz... E devo isso aos meus entes queridos. Mas é algo que está fora do meu controle.

Eu não escrevi esta 'mensagem antes de morrer' para que a morte seja algo temido – aprecio o fato de que geralmente ignoramos sua inevitabilidade... Exceto quando quero falar sobre isso e o tópico vira um 'tabu', algo que nunca acontecerá com nenhum de nós. Isso foi meio difícil. Só quero que as pessoas parem de se preocupar com os estresses pequenos e insignificantes da vida e tentem se lembrar de que todos nós vamos para o mesmo lugar depois daqui. Por isso, faça o que puder para que seu tempo de vida seja incrível e valha a pena, deixando as bobagens de lado.

Coloquei muito do que penso abaixo, pois tive muito tempo para pensar sobre a vida nos últimos meses. E é óbvio que esses pensamentos aleatórios surgem na minha cabeça geralmente no meio da noite.

Quando você estiver reclamando de coisas ridículas (algo que vi ocorrer com muita frequência nestes últimos meses), pense em alguém que está realmente com problemas. Agradeça por seus pequenos problemas e os supere. Não há problema em achar que algo é irritante, mas tente não se prender a isso e afetar negativamente o dia de outras pessoas.

Depois que fizer isso, saia e encha os pulmões com uma grande lufada de ar fresco, veja como o céu é azul e como as árvores são verdes. É tão lindo. Pense como você é sortudo por poder fazer isso – respirar.

Talvez você tenha pegado um trânsito horrível hoje, ou tenha dormido mal por causa do seu lindo bebê, ou seu cabeleireiro cortou o seu cabelo curto demais. Talvez suas unhas postiças tenham quebrado, seus seios sejam pequenos demais, ou você tem celulite na bunda e sua barriga está proeminente.

Não ligue para essas merdas... Eu garanto que você não estará pensando nessas coisas quando chegar a sua hora de partir. É tudo TÃO insignificante quando se olha para a vida como um todo. Estou vendo meu corpo se deteriorando diante dos meus olhos e não há nada que eu possa fazer. Tudo o que eu queria agora é apenas mais um aniversário ou Natal com a minha família, ou apenas mais um dia com o meu parceiro e o meu cão. Apenas mais um.

Eu escuto as pessoas reclamarem sobre como seu trabalho é horrível ou como é difícil fazer exercícios – agradeça por ser fisicamente capaz de fazer isso. Trabalho e exercícios podem parecer coisas tão triviais... até seu corpo não deixar que você faça nenhum dos dois.

Eu tentei viver uma vida saudável. Na verdade, essa provavelmente era a minha maior paixão. Seja grato pela sua boa saúde e pelo bom funcionamento do seu corpo – mesmo que ele não esteja no seu tamanho ideal. Cuide dele e reconheça o quão fantástico ele é. Mantenha ele em movimento e o alimente com comidas frescas. Não fique obcecado com ele.

Lembre-se que uma boa saúde envolve muito mais do que o corpo físico... esforce-se de igual maneira para encontrar sua felicidade mental, emocional e espiritual. Dessa forma talvez perceba o quão insignificante e irrelevante é ter o tal do corpo perfeito, tão retratado nas mídias sociais... Ainda nesse assunto, apague qualquer conta que apareça no seu feed de notícias e que faça com que você se sinta mal consigo mesmo. De amigo ou não... Seja impiedoso para o seu próprio bem-estar.

Agradeça todos os dias em que não estiver com dores. E mesmo nos dias em que estiver gripado, com dores nas costas ou com uma torção no tornozelo, reconheça que é uma merda, mas seja grato por não ser algo fatal e que vai passar.

Reclamem menos, pessoal! ... E ajudem mais os outros.

Dar, dar, dar. É verdade que você fica mais feliz fazendo coisas para os outros do que para si mesmo. Eu queria ter feito mais isso. Depois que adoeci, conheci as pessoas mais incrivelmente generosas e amáveis e recebi as palavras mais lindas e amáveis e o apoio da minha família, amigos e estranhos. Muito mais do que eu poderia fazer por eles. Eu nunca esquecerei disso e serei eternamente grata a todas essas pessoas.

É estranho ter dinheiro para gastar no fim... quando você está morrendo. Não é um período em que você sai para comprar as coisas materiais que normalmente compraria, como um novo vestido. Isso faz você pensar em como é bobagem achar que vale a pena gastar tanto dinheiro com roupas novas e 'coisas' nas nossas vidas.

Gaste com um agrado para os amigos em vez de comprar outro vestido, produto de beleza ou joia para aquele casamento que está chegando. 1. Ninguém se importa se você usa a mesma roupa duas vezes. 2. Faz bem. Leve-os para comer fora ou, melhor ainda, cozinhe para eles. Pague um café para eles. Dê/pague uma planta, uma massagem ou uma vela e diga o quanto ama eles quando for entregar o presente.

Valorize o tempo dos outros. Não deixe as pessoas esperando só porque você não consegue chegar no horário. Arrume-se mais cedo se você é uma dessas pessoas e agradeça pelo fato de seus amigos quererem compartilhar o tempo deles com você e não sozinhos, esperando alguém chegar. Você também ganhará o respeito deles! Amém a isso.

Este ano, minha família decidiu não trocar presentes e, apesar da árvore parecer meio triste e vazia (quase tive um colapso na véspera do Natal), foi muito legal porque as pessoas não sentiram a pressão de sair para comprar presentes e todo esse esforço foi posto nos belos cartões que escrevemos uns para os outros. Além disso, imagine como seria para minha família tentar comprar um presente para mim sabendo que aquilo ficaria para eles... estranho! Pode parecer piegas, mas a importância daqueles cartões para mim é muito maior do que a de qualquer compra impulsiva. Devo dizer que isso também foi fácil de fazer porque não temos crianças pequenas aqui. De qualquer modo, moral da história – presentes não são necessários para um belo Natal. Continuando.

Use o seu dinheiro em experiências... Não perca experiências porque gastou todo o dinheiro com porcarias materiais.

Esforce-se para fazer aquela viagem à praia que você continua adiando. Coloque os pés na água e enterre os dedos na areia. Molhe o rosto com a água salgada.

Vá curtir a natureza.

Tente aproveitar e se fazer presente nos momentos, em vez de capturá-los através da tela do seu celular. A vida não foi feita para ser vivida através de uma tela e nem se trata de tirar a foto perfeita... aproveitem o diabo do momento, povo! Parem de tentar capturá-lo para o resto do mundo.

Pergunta retórica aleatória. Todas aquelas horas que você gasta com o cabelo ou a maquiagem todos os dias ou quando vai sair valem realmente a pena? Isso é algo que nunca entendi nas mulheres 🤔.

Acorde mais cedo às vezes, ouça os pássaros e veja as belas cores do nascer do sol.

Escute música... mas escute de verdade. Música é terapia. As antigas são as melhores.

Faça carinho no seu cachorro. Vou sentir muita falta disso.

Fale com seus amigos. Largue o telefone. Eles estão bem?

Viaje se quiser, não viaje se não quiser.

Trabalhe para viver, não viva para trabalhar.

Sério, faça o que deixar o seu coração feliz.

Coma bolo. Sem culpa.

Diga não às coisas que não quer fazer.

Não se sinta pressionado a fazer o que as outras pessoas consideram como realizações na vida... talvez você queira uma vida medíocre e não há problema nisso.

Diga aos seus entes queridos que você os ama sempre que puder e ame eles com todas as forças do seu ser.

E lembre-se, caso algo esteja fazendo com que você se sinta mal, você tem o poder de mudar isso – seja no trabalho, no amor ou em qualquer outra situação. Tenha coragem para mudar. Você não sabe quanto tempo tem na Terra, então não gaste vivendo triste. Eu sei que essa é uma frase batida, mas ela é muito verdadeira.

Bem, esses são apenas os conselhos de vida desta garota aqui. Use-os ou dê de ombros, não me importo.

Ah, mais uma coisa. Se você puder, faça uma boa ação para a humanidade (e para mim) e comece a doar sangue regularmente. Isso fará você se sentir bem e ainda salvará vidas. Acho que isso é algo tão ignorado, ainda mais levando em conta que cada doação pode salvar 3 vidas! É um impacto gigantesco que todos podem ter e o processo é muito simples.

As doações de sangue (todas as incontáveis bolsas) me ajudaram a permanecer viva por mais um ano – ano pelo qual serei eternamente grata de poder ter passado aqui na Terra, com minha família, amigos e cachorro. Um ano em que eu tive alguns dos melhores momentos da minha vida.

..’ Até a próxima.

Hol

Beijos

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil no seu celular? Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.

Este post foi traduzido do inglês.

Em parceria com