back to top

Taylor Swift chamou a música de Kanye West de "misógina"

O agente de Swift disse ao BuzzFeed News em um comunicado que o rapper inicialmente a havia procurado para promover sua música "Famous", mas ela se recusou.

publicado

Taylor Swift "advertiu" Kanye West sobre lançar uma música no novo álbum dele por causa de sua "mensagem misógina", ou de desprezo pelas mulheres, disse o agente de Swift ao BuzzFeed News.

West tocou seu futuro álbum, The Life of Pablo, na quinta-feira no Madison Square Garden, e uma frase na música "Famous" parecia fazer referência a Taylor Swift: "Acho que eu e Taylor ainda devíamos fazer sexo, eu dei fama àquela vadia."

Embora o álbum ainda vá ser lançado para streaming ou download, a letra causou alvoroço nas redes sociais, levando muitos, como a atriz Ruby Rose, a criticar o rapper.

Em reação à letra de West, o irmão de Taylor Swift, Austin, publicou um vídeo na quinta-feira no Instagram em que jogava seus tênis Yeezy no lixo.

Os dois têm um histórico de tensão desde o infame incidente no VMA de 2009, em que West invadiu o palco e interrompeu o discurso de aceitação de Swift, dizendo que ela não merecia o prêmio.

Mas no VMA de 2015, Swift entregou a ele o prêmio Video Vanguard da MTV.

Na quinta-feira à noite, o agente de Swift disse ao BuzzFeed News em um comunicado que o rapper inicialmente a havia procurado para promover sua música "Famous", mas ela se recusou.

O comunicado diz na íntegra:

Kanye não ligou para pedir aprovação, mas para pedir que Taylor lançasse seu single "Famous" na conta dela no Twitter. Ela se recusou e o advertiu contra lançar uma música com uma mensagem misógina tão forte. Taylor nunca ficou sabendo do trecho "eu dei fama àquela vadia".

O BuzzFeed News procurou o agente de Swift com perguntas adicionais, mas ainda não recebeu uma resposta. Também procurou um representante de Kanye West.

West tem promovido seu futuro lançamento e acabou entrando em uma notória briga pública no Twitter, bem como dizendo outras coisinhas, principalmente sobre Bill Cosby, Wiz Khalifa e Amber Rose. Ele também mudou o nome de seu álbum várias vezes, mais recentemente decidindo por The Life of Pablo.

Em parceria com