go to content

Capa da New York Magazine traz mulheres que acusam Bill Cosby de estupro

A capa traz 35 mulheres que acusaram Bill Cosby de agressão sexual, bem como uma cadeira vazia. As pessoas reagiram usando #theemptychair para contar suas histórias.

publicado

No domingo à noite, a New York Magazine publicou sua edição mais recente com uma matéria de capa sobre 35 das 46 mulheres que acusaram Bill Cosby de ter abusado sexualmente delas ao longo das últimas décadas.

A matéria da New York Magazine escrita por Noreen Malone inclui entrevistas com 35 mulheres que acusam Bill Cosby. Elas se apresentaram ao longo de vários anos, mas o número de acusadoras aumentou bastante no ano passado.

Um testemunho publicado na semana passada de um caso de 2005 revela que o comediante admitiu ter adquirido quaaludes (um sedativo) para ter relações sexuais com mulheres.

O perfil das 35 acusadoras mostra que são mulheres de diversas idades em todos os tipos de carreiras — garçonetes, jornalistas, coelhinhas da Playboy —, mas que têm semelhanças surpreendentes em suas histórias de como Cosby as atacou.

A capa da New York Magazine incluiu uma imagem em preto e branco de 35 mulheres, que acusaram Cosby de agressão sexual e estavam dispostas a ser fotografadas, sentadas ao lado de uma cadeira que permaneceu vazia.

Powerful. We likely all have someone in our lives who could sit in #TheEmptyChair. Sad, but true.

"Poderoso. Nós todos temos alguém nas nossas vidas que poderia se sentar na #TheEmptyChair (ACadeiraVazia). Triste, mas é verdade."

A reação nas redes sociais à imagem da capa e à matéria foi repleta de elogios ao trabalho da revista.

So glad @NYMag has put its powers to this collection of stories of Cosby's victims. Bravo to all. #TheEmptyChair http://t.co/sdU4bLQQP4

"Muito feliz que a @NYMag coloca as histórias das vítimas do Cosby na sua capa. Parabéns a todos"

Diz-se que a cadeira vazia representa as mulheres que permanecem em silêncio sobre suas experiências de violência sexual.

"Many of the women say they know of others still out there who’ve chosen to remain silent." #TheEmptyChair http://t.co/y2UG3wW20g @NYMag

"Muitas das mulheres dizem que elas sabem de outras que escolheram o silêncio".

Em resposta à poderosa imagem da capa, a hashtag #theemptychair quase que imediatamente começou a se espalhar on-line.

#TheEmptyChair signals the women who couldn't come forward mostly b/c we, as a culture, wouldn't believe them. https://t.co/fiG8qii2iO

"#TheEmptyChair (ACadeiraVazia) representa as mulheres que não se revelaram em sua maioria porque nós, como cultura, não acreditaríamos nelas".

The art direction NY Mag used for #TheEmptyChair is so effective because you’re forced to acknowledge these women as individual people.

"A direção de arte que a NY Mag usou para #ACadeiraVazia é tão eficiente porque você é forçado a pensar nestas mulheres como indivíduos".

As pessoas usaram a hashtag para falar sobre suas próprias histórias de serem a pessoa na cadeira vazia e para incentivar as pessoas que tinham sido silenciadas a se apresentarem.

Be there for the folks in #TheEmptyChair. Let them know they have your support, and they're not alone. ❤️ https://t.co/SULPpjhLfU

Também deu-se continuidade à discussão da traição de Cosby e de como a cultura do estupro tem silenciado as mulheres por tanto tempo.

More than 80,000 American children are sexually abused each year. Many of them are afraid to tell anyone. #TheEmptyChair

"Mais de 80 mil crianças americanas são abusadas a cada ano. Muitas delas tem medo de contar isso para alguém #ACadeiraVazia"

O New York Daily News também lançou uma edição com sua reportagem de capa de segunda-feira sobre Cosby que o chamou de "estuprador da América" ​​e deixou muitas pessoas nas redes sociais em choque.

Are yall serious! RT @NYDailyNews: AMERICA'S RAPIST http://t.co/mY1Q8RClki BOBBI KRISTINA DEAD http://t.co/MQBGqazFmb

Wow. Strong covers from NY Mag and NY Daily News on Cosby.

Every. Tasty. Video. EVER. The new Tasty app is here!

Dismiss