back to top

9 coisas que surdos gostariam de te contar

Em libras ou não! :)

publicado

Este post foi feito com a ajuda de Paula Pfeifer do blog Crônicas da Surdez, Luciano Moreira, do Portal Otorrino e a professora Pâmela Matos.

1. O termo surdos-mudos na maioria das vezes é aplicado incorretamente.

instagram.com

A maioria dos surdos podem ser capazes de falar após passar por terapia fonoaudiológica. Mas o termo acabou se popularizando porque antes dessas terapias existirem muitos surdos não desenvolviam a fala e acabavam sendo considerados deficientes mentais surdos-mudos, um diagnóstico que muitas vezes não era correto.

2. Cada pessoa surda vai ter sua maneira de lidar com a sua surdez.

Muitos surdos aceitam muito bem sua condição física e linguística, enquanto há o que vão se espelhar nos ouvintes. Ou seja: tem quem use implante e você nunca vai imaginar que a pessoa é surda, há quem seja oralizado, mas também se beneficia da linguagem das libras e até também quem escolha se comunicar exclusivamente por libras. Cada surdo vai ter sua identidade e seu olhar sobre a surdez.
br.pinterest.com

Muitos surdos aceitam muito bem sua condição física e linguística, enquanto há o que vão se espelhar nos ouvintes. Ou seja: tem quem use implante e você nunca vai imaginar que a pessoa é surda, há quem seja oralizado, mas também se beneficia da linguagem das libras e até também quem escolha se comunicar exclusivamente por libras. Cada surdo vai ter sua identidade e seu olhar sobre a surdez.

3. Todos os recém-nascidos do Brasil devem fazer o Teste da Orelhinha.

instagram.com

Assim como o Teste do Pezinho, que detecta precocemente algumas doenças sérias, o Teste da Orelhinha também é lei no Brasil e é capaz de diagnosticar se o bebê tem algum tipo de perda auditiva. Ele é importante para que os bebês possam começar a reabilitação o quanto antes. Aqueles que não forem “aprovados” no teste, são encaminhados para uma avaliação mais completa.

4. Os seus ouvidos captam, mas quem "escuta" mesmo é o cérebro.

instagram.com

A captação dos estímulos sonoros acontece através dos ouvidos, mas o processamento destes estímulos e a tradução disso para o que se conhece por som acontece no córtex cerebral.

5. Isso possibilita que a audição quase sempre possa ser restaurada com a ajuda de implantes!

instagram.com

Visão, audição, olfato, tato e paladar podem ser perdidos em graus variáveis. Mas diante de uma perda total de sua função, o ouvido é o único órgão sensorial humano que pode ser substituído bionicamente por um implante.

6. Um implante novinho não vai começar a funcionar na hora como um óculos.

instagram.com

Você deve passar por período de adaptação até que seu cérebro se adapte ao implante. Além disso, os aparelhos são compostos de circuitos eletrônicos que devem ser regulados até que se chegue no ponto ideal para o usuário. Aparelho auditivo não é um ouvido novo, portanto, espere um dispositivo que te ajude, não espere perfeição.

7. Se você fala a língua de sinais aqui no Brasil não significa necessariamente que você vai poder falar com pessoas de outros países.

instagram.com

A língua dos sinais não é universal e cada país vai ter a sua. Até mesmo no Brasil, devido ao nosso gigantesco tamanho geográfico existe bastante variação regional, assim como no nosso português.

8. Os implantes de hoje em dia estão muito modernos!

instagram.com

Os implantes de hoje cancelam ruídos, funcionam embaixo d'água, te permitem atender o telefone no meio do show e entender a pessoa do outro lado da linha, tem conectividade com a TV, com o celular e podem até te avisar quando seus emails chegam!

9. São coisas diferentes que ajudam a vida de um surdo.

instagram.com

Para os surdos sinalizados, ela é o intérprete de libras. Para os surdos oralizados (que conseguem falar), acessibilidade são legendas, aro magnético e adequações acústicas no ambiente (que tornam o som mais audível para aparelhos auditivos e IC’s, além de facilitar a leitura labial.

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.