back to top

8 pessoas que tiveram o poder de decidir o que é mimimi e o que não é

Que sorte que a gente tem de contar com essas pessoas!

publicado

1. O Washington Olivetto, que chamou "empoderamento feminino" e outros jargões publicitários de clichê. Mas terminou a entrevista comparando mulher a um Porsche.

Facebook: bbcbrasil

A palavra pode ser um clichê, mas quando os homens acham que a mulher é comparável a um carro, por mais por clichê que seja, o empoderamento tem que acontecer de algum jeito.

2. O MC Livinho, ao defender a música "Covardia" da acusação de apologia ao estupro, chamou quem não gostou da letra "família mimimi".

Facebook: video.php

"Vou abusar bem dessa mina
Toma, toma pica tranquilinha
Primeira vez foi covardia
Não te conhecia
Agora toma
", diz a letra de "Covardia".

Você não precisa ser um abusador para fazer apologia a um comportamento abusivo. Em um país onde um estupro é notificado a cada 11 minutos, uma letra "brincando" com abuso não é exatamente "criativa" ou "diferente". É apenas cruel.

3. Este comentarista que teve uma opinião sobre o apresentador Rodrigo Bocardi ter se desculpado depois de comentar sobre uma nova espécie de cebolas que "não faria as donas de casa chorarem".

Facebook: TerraBrasil
Publicidade

4. Este comentarista que elogiou a chef Paola Carossela pelo jogo de cintura ao lidar com perguntas inadequadas do chef Jacquin, mas chamou de "mimimi" e "vitimismo" as reações de mulheres que não são como a dela.

Instagram: @erickjacquin

"Você já fez sexo em cima da mesa dentro da cozinha?", foi a última pergunta da série de perguntas que Jacquin fez a Paola. Ela se recusou a responder.

5. A Patrícia Abravanel, que disse que tudo é um "mimimi" depois que Fernanda Lima respondeu aos comentários de Silvio Santos.

Facebook: folhadesp

"Com essas pernas finas e essa cara de gripe, com ela não teria nem amor nem sexo", disse o apresentador durante o quadro "De Olho nas Celebridades" do "Programa Silvio Santos".

Fernanda Lima reforçou sua crítica ao dar regram neste texto de Milly Lacombe.

Aqui rola uma questão hierárquica. O Silvio Santos é um homem muito querido do público e de muito mais poder e tempo na mídia. Mas se uma mulher acha ruim que ele esteja fazendo brincadeiras inadequadas, ela está fazendo "mimimi", "ela está querendo aparecer". A mulher tem que ser "leve", certo?

Publicidade

6. O Alexandre Frota, que resolveu apenas mudar o foco depois que a deputada Shéridan Oliveira pediu punição para quem a chamou de "gostosa" no meio da votação da denúncia contra Michel Temer.

facebook.com

Quando alguém insiste em falar sobre a sua aparência quando você está no trabalho falando de trabalho é um jeito de minimizar o seu desempenho, te transformar em objeto decorativo e indiretamente dizer que você não tinha nada que estar ali. Mulher tem que ser gostosa, elegante e já está bom, né?

7. Um novo comentarista que opinou se a Anitta estaria ou não cometendo apropriação cultural.

Facebook: folhadesp

Apropriação cultural é um tema muito polêmico, mas simplificadamente é a classe dominante pegando uma coisinha ou outra da cultura de quem é minoria e decidindo que a partir de agora isso é legal. Será que é "mimimi"? Eu não sei. Mas será que quem não é minoria é quem decide isso?

8. Mais um comentarista ao dar seu pitaco se nova música música de Chico Buarque, "Tua Cantiga", seria machista.

Facebook: jornaloglobo
Publicidade

É mesmo um porre que 5,5 milhões de crianças brasileiras estejam sem o nome do pai na certidão. Não existe romantismo no homem que cogita abandonar filhos por alguém. A única justificativa é que este alguém seja ele mesmo.