back to top

É por isso que o ciúmes e a inveja fazem tão mal

A inveja e o ciúme são emoções complexas. Falamos com alguns especialistas sobre por que isso parece tão ruim e como você pode domar este terrível sentimento.

publicado

Você já sabe que a inveja e o ciúme são sentimentos terríveis. Eles podem afetar o seu trabalho, seus relacionamentos e sua vida.

Mas por que ele realmente se sente tão mal? E como você pode torná-lo melhor? O BuzzFeed Life conversou com especialistas em psicologia e consciência para descobrir como domar essa emoção comum, mas destrutiva, e como você pode dar a ela uma interpretação positiva.
Gece33 / Getty Images

Mas por que ele realmente se sente tão mal? E como você pode torná-lo melhor? O BuzzFeed Life conversou com especialistas em psicologia e consciência para descobrir como domar essa emoção comum, mas destrutiva, e como você pode dar a ela uma interpretação positiva.

1. Há uma diferença entre a inveja e o ciúme, mas ambos tem a ver com o medo.

A inveja é o medo de lhe faltar alguma coisa. É uma emoção de duas partes: a pessoa A quer o que a pessoa B tem. Por exemplo, você gostaria de ter o emprego de outra pessoa. O ciúme é o medo de que você vai perder algo que já tem. É uma emoção de três partes: a pessoa A está preocupada com a perda da pessoa (ou coisa) B por causa da pessoa (ou coisa) C. Por exemplo, você acha que seu emprego está em perigo porque alguém está se saindo bem em seu próprio trabalho.
Eduardsv / Getty Images

A inveja é o medo de lhe faltar alguma coisa. É uma emoção de duas partes: a pessoa A quer o que a pessoa B tem. Por exemplo, você gostaria de ter o emprego de outra pessoa.

O ciúme é o medo de que você vai perder algo que já tem. É uma emoção de três partes: a pessoa A está preocupada com a perda da pessoa (ou coisa) B por causa da pessoa (ou coisa) C. Por exemplo, você acha que seu emprego está em perigo porque alguém está se saindo bem em seu próprio trabalho.

2. A inveja e o ciúme são totalmente normais.

A inveja e o ciúme são, basicamente, o resultado de se sentir competitivo com outras pessoas — culpe seus instintos animais por isso."No mundo dos mamíferos, a serotonina realmente motiva você a se sentir bem quando se compara favoravelmente com os outros", Loretta G. Breuning, professora emérita de gestão na California State University, autora de Your Happy Chemicals e fundadora do Inner Mammal Institute, disse ao BuzzFeed Life.
Eduardsv / Getty Images

A inveja e o ciúme são, basicamente, o resultado de se sentir competitivo com outras pessoas — culpe seus instintos animais por isso.

"No mundo dos mamíferos, a serotonina realmente motiva você a se sentir bem quando se compara favoravelmente com os outros", Loretta G. Breuning, professora emérita de gestão na California State University, autora de Your Happy Chemicals e fundadora do Inner Mammal Institute, disse ao BuzzFeed Life.

3. Quando você está com ciúmes, pode realmente sentir como se estivesse sendo atacado (mesmo que isso não seja realmente o caso).

"Os animais estão constantemente comparando-se aos outros, Quando os animais estão na posição de vantagem, eles pensam: 'Eu posso conseguir a banana'. Mas se eles estão na posição de desvantagem, eles pensam: 'É melhor eu não tentar aquela banana, porque eu vou ser mordido'", disse Breuning.Então, quando você está com ciúmes, seu animal interior pensa que a sua própria sobrevivência está ameaçada.
Alexey_boldin / Getty Images

"Os animais estão constantemente comparando-se aos outros, Quando os animais estão na posição de vantagem, eles pensam: 'Eu posso conseguir a banana'. Mas se eles estão na posição de desvantagem, eles pensam: 'É melhor eu não tentar aquela banana, porque eu vou ser mordido'", disse Breuning.

Então, quando você está com ciúmes, seu animal interior pensa que a sua própria sobrevivência está ameaçada.

4. Lembre-se de que o ciúme realmente diz mais sobre você do que sobre a outra pessoa.

De acordo com Susan Piver, professor da consciência budista e autor do best-seller The Wisdom of a Broken Heart, a inveja e o ciúme dizem mais sobre si mesmo do que sobre o outro."Quando eu realmente penso sobre nisso", disse Piver, "eu realizo que não quero que os outros não tenham coisas que os tornem felizes. O que eu encontro em mim é um tremendo desejo de encontrar a minha própria alegria. E esse anseio não é ruim de jeito nenhum; é algo para ser abraçado. E isso meio que leva as outras pessoas para fora da equação".
David Franklin / Getty Images

De acordo com Susan Piver, professor da consciência budista e autor do best-seller The Wisdom of a Broken Heart, a inveja e o ciúme dizem mais sobre si mesmo do que sobre o outro.

"Quando eu realmente penso sobre nisso", disse Piver, "eu realizo que não quero que os outros não tenham coisas que os tornem felizes. O que eu encontro em mim é um tremendo desejo de encontrar a minha própria alegria. E esse anseio não é ruim de jeito nenhum; é algo para ser abraçado. E isso meio que leva as outras pessoas para fora da equação".

5. Saia da internet.

A internet é um amplificador de inveja. Os meios de comunicação social, em particular, são um viveiro muito bom para os gatilhos da inveja e do ciúme. Quando você sentir que está ficando com ciúmes ou inveja, faça uma pausa do seu feed por um tempo.
Winnond / Getty Images

A internet é um amplificador de inveja. Os meios de comunicação social, em particular, são um viveiro muito bom para os gatilhos da inveja e do ciúme. Quando você sentir que está ficando com ciúmes ou inveja, faça uma pausa do seu feed por um tempo.

6. Espere 20 minutos.

Quando você vê algo que ativa a inveja ou o ciúme, tome 20 minutos para se acalmar antes de reagir ou deixar comentários ou julgar a si mesmo. Isso é aproximadamente o tempo que leva para os seus níveis agudos de estresse baixarem, diz Breuning.
Patronestaff / Getty Images

Quando você vê algo que ativa a inveja ou o ciúme, tome 20 minutos para se acalmar antes de reagir ou deixar comentários ou julgar a si mesmo. Isso é aproximadamente o tempo que leva para os seus níveis agudos de estresse baixarem, diz Breuning.

7. Reconheça seu ciúme e inveja.

"Tente evitar projetar esses sentimentos e dizer: eu devo ser louco por causa disso ou daquilo", disse Breuning. "Está tudo bem dizer: 'Eu me sinto mal por estar numa posição inferior'".
Patronestaff / Getty Images

"Tente evitar projetar esses sentimentos e dizer: eu devo ser louco por causa disso ou daquilo", disse Breuning. "Está tudo bem dizer: 'Eu me sinto mal por estar numa posição inferior'".

8. Seja mais claro sobre suas próprias metas.

É possível (e comum) sentir inveja de algo que você realmente não quer para si mesmo. Quanto mais você se concentrar em seus objetivos reais, menos você perceberá o que todo mundo está realizando, e mais rápido você vai atingir seus próprios padrões de referência específicos para o sucesso.
Edenwithin / Getty Images

É possível (e comum) sentir inveja de algo que você realmente não quer para si mesmo. Quanto mais você se concentrar em seus objetivos reais, menos você perceberá o que todo mundo está realizando, e mais rápido você vai atingir seus próprios padrões de referência específicos para o sucesso.

9. Tenha orgulho (e gabe-se) de si mesmo.

Às vezes, você não pode fugir da autofelicitação e reconhecimento público dos outros e, por isso, uma forma de reduzir a sua própria inveja é dizer em voz alta as coisas sobre si mesmo que você tem mais orgulho. Até mesmo dizer isso a uma outra pessoa ou a um grupo de amigos de confiança pode ajudar a manter sua autoimagem. Deslocar seu foco para as coisas em sua vida que lhe fazem feliz pode alterar drasticamente tanto o seu humor como sua perspectiva.
Smile !! / Getty Images

Às vezes, você não pode fugir da autofelicitação e reconhecimento público dos outros e, por isso, uma forma de reduzir a sua própria inveja é dizer em voz alta as coisas sobre si mesmo que você tem mais orgulho. Até mesmo dizer isso a uma outra pessoa ou a um grupo de amigos de confiança pode ajudar a manter sua autoimagem. Deslocar seu foco para as coisas em sua vida que lhe fazem feliz pode alterar drasticamente tanto o seu humor como sua perspectiva.

10. Crie micro-oportunidades para se sentir como se estivesse no topo.

Tente criar circunstâncias em que você pode deixar esse sentimento primitivo de estar à frente fluir tranquilamente, diz Breuning. Algumas pessoas fazem isso com esportes, onde você tem toneladas de microrreconhecimentos por estar na liderança.
Peercreative / Getty Images

Tente criar circunstâncias em que você pode deixar esse sentimento primitivo de estar à frente fluir tranquilamente, diz Breuning. Algumas pessoas fazem isso com esportes, onde você tem toneladas de microrreconhecimentos por estar na liderança.

11. Em vez de comparar-se aos seus companheiros, compare-se aos seus antepassados.

Breuning diz que essa é a melhor maneira de mudar sua perspectiva e sentir como se estivesse à frente de alguém sem a necessidade de ser um idiota sobre isso. "Quando você estuda a história", disse Breuning, "você percebe que os nossos antepassados tinham vidas horríveis! No passado, se você não cortasse lenha suficiente, você congelaria até a morte antes da primavera. E as pessoas queixam-se agora de que a previsão do tempo estava errada".
Sosha / Getty Images

Breuning diz que essa é a melhor maneira de mudar sua perspectiva e sentir como se estivesse à frente de alguém sem a necessidade de ser um idiota sobre isso. "Quando você estuda a história", disse Breuning, "você percebe que os nossos antepassados tinham vidas horríveis! No passado, se você não cortasse lenha suficiente, você congelaria até a morte antes da primavera. E as pessoas queixam-se agora de que a previsão do tempo estava errada".

12. Livre-se das coisas que você tem mais inveja.

Silencie ou deixe de seguir ou desfaça amizade com pessoas que fazem você se sentir com mais inveja até que você possa mudar sua perspectiva.
Gece33 / Getty Images

Silencie ou deixe de seguir ou desfaça amizade com pessoas que fazem você se sentir com mais inveja até que você possa mudar sua perspectiva.

13. Expresse gratidão pelas coisas que você tem.

A gratidão o lembra de que você esteve em uma posição superior antes, e se beneficiou disso. "Sua autoestima é reforçada quando você diz: 'Ei, as pessoas têm feito coisas para mim'", disse Robert Emmons, um pesquisador de gratidão na Universidade da Califórnia em Davis na Psychology Today.
Grashalex / Getty Images

A gratidão o lembra de que você esteve em uma posição superior antes, e se beneficiou disso. "Sua autoestima é reforçada quando você diz: 'Ei, as pessoas têm feito coisas para mim'", disse Robert Emmons, um pesquisador de gratidão na Universidade da Califórnia em Davis na Psychology Today.

14. Seja generoso com o seu tempo e dinheiro.

Quanto mais você gasta o tempo com aqueles que são menos afortunados do que você, mais será capaz de reconhecer a diferença entre o que você pensa sobre a vida de alguém e que sua vida realmente é.
Shironosov / Getty Images

Quanto mais você gasta o tempo com aqueles que são menos afortunados do que você, mais será capaz de reconhecer a diferença entre o que você pensa sobre a vida de alguém e que sua vida realmente é.

15. Fale abertamente sobre sua inveja e como isso afeta você.

Estas são emoções normais e comuns, mas se os seus sentimentos de inveja ou ciúme estão causando um estrago sério em seu trabalho ou seus relacionamentos, converse com um terapeuta ou psiquiatra licenciado ou, pelo menos, um amigo próximo ou conselheiro sobre seus sentimentos.
Idildemir / Getty Images

Estas são emoções normais e comuns, mas se os seus sentimentos de inveja ou ciúme estão causando um estrago sério em seu trabalho ou seus relacionamentos, converse com um terapeuta ou psiquiatra licenciado ou, pelo menos, um amigo próximo ou conselheiro sobre seus sentimentos.

16. Ou fale diretamente com a pessoa que você inveja.

Pode parecer que alguém tem o seu emprego dos sonhos, mas até que você fale com a pessoa que o tem, você nunca saberá como realmente é e o que foi necessário para ela chegar lá.
Viviamo / Getty Images

Pode parecer que alguém tem o seu emprego dos sonhos, mas até que você fale com a pessoa que o tem, você nunca saberá como realmente é e o que foi necessário para ela chegar lá.

17. Observe quando a sua inveja o direciona para alguém que poderia ajudá-lo.

Ficar com inveja da carreira de alguém pode ser uma indicação de que você quer tomar um caminho semelhante. Você pode ter encontrado um novo modelo ou mentor, mesmo que essa pessoa seja mais jovem ou da mesma idade que você.
Meepoohyaphoto / Getty Images

Ficar com inveja da carreira de alguém pode ser uma indicação de que você quer tomar um caminho semelhante. Você pode ter encontrado um novo modelo ou mentor, mesmo que essa pessoa seja mais jovem ou da mesma idade que você.

18. Felicite os outros e comemore o sucesso deles.

"No budismo", disse Piver, "o oposto da inveja e do ciúme é o que é chamado de 'alegria simpática', que é ter genuíno prazer na felicidade e sucesso de outras pessoas. Não no sentido de você dizer 'ah, isso é bom para esta pessoa', mas mais no sentido de que você veja que seu próprio depósito de felicidade aumentou quando você percebeu que outra pessoa está feliz. Então isso acaba sendo sobre você novamente, só que dessa maneira engraçada. A felicidade dos outros pode realmente tornar a sua experiência de vida mais alegre".
Gece33 / Getty Images

"No budismo", disse Piver, "o oposto da inveja e do ciúme é o que é chamado de 'alegria simpática', que é ter genuíno prazer na felicidade e sucesso de outras pessoas. Não no sentido de você dizer 'ah, isso é bom para esta pessoa', mas mais no sentido de que você veja que seu próprio depósito de felicidade aumentou quando você percebeu que outra pessoa está feliz. Então isso acaba sendo sobre você novamente, só que dessa maneira engraçada. A felicidade dos outros pode realmente tornar a sua experiência de vida mais alegre".

19. "A conclusão", disse Breuning, "é que você, naturalmente, quer estar na posição superior, mas você não vai estar o tempo todo".

Ninguém na Terra se sente como se estivesse no topo o tempo todo, e se eles fizerem isso, estarão constantemente preocupados em perder essa posição. Mas se você trabalhar com sua inveja, poderá conseguir um maior senso de empatia, alegria, gratidão e até mesmo sucesso.
Gece33 / Getty Images

Ninguém na Terra se sente como se estivesse no topo o tempo todo, e se eles fizerem isso, estarão constantemente preocupados em perder essa posição. Mas se você trabalhar com sua inveja, poderá conseguir um maior senso de empatia, alegria, gratidão e até mesmo sucesso.

Você já tem o app do BuzzFeed Brasil?

Baixe gratuitamente no Android e no iOS para ver todos os nossos testes, vídeos, notícias e muito buzz.