back to top

19 músicas bem famosas que você provavelmente não sabia que eram regravações

Ao contrário da crença popular, "Hallelujah" não é originalmente do filme "Shrek".

publicado

1. "Torn" – Natalie Imbruglia

youtube.com

Eu tenho certeza que agora quase todo mundo já sabe que "Torn" é, na verdade, um cover, mas, se eu não a incluísse nesta lista, tenho certeza que todos me cobrariam nos comentários. A música foi lançada originalmente em 1995 por Ednaswap.

2. "Respect" – Aretha Franklin

youtube.com

Esta música foi gravada e lançada originalmente por Otis Redding, dois anos antes da versão icônica de Aretha ser lançada. A letra é um pouco diferente, assim como a mensagem da música. A de Aretha trata de empoderamento e obter respeito dos homens, enquanto a de Otis é a declaração de um homem de que fará qualquer coisa pelas mulheres em troca de ~respeito~ (o que provavelmente é um eufemismo). Além disso, a original não tem o R-E-S-P-E-C-T no refrão, então de que adianta?

3. "Girls Just Wanna Have Fun" – Cyndi Lauper

youtube.com

Embora todo mundo (espero) saiba que a versão de Miley Cyrus desta música é um cover, muitas pessoas não sabem que ela não é originalmente de Cyndi Lauper. Ela foi composta e gravada em 1979 por um CARA chamado Robert Hazard. Que é um nome muito legal, embora sua versão da música seja meio zoada.

Publicidade

5. "It's My Life" – No Doubt

youtube.com

O No Doubt lançou esta música para promover seu primeiro álbum de maiores sucessos. Como Gwen Stefani também estava gravando um álbum solo na época, eles escolheram gravar um cover de "It's My Life" em vez de uma música nova. A original era da banda britânica Talk Talk e de 1984.

6. "Emotion" – Destiny's Child

youtube.com

Esta faixa do terceiro álbum da banda é, na verdade, um cover de uma música de 1978 da artista australiana Samantha Sang. Curiosidade: os Bee Gees também fizeram um cover dela nos anos 90 e a lançaram em seu álbum de maiores sucessos de 2001.

Publicidade

8. "Don't Cha" – Pussycat Dolls feat. Busta Rhymes

youtube.com

Este sucesso absoluto de 2005 foi, na verdade, gravado originalmente por Tori Alamaze um ano antes. Mas, quando ela foi abandonada por sua gravadora, deram a música para as Pussycat Dolls, e o resto é história.

9. "Jersey Girl" – Bruce Springsteen

Columbia

Esta música icônica é, na verdade, originalmente de Tom Waits e de 1980. Em sua versão, lançada três anos mais tarde, Springsteen mudou a frase "whores on Eighth Avenue" (prostitutas na Oitava Avenida) para "the girls out on the avenue" (as garotas passeando na avenida), e também adicionou um verso próprio. Os dois cantaram a música juntos ao vivo em um show de Springsteen.

10. "I Will Always Love You" – Whitney Houston

youtube.com

Embora seja fácil associar instantaneamente esta música com Whitney e "O Guarda-Costas", ela é, na verdade, originalmente de Dolly Parton e de 1974. Obviamente, Whitney decidiu tirar o toque country e os violões da música quando gravou sua versão.

11. "Hound Dog" – Elvis Presley

RCA

A "Hound Dog" original foi lançada em 1952 por Willie Mae "Big Mama" Thornton. Ela teve mais de 250 covers, mas a versão mais popular é, obviamente, a de Elvis, que vendeu cerca de 10 milhões de cópias no mundo todo e ainda é um dos singles mais vendidos de todos os tempos.

Publicidade

13. "My Prerogative" – Britney Spears

youtube.com

Esta música incrível de Britney é, na verdade, um cover de um single de 1988 de Bobby Brown. As duas versões são musicalmente muito diferentes, e algumas partes foram alteradas para se ajustar à perspectiva de uma mulher.

15. "If I Were a Boy" – Beyoncé

youtube.com

Esta não é tecnicamente um cover, mas foi apontado que a música é muito parecida com a música espanhola "Si Yo Fuera Mujer" (If I Were a Girl), de Patxi Andión. As duas músicas têm o mesmo tema geral e também têm melodias muito parecidas. Ouça e decida por você mesmo.

Publicidade

17. "Drift Away" – Uncle Kracker

youtube.com

Esta música é, na verdade, uma faixa de 1973 de um cara chamado John Henry Kurtz. Ela se tornou um sucesso no ano seguinte com Dobie Gray e depois foi um grande sucesso novamente em 2003, quando foi gravada por Uncle Kracker e Gray. Ele também ganhou covers de centenas de pessoas.

Este post foi traduzido do inglês.